Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Porque deve Socrates demitir-se

Alexandre Soares dos Santos, Presidente do Grupo Jerónimo Martins explica porque se deve demitir Socrates

 

 

"Quando a reunião com o governo terminou, estava mesmo à rasquinha. Saí directo para o WC, onde encontro o Eng. J.Socrates a tentar urinar mas com as calças todas molhadas e a dizer: « Caramba pá! Isto está difícil!Tenho mesmo que mudar de lentes, pá». É quando olho e vejo uma pila deste tamanho. Peço desculpa ás pessoas, mas, não admito que Portugal tenha um PM com uma pila menor que o nome do país."

 

 

 

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Outubro de 2010

A pátria não é de todos

Por: Baptista Bastos  - b.bastos@netcabo.pt

 

Na mesma ocasião em que Pedro Passos Coelho se reunia com vistoso grupo de economistas, uma das televisões quis saber o que pensam os portugueses da actual situação.
Uns murmuraram a sua atroz ignorância, outros a sua melancólica indiferença. Até que uma mulher de idade avançada, com a desconfiança pregada nos olhos e a sabedoria procedente de todas as agruras, respondeu: "Não acredito em nada nem em ninguém. Eles estão lá para se encher."

É o sentimento geral. A impotência associada à resignação; seja: o pior que pode acontecer a uma sociedade, abjurante das virtudes do civismo. Não é só o rotativismo de poder, disputado entre, apenas, dois partidos, que causa esta indolência moral. É a péssima qualidade intelectual dos políticos. É a clara evidência de que dividem o "bolo" entre eles, substituindo-se nas administrações, nos bancos, nas grandes empresas, aumentando os vencimentos a seu bel-prazer, auferindo-se bónus e mordomias escandalosos. Vem nos jornais. Nada do que digo ou escrevo é resultado de qualquer rancor: factos são factos.

Pedro Passos Coelho ouviu, daqueles santos sábios, o que queria ouvir. E eles também não queriam ou não sabiam dizer outra coisa. Isto anda tudo ligado, e as relações políticas, entre aparentes adversários, são grandes rábulas, alimentadas pelo embuste e pela mentira. Penso, no entanto, que o presidente do PSD devia escutar vozes dissonantes, opiniões divergentes que permitissem uma análise mais clara e acertada. Claro que não é só Passos Coelho que ouve o que deseja ouvir. Todos os outros dirigentes, Sócrates incluído, e na primeira linha, seguem a música de idêntica mazurca.

Os sábios que se reuniram com Sócrates são muitos daqueles que pertenceram a governos execráveis, culpados de tudo o que de pior nos tem acontecido. Quase todos eles detêm reformas de luxo, duas e três, e atrevem-se a debitar, para as televisões, patrióticas lições salvíficas. Uma vergonha! Um deles, com deficiências de fala e escuma aos cantos da boca, trabalhou seis meses no banco do Estado e recebe uma reforma vitalícia de três mil e seiscentos contos (moeda antiga) pelo denodado esforço desenvolvido. Cito-o com frequência por entender que o cavalheiro é o retrato típico de uma situação abominável.

Quem pode acreditar em gente deste jaez e estilo? Em gente desavergonhada que tem, escancaradas, as televisões, para dizer sempre o mesmo, ou seja: coisa alguma de importante.

Afinal, de que falaram os quase vinte sábios? Com a soberba que os caracteriza, indicaram os mesmos remédios para a superação da crise: cortes nas despesas da saúde, da educação, e da previdência; rebaixamento de salários na função pública; acaso a supressão do décimo terceiro mês; redução nas pensões, aumentos nos medicamentos. É o pacote consuetudinário sugerido por quem, de facto, não dispõe de outras ideias e soluções que não sejam as do breviário neoliberal. A OCDE, considerava "muito credível", veio rezar semelhante litania. E ai de quem a desmonte! É logo considerado comunista ou afim. Um pouco de decência não faria mal.

Observe-se os rostos desta gente. Atente-se no que dizem, prometem, formula. Não conseguem mobilizar ninguém, nem concentrar emoções ou sentimentos, exactamente porque os não possuem. No começo da revolução de Abril, o Governo lançou um alerta e um apelo: Um Dia de Trabalho para a Nação. O País aceitou o pedido e a invocação. E foi um belo momento de unidade nacional, uma acção colectiva de patriotismo e de esperança absolutamente inesquecível. E só a má-fé ou a má consciência podem distorcer o que foi um extraordinário acontecimento político e social.

