Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Reciclagem: Ponto Verde abandona plásticos mistos para evitar falência

23 de Setembro de 2009, 07:15

 

Lisboa, 23 Set (Lusa) - A Sociedade Ponto Verde anunciou que vai abandonar em Outubro a retoma e envio para reciclagem dos plásticos mistos, como embalagens de manteiga ou copos de iogurtes sólidos, considerando esta medida "indispensável" para evitar a falência.

Ao contrário do que é habitual na sua política de comunicação, o anúncio foi feito à Lusa, não pelo director daquela entidade gestora, mas pelo presidente do conselho de administração, que justificou a sua presença com a "gravidade" da situação financeira da Sociedade Ponto Verde (SPV).

"Na crise que vivemos não há sectores protegidos. A crise também se repercutiu no SIGRE [Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagem, gerido pela SPV] e a situação é de uma enorme gravidade", afirmou Barahona d´Almeida.

 

in Sapo Notícias

 

O mais interessante e que mais esclarece nesta notícia são os comentários:

Aos jornalistas

Faço aqui um pedido aos Sr Jornalistas. Por favor investiguem aquilo que se passa no mundo dos resíduos, falem com as empresas que estão ligadas á reciclagem, vejam aquilo que a SPV faz, e depois deitem nas paginas dos jornais aquilo que investigaram. Uma coisa é certa, vão gastar muito papel de jornal (papel reciclado) a contar as 1001 histórias desse negocio. Os eco-pontos são uma farsa, os aterros farsa são. Não existe nada, o lixo entra em aterro só para estatistica, depois sai novamente. Todo o escandalo que esta a verificar nas sucatas de ferro, passasse a mesma coisa nos outros lixos. Por favor investiguem, vão para o meio da reciclagem e falem com as pequenas empresas, que elas dizem muito bem aquilo que se passa, liguem para as empresas de recolha de residuos e perguntem se tem plastico para venda. Vão aqui ao lado de Vilar formoso e vejam os camiões portugueses a deixar lá ton de material que vem de portugal. Esta á vista, e é só publicar...

Comentário enviado em 2009-09-23 às 10:19:06

 

SCARAMANGA

A SPV apenas serve para encher os bolsos a meia duzia de gestores, pois realmente são as empresas que pagam os custos inerentes a cada embalagem que colocam no mercado para posterior recolha. O modo como uma empresa pertencente a SPV esta em dificuldade é de facil leitura é apenas ver o gasto feito com anuncios, quando realmente o trabalho de recolha é feito pelas camaras municipais a custo proprio , enquanto a SPV enche os bolsos atraves dos pagamento feitos pelas empresas (dinheiro não enviado às camaras municipais). O problema politico resume-se aos governos que estiveram no popder e implementaram esta situação leia-se "PSD, PS". O negocio do ambiente foi sempre mal equacionado desde a sua implementação pois o meta é o lucro e não a preservacao do ambiente. Só quando um produto deixa de ser rentavel é que deixa-se de reciclar, e a preservacao fica na gaveta. A SPV é uma empresa de fachada para ganho de meia duzia de gestores.
Comentário enviado em 2009-09-23 às 10:16:41
 

FP

Em Portugal a reciclagem e o tratamento de residuos perigosos é uma farsa. As empresas apareceram em catadupa para pegarem no negócio da reciclagem, pois teriam acesso a matéria prima de borla, á conta do consumidor, mas com a crise que aì está deixou de compensar e já falam em deixar de recolher o material, pois não compensa. Na questão dos residuos perigosos, a que as empresas que os produzem, são obrigados a pagar a empresas, para lhos recolherem, senão sofrem grandes coimas, mas esses residuos são depositados nos aterros das empresas que os recolhem e não são trartados. Só que por ironia dos destino de vez em quando estes aterros são consumidos por incêndios. Estranho, pois não existem fontes de ignição nos aterros e nos materiais aí depositados. A reciclagem e a recolha de residuos perigosos em Portugal, só servem para algumas empresas lucrarem da maneira mais fácil, o resto fica tudo na mesma, tal como se fazia até aqui.Comentário enviado em 2009-09-23 às 10:27:45

 

smarques

Estes senhores da Ponto Verde andam a brincar com coisas muito sérias. Há cerca de 1 ano decidiram ( e bem) criar a categoria dos plásticos mistos, tendo-se os Sistemas preparado para fazer face a essa nova realidade, alguns deles aumentando o investimento em equipamento e meios humanos e agora avisam os sistemas que vão ter que acabar com os plásticos mistos, alegando problemas de falência? Alguém acredita nisto? O que andam os responsáveia da Ponto Verde a fazer? Incentiva-se a participação dos cidadãos na separação dos materiais para o cumprimento de metas que nos são impostas pela União Europeia e de repente já não há metas? O investimento que se fez nas campanhas de sensibilização á para deitar fora? O que é isto???? E os custos ambientais?????? Tenham vergonha meus senhores!! Se não servem para gerir dediquem-se a outra coisa mas não brinquem com quem anda a trabalhar e leva o seu trabalho muito a sério!!!Comentário enviado em 2009-09-23 às 10:11:30
 

ajpinheiro

Falencia, porquê? Tambem é umas das empresas que teêm, cerca de 4 a 5 gestores a ganharem mais de 30.000€ mensais, e ainda uns 40.000€ de premio, grandes carros topo de gama (Maserati; Ferrari, Bugatti e outros), já vi com os meus proprios olhos, e os colaboradores a levarem uns miseros 400€, pois é , e tambem teem de pagar as ditas taxas, juntamente com o consumo da agua, os euros não sao para todos, depois já se sabe, quando estao cheios, vamos lá abrir falencia! É de lamentar!...

Comentário enviado em 2009-09-23 às 09:58:14

 

antonio

falencia???? pois, o que os consumidores nao sabem e que para alem de serem empregados desses senhores, separando o lixinho para eles(mao de obra de borla), quando adquirem qualquer produto que seja, todos mesmo, estao a pagar para esses senhores, e que ha uns 10 anos, quando criaram a dita spv, com fins ambientais,todos os preços levaram com um aumento da taxa que em media as empresas tiveram de começar a pagar...compram a custo zero materia prima e vendem-na, recebem taxas( e nao sao assim tao baixas- em media uma empresa que nao mexa quase nada com materias tipo embalagens, cartao, vidro, pagam cerca 50 euros, 50x milhares de empresas= a milhoes) e estao falidos??????????

Comentário enviado em 2009-09-23 às 09:49:36

 

Isabel

A SPV em falência! Só podem estar a gozar! Onde param as taxas que as empresas têm de pagar para poder ter o simbolo do Ponto Verde nas suas embalagens? Reciclem os bolsos dos administradores e talvez lá se encontre o dinheirinho que pagamos. País de vergonha! São mais os que roubam do que os que trabalham. Cambada de gatunos, incompetentes, oportunistas é o que nos rodeia. Triste país este que nunca sairá de mediocridade.Comentário enviado em 2009-09-23 às 09:44:24

 

 

e CONTINUA....  Quem estiver interessado em ler mais comentários, poderá seguir o link no fim da notícia e depois terá acesso aos comentários. Os portugueses sabem o que se passa, esperemos que as autoridades actuem e façam justiça.

publicado por portuga-coruche às 10:39
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Reciclagem: Ponto Verde a...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds