Quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

Falta de rentabilidade encerra linha ferroviária Coruche – Setil

 

Utentes de Coruche, Salvaterra de Magos e Cartaxo vão ficar sem este serviço a partir do dia 1 de Outubro

 

 

A falta de rentabilidade económica do serviço ferroviário de passageiros entre Coruche e o Setil, no concelho do Cartaxo, levou a CP a decidir-se pela sua supressão, a partir do dia 1 de Outubro.

Em comunicado, a empresa explica que a procura é muito reduzida, “cerca de 12 passageiros por circulação”, com um “custo unitário por passageiro transportado superior a 16 euros, para uma receita gerada de 1,5 euros”.

“Está assim muito longe de atingir os níveis mínimos de sustentabilidade necessários à manutenção da oferta”, esclarece a empresa no mesmo comunicado.

O serviço de passageiros neste troço da Linha de Vendas Novas entrou em funcionamento há precisamente dois anos, em Setembro de 2009, depois de, a 22 de Julho do mesmo ano, a CP, a REFER e as Câmaras Municipais de Coruche, Salvaterra de Magos e Cartaxo terem assinado um protocolo para a circulação de composições de passageiros.

O período experimental definido no acordo termina no final deste mês.

“Consideramos profundamente lamentável esta decisão unilateral da CP, sem qualquer negociação com as autarquias, tendo em conta o investimento até ao momento realizado e a convicçãode que apenasdecorridos quatro meses da alteração de horários seja precoce encerrar definitivamente a linha”, afirmou o presidente da Câmara de Coruche, Dionísio Mendes, sublinhando a posição da empresa “é contrária aos interesses das populações” dos três concelhos ribatejanos afectados.

“Consideramos que foi e é determinante a importância do transporte ferroviário para diminuir as assimetrias e encurtar as distâncias entre o interior e Lisboa”, considerou Dionísio Mendes, lembrando que se trata de um meio “mais confortável, económico e ecologicamente vantajoso”.

Para o autarca, estes argumentos justificam “o empenho em torno da prossecução do serviço e da renovação do protocolo”.

Segundo a Câmara de Salvaterra de Magos, os municípios foram apanhados de surpresa pela decisão da CP, uma vez que, numa reunião realizada no dia 14 de Julho, o conselho de administração da empresa demonstrou “interesse na renovação deste protocolo e na consequente continuidade deste serviço à população”.

A autarquia “lamenta esta decisão, pois cumpriu todos os compromissos que assumiu com a CP, financeiros e não-financeiros, no âmbito deste protocolo”, salientou a presidente Ana Cristina Ribeiro.

 

 

Paulo Caldas, Ana Cristina Ribeiro e Dionísio Mendes, com a então secretária de Estado dos Transportes Ana Paula Vitorino

 

“Honrámos os nossos pagamentos, criámos redes complementares de circuitos rodoviários de acesso às estações de Muge e de Marinhais através da rede «Magos Bus», e, dentro das nossas possibilidades, incentivámos à utilização deste meio de transporte por parte da população”, acrescentou Ana Cristina Ribeiro, lamentando “os transtornos que o fim deste serviço trará aos munícipes do concelho que maior número de passageiros diários tem a utilizar este transporte público”.

A Câmara já fez chegar o seu descontentamento à CP, lembrando que, “pela sua importância e dimensão, o protocolo foi na altura considerado pela própria tutela como inovador a nível nacional”, e que é do conhecimento público que existem diversas linhas a nível nacional com perdas na sua exploração, mas que permanecem activas.

 

Por João Nuno Pepino

in O Ribatejo

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

Islândia: primeiro-ministro processado por causa da crise

Vai ser criado um tribunal especial para julgar Geir Haarde por negligência

 

O parlamento islandês decidiu julgar, num tribunal especial, o ex-primeiro-ministro, que estava em funções quando o país faliu. Segundo a agência «France Press», Geir Haarde será acusado de «negligência» no processo que culminou com o crash do sistema financeiro do país em Outubro de 2008.

A decisão foi alvo de votação e aprovada por uma curta margem de 33 votos a favor e 30 contra.

Geir Haarde, de 59 anos, tinha chegado ao poder em 2006 e foi reeleito em 2007. Renunciou em Janeiro de 2009, por sofrer de um cancro.

Segundo várias sondagens, a maioria dos islandeses defende que Geir Haarde e vários ex-ministros sejam julgados pelo seu papel na crise que assolou o país, nomeadamente por nacionalizarem «de urgência» os principais bancos do país que tinham falido.

 

in Agência Financeira

 

Cá também temos muita gente para julgar. Não temos dinheiro para os reformados e até se está a cortar no transporte de doentes mas para enterrar e manter os buracos feitos pelos boys existe sempre dinheiro.

 

Eis a prova disso:

 

Depois do Governo decidir atribuir um empréstimo de 260,7 milhões de euros à empresa

Standard & Poor's mantém 'rating' da Refer em B+

 

 

A Standard&Poor's (S&P) manteve o 'rating' da Refer em B+, com perspectiva negativa, depois do Governo decidir atribuir um empréstimo de 260,7 milhões de euros à empresa que gere a infraestrutura ferroviária.

 

 

A agência de notação financeira refere que o empréstimo vai permitir à Refer pagar a dívida de 300 milhões de euros que vencia hoje.

Sem este apoio, a S&P acredita que a falta de liquidez da Refer iria resultar num incumprimento, impedindo a empresa de manter os seus compromissos.

A S&P acrescenta que esta análise se baseia na expectativa de que o apoio extraordinário que o Governo disponibilizou à Refer se mantenha, numa base regular.

Por isso, a avaliação pode ser revista, dependendo do grau em que o Governo disponibilize os meios necessários antes do vencimento das dívidas da Refer.

A Standard & Poors mantém a perspectiva negativa (CreditWatch negative) para a empresa - excepto no que diz respeito à dívida da empresa garantida pelo Estado - o