As frases daquela mulher, na televisão, ressoam como uma tragédia: "Não acredito em nada nem em ninguém. Eles estão lá para se encher." E a verdade é que o enriquecimento surpreendentemente rápido de muitos deles; a pesporrência arrogante da esmagadora maioria desses senhoritos é mais do que desacreditante: é sórdido.

Os jornais e as revistas, de vez em quando, publicam os nomes, os rendimentos, as casas luxuosas, os iates, os carros topo de gama dos que nos exigem sacrifícios, suor, renúncia, abnegação. Exigem mas não praticam. E, se o fazem, as beliscaduras nas suas fortunas são tão delicadas, tão suaves que eles nem dão por isso. Quando se tira a um reformado o mais escasso dos cêntimos as dificuldades que daí advêm são de tal monta, e as consequências imediatas são terríveis.

Os sábios que foram dizer a Passos Coelho o que este, comovidamente, queria ouvir, não estão ao lado de quem sofre e está na mó de baixo. A indiferença nunca ocultada, a ganância jamais dissimulada, o luxo em tempo algum encoberto (bem pelo contrário) constituem eloquentes testemunhos da casta a que pertencem. Portugal continua a ser, como escreveu João de Barros, "país padrasto e pátria madrasta" - para muitos, bem entendido, e "ridente torrão de malandros" [ Filinto Elísio, "Sátiras"] para os que se ajustam.


b.bastos@netcabo.pt

 

 

in Jornal de Negócios

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Domingo, 30 de Maio de 2010

"Nim", Sr. Ministro.

Depois da subida dos impostos que não iam subir e do primo Bernardo, "O gordo" que afinal não é O Bernardo "O gordo" referido nos emails do caso "Freeport", surge um novo episódio: O do Chico Buarque que afinal não quis conhecer Sócrates, mas sim o Sócrates que quis conhecer o Chico Buarque. Afinal quem quis conhecer quem?!

 

Vamos ver a notícia do Jornal Público:

 

Chico Buarque indignado ao saber que a imprensa estava a contar uma versão diferente

Não foi Chico que quis conhecer Sócrates, foi Sócrates que quis conhecer Chico

Afinal a história está mal contada. Não foi Chico Buarque que quis conhecer o primeiro-ministro durante a sua viagem ao Brasil, como foi divulgado pela imprensa portuguesa. Foi José Sócrates que pediu esse encontro.
Chico Buarque (Paulo Pimenta/arquivo)

"Foi o vosso ministro quem pediu o encontro. Aliás, nem faria muito sentido eu pedir um encontro e o primeiro-ministro vir ter à minha casa", disse o músico e escritor brasileiro ao PÚBLICO, através de correio electrónico. Chico Buarque ficou indignado ao saber que a imprensa nacional estava a contar uma versão bastante diferente.

O que tem sido noticiado é que Chico Buarque pediu ao presidente brasileiro Lula da Silva para servir de intermediário para ele se encontrar com o primeiro-ministro, já que músico "queria conhecer pessoalmente o governante português". Lula teria falado com logo com Sócrates e este "de imediato" aceitara o convite. Segundo o gabinete do primeiro-ministro, José Sócrates teria mesmo alterado o seu programa da visita no Rio de Janeiro para estar com o músico.

O que aconteceu é que Chico Buarque recebeu o pedido do encontro através do gabinete de Lula da Silva. Disseram-lhe que o primeiro-ministro português o queria conhecer. Ele respondeu que receberia Sócrates em sua casa com gosto. O governante foi então a casa do escritor e músico brasileiro, acompanhado por um ministro do governo de Lula da Silva e por um fotógrafo. Nada mais do que isto.

 
 
 
Por Isabel Coutinho, Nuno Simas

 

in Público

 

 

publicado por portuga-coruche às 10:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Maio de 2010

Anarquistas também ameaçam Sócrates

Cavaco Silva não será o único alvo de elementos da Extrema-Esquerda

CARLOS VARELA

As alegadas ameaças anarquistas a Cavaco Silva abrangerão também o primeiro-ministro José Sócrates.O caso está a ser seguido pelas autoridades, também atentas a supostas ligações de elementos de Extrema-Esquerda a gangues de bairros problemáticos.

Ontem surgiram informações, segundo as quais o presidente da República terá sido alvo de ameaças de morte por elementos da Rede Libertária, uma estrutura anarquista que funciona na Internet, com apoios internacionais.

Fontes policiais garantiram, no entanto, ao JN, que as autoridades não acreditam que os anarquistas constituam um risco para qualquer figura pública. Em contrapartida, na preocupação das forças policiais e do SIS estão, sim, as ligações destes grupos de extrema-esquerda a gangues de bairros problemáticos. A primeira acção concertada detectada pelas autoridades ocorreu, em Janeiro do ano passado, quando um jovem da Amadora, Kuku, foi morto a tiro pela PSP.

Duas semanas depois, no dia 18, uma manifestação em frente à uma esquadra da PSP da Amadora, enquadrada por elementos anarquistas, degenerou em confrontos com a PSP.

"É a este tipo de acções que estamos atentos", apontou, ao JN, uma fonte policial.

Ameaças na Internet

As alegadas ameaças de morte a Cavaco Silva foram colocadas no site da Rede Libertária no dia 18 de Janeiro de 2009, a propósito da morte de Kuku.

"Eles exploram, roubam e mandam matar, nenhum polícia lhes mete uma bala na cabeça. Porque esperam?", lê-se na mensagem inserida no blogue da Rede Libertária, que surge acompanhada pelas fotografias de Cavaco Silva e de José Sócrates.

Foram estas palavras e estas imagens que levaram à acção da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo (UNCT), da PJ, em 10 de Setembro de 2009, e à detenção e constituição de arguido do suspeito de ser o autor das alegadas ameaças, no âmbito de um inquérito do DIAP de Lisboa.

Actualmente, a UNCT está a vigiar mais indivíduos ligados a grupos anarquistas, mas não será fácil às autoridades controlar a inserção de mais mensagens do género da Rede Libertária, uma vez que o IP se encontra no estrangeiro.

 

in Jornal de Notícias

publicado por portuga-coruche às 07:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Portugal já não é um Estado de Direito

 

Pudera, com podem deixar, num "Estado de Direito" o Rangel à solta a assustar as crianças .... !!

Se Socrates é responsável pelo afastamento da Manuela Moura Guedes devia receber uma medalhita, não? Existe uma grande diferença entre transmitir um acontecimento e transmitir a opinião sobre o acontecimento e a Manuela "perdeu" essa subjectividade à muito tempo. Com isso cometeu algumas injustiças para com muita gente, inclusivamente com os Coruchenses, não esqueço que nos chamou racistas, num momento marcado pela insegurança descarada e a impunidade das autoridades.

 

 

Foto: in Diário IOL

publicado por portuga-coruche às 12:44
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

O "Bernardo" que não é "Bernardo" o ""Gordo" que não é "O Gordo"

Uma notícia de 9 Novembro do Sol Online:

 

Primo de Sócrates já prestou declarações

José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, primo do primeiro-ministro, prestou declarações esta segunda-feira de manhã e negou ser ele o ‘Bernardo’ e o ‘Gordo’ referidos nos emails de administradores da Freeport
 

O primo de José Sócrates foi ouvido hoje de manhã pela equipa de investigadores coordenada pelos procuradores Paes Faria e Vítor Magalhães. José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, que tem estado ausente de Portugal (nomeadamente no Brasil e em Angola) compareceu no DCIAP (Departamento Central de Investigação e Acção Penal) depois de as autoridades o terem notificado na semana passada, na sua residência.

O primo do primeiro-ministro foi confrontado com as fotos divulgadas pela TVI na sexta-feira passada – em que aparece com José Sócrates –, mas indicou tratar-se do seu irmão António Pinto de Sousa, que se encontra em Angola, na província de Benguela (onde gere os negócios da família, nomeadamente salinas). José Paulo foi também confrontado com elementos constantes no processo (nomeadamente, nomes constantes em emails trocados entre administradores da Freeport PLC e Charles Smith, consultor do outlet), com a empresa Mecaso e uma offshore a que esta está ligada – a Sante Services Company, sediada em Gibraltar.

‘Conforme combinado com Bernardo’

José Paulo Bernardo Pinto de Sousa é primo de José Sócrates pelo lado paterno. Em 2006, Alan Perkins – um funcionário da Freeport PLC enviado de Inglaterra para investigar o rombo financeiro que o empreendimento de Alcochete provocara na empresa em Londres – filmou, durante duas horas e meia, uma conversa com Charles Smith. Na gravação em DVD, estes dois consultores da Freeport em Portugal referem várias vezes, como seu ' homem de mão', um primo de José Sócrates.

Inicialmente pensou-se que seria o primo que se encontra na China, Hugo Monteiro (filho de Júlio Monteiro, que revelou ao SOL ter posto o consultor Charles Smith em contacto com Sócrates), pois este chegou a enviar um emall ao Freeport em que invocava o parentesco com o primeiro-ministro para conseguir obter um contrato com o outlet.

Mas, segundo o SOL entretanto apurou, Charles Smith enviou um email a Manuel Pedro, a 18 de Maio de 2002, pedindo-lhe que contactasse, «conforme combinado com Bernardo», os administradores da Freeport PLC para que fossem transferidas 80 mil libras para pagar a 'Pinóquio' (um nome de código usado para designar outra figura-chave no processo, ainda não identificada).

Em Janeiro deste ano, no seguimento de uma investigação do SOL às empresas em que participa Maria Adelaide Monteiro (mãe do primeiro-ministro, que desde o início da investigação faz parte da lista de suspeitos), apareceu a empresa Mecaso. Esta sociedade já estava referenciada noutro inquérito, em que se investigam indícios de tráfico de influências, corrupção, financiamento a partidos e branqueamento de capitais, por uma rede de pessoas ligadas à Câmara Municipal da Amadora e a empresas de construção civil. No âmbito deste processo e em buscas efectuadas pela PJ, em 2004, a empresas e a vários serviços da Câmara da Amadora foi apreendido um computador com uma listagem de empresas que teriam recebido 'luvas'. Aí aparece a Mecaso, da qual são sócios José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, o pai deste (António Pinto de Sousa), o irmão e a mãe de José Sócrates.

Há alguns meses, em entrevista ao SOL, António Pinto de Sousa afirmou que a Mecaso é uma empresa «que nunca teve vida nenhuma». Mas, segundo o SOL apurou, continua a ser esta empresa a pagar um ordenado à mulher de Bernardo Pinto de Sousa.

felicia.cabrita@sol.pt e paula.azevedo@sol.pt">paula.azevedo@sol.pt

 

in SOL On-line

 

Eis a foto do primo de Sócrates (encontrei na TVI24 e no IOL Diário por exemplo):

 

 

Segundo confirmam, ele chama-se José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, é primo de José Socrates, o Primeiro Ministro de Portugal e .... não é propriamente .... como poderei dizer .... magro ....!  Ele é realmente "Gordo" (Pronto! Disse-o!).

Resta saber se necessita de óculos .... ops! Na verdade tem-nos na cabeça que não é "redonda" porque ele não é "gordo"!

 

Conseguem imaginar a situação perante o Juiz ?

Juiz - Sr. José Paulo Bernardo Pinto de Sousa. Confirma ser o referido primo "Bernardo" e/ou o "Gordo" referidos nos citados e-mails?

 

JPBPS - Nego categoricamente Excelência ! Eu não sou "EU" ... quer dizer ... da minha parte não sou! Chamo-me José Paulo Bernardo Pinto de Sousa e não "Bernardo" ! O Zé até pode ter mais primos, que se chamem "Bernardo" e que sejam "Gordos", mas eu não sei quem são nem me acuso! Se voltam a chamar-me "Gordo" ainda processo toda a gente por "Bullyng"! Pelo menos tu já não brincas com os meus carrinhos.

 

Juiz - Tragam-me por favor tudo o que puderem de ansiolíticos!

 

publicado por portuga-coruche às 13:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Sócrates pede desculpa e deixa de fumar

Primeiro-ministro assume que errou e garante que «não voltará a acontecer»

O primeiro-ministro, José Sócrates, assumiu esta quarta-feira que fumou no voo entre Lisboa e Caracas, lamentou a polémica que entretanto se instalou em Portugal e pediu desculpa caso se verifique que violou a lei, escreve a agência Lusa.

 

As declarações de José Sócrates foram proferidas à chegada à Faixa de Orinoco, a cerca de 500 quilómetros de Caracas.

Depois de se afastar do presidente da Venezuela, Hugo Chavez, Sócrates fez uma declaração aos jornalistas sobre a polémica em torno do facto de ter fumado segunda-feira no voo da TAP (fretado pelo Governo), entre Lisboa e Caracas.

«Quero fazer-vos uma declaração sobre o facto de ter fumado no avião. De facto fumei, com o ministro da Economia [Manuel Pinho] enquanto conversávamos, mas no convencimento de que se podia fumar, porque assim sempre aconteceu nas outras viagens anteriores».

Sócrates referiu-se depois à possibilidade de esse acto ter constituído uma violação da lei.

«Estava convencido que não estava a violar nenhuma lei nem nenhum regulamento. Infelizmente há essa polémica em Portugal e eu quero lamentar essa polémica. Se por algum motivo violei algum regulamento, alguma lei, lamento e peço desculpa, não voltará acontecer», declarou.

 

in IOL Portugal DIário

 

Parem! Parem! Pare tudo! Agora fiquei maluco.! Não o nosso primeiro não foi apanhado com 3 meninas a fumar charros e bebado que nem um caxo! Não! ele não conduzia o Audi A6 do António Galamba a 250 Km/h na A1, ele simplesmente fumou um cigarro num voo fretado pelo estado para Caracas. Pior que as hienas são aqueles que lhes dão importância.

 

publicado por portuga-coruche às 17:24
link do post | comentar | favorito

Sócrates e Chávez fomentam exportações

Venezuela: Primeiro-ministro celebra acordos de trezentos milhões

Portugal e a Venezuela celebraram ontem 14 acordos e memorandos de entendimento para fomentar as relações económicas entre os dois países. Ao todo, as exportações portuguesas para aquele país da América Latina poderão ascender a cerca de trezentos milhões de euros por ano, sendo duzentos e vinte e um milhões deste total garantidos através do acordo entre a Galp e a Petróleos da Venezuela para a importação de 30 mil barris de petróleo para Portugal por ano.

 

José Sócrates e Hugo Chávez mostraram-se empenhados em reforçar as relações económicas entre Portugal e a Venezuela. No essencial, o presidente venezuelano garantiu que o seu país está preparado para "começar a ter uma rede de relações económicas justas com Portugal". E o primeiro-ministro português disse que "é inexplicável que Portugal seja um dos países da União Europeia com menos relações económicas com a Venezuela.

Entre os negócios estabelecidos, destacam-se os seis acordos de cooperação entre a Galp Energia e a Petróleos de Venezuela nas áreas de petróleo, gás natural e energias renováveis. A Galp irá importar 30 mil barris de petróleo por ano pagando cerca de 320 milhões de euros.

A Venezuela tem, neste momento, a gasolina mais barata do Mundo. Um euro enche um depósito automóvel com trinta litros.

FUMO NO AVIÃO

O gabinete do primeiro-ministro escusou-se ontem a comentar o facto de José Sócrates e Manuel Pinho terem fumado durante o voo para Caracas. O primeiro-ministro e o ministro da Economia foram vistos a fumar no avião por volta das 03h00.

Hugo Chávez deu ontem, em Caracas, um autêntico show de propaganda política à comitiva do primeiro-ministro. Com Sócrates a seu lado, o presidente da Venezuela distribuiu, durante mais de uma hora, elogios e agradecimentos a Portugal e aos empresários portugueses.

 

 

 

António Sérgio Azenha

 

in Correio daManhã online

 

Quer dizer..... se a gasolina é a 30 cêntimos venha ela ! Nós esquecemos o facto do HC ser um arrogante lunático que nas horas vagas mastiga folhas de coca. É que não tenho mesmo nada a ver com o que ele faz com a saúde. Também não tenho nada a dizer do facto de chamarem ditador a HC, a mim nunca me ditou nada e com os combustiveis sempre a subir o homem ainda se torna é um santo. Daqui a pouco vou mas é comprar um volume de Marlboro para o Socrates levar na proxima viagem. Olha! aproveito e vou perguntar ao Vital Moreira se à luz das novas leis do tabaco o Socrates também pode levar umas meninas para a party que vai acontecer após assinado o contrato do petroleo.

 

Edito novamente porque fui contactado pelo Sr. Luis Ribeiro da Confederação de Prevenção do Tabagismo que exige das gasolineiras a restituição do gravete que tem pago uma vez que a gasoza vem da Venezuela a 30 cêntimos.

também falei com Vital Moreira. Sugere que não se leve as meninas de Portugal, mas antes se encomende ao Brasil, pois assim a viagem seria mais barata uma vez que o Brasil e a Venezuela ficam os dois na América Latina e até pode ser que assim o nosso primeiro e o HC deixem de fumar. Relembra também o futubolista Ronaldo, que após contacto com as ditas pediu publicamente desculpa e deixou de fumar.

 

 

publicado por portuga-coruche às 15:08
link do post | comentar | favorito

Confederação de Prevenção de Tabagismo exige desculpas de Sócrates

O presidente da Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo considerou que o primeiro-ministro José Sócrates deve um pedido de «desculpas públicas» por ter fumado no avião que o levou para a Venezuela. Já o porta-voz da TAP entende que a lei só se aplica aos voos comerciais.
 

O presidente da Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo considera que o primeiro-ministro deve um pedido de «desculpas públicas» por ter fumado a bordo do avião que o levou até à Venezuela, onde está a efectuar uma vista de três dias.

Ouvido pela TSF, Luís Ribeiro explicou que para além da violação da lei, José Sócrates deu uma «imagem lastimável ao país, diminuindo a sua credibilidade como político».

«Sabemos que é difícil de deixar de fumar, mas existem formas, técnicas e mecanismos de compensação durante as viagens de aviões e noutras situações públicas em que não sendo necessário acender o cigarro é possível compensar a dependência da nicotina», adiantou.

Embora não querendo fazer grandes comentários a este caso, o porta-voz da Associação Portuguesa de Agentes de Viagens e Turismo (APAVT) também entende que a lei do fumo se deve aplicar a todos os voos.

«A única coisa que podemos dizer é que, tanto quanto é do nosso conhecimento, a lei não permite que se fume a bordo de aviões, independentemente de serem voos regulares ou charters», afirmou Paulo Brehm.

A posição da Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo e das agências de viagens encontra eco na posição defendida pelos constitucionalistas contactados pelo jornal Público defendem que a lei é clara ao não permitir o fumo a bordo de transportes aéreos.

Ao contrário, o porta-voz da TAP considerou que a proibição se aplica claramente aos voos comerciais, mas que quando se trata de um voo de Estado fretado que transporta o primeiro-ministro compete ao cliente e não à companhia decidir se se pode fumar.
 

 

in TSF Online

 

Começo por dizer que não sou fumador, mas também não me acho no direito de infernizar a vida dos fumadores como vejo cada vez mais pessoas a fazerem.

 

Mas vocês não se enxergam ?!  Deixem as pessoas em paz. Sim são pessoas e vocês de certeza que também não são perfeitos! O facto de existirem tabagistas não significa que tem o direito de os atazanar a toda a hora e às vezes sem qualquer tipo de razão.

 

Já basta as probablidades que tem de morrer de cancro ou passar o resto dos seus dias com uma insuficiencia pulmonar qualquer. Agora o que acho incrivel é estas associações e confederações quererem ser levados a sério e depois fazem destas.Um pedido de desculpas do nosso primeiro ?

 

Termino afirmando que nunca votei nem votarei no sócrates, mas eu a ele mandava este senhor à M3rd@.

publicado por portuga-coruche às 12:54
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Porque deve Socrates demi...

. A pátria não é de todos

. "Nim", Sr. Ministro.

. Anarquistas também ameaça...

. Portugal já não é um Esta...

. O "Bernardo" que não é "B...

. Sócrates pede desculpa e ...

. Sócrates e Chávez fomenta...

. Confederação de Prevenção...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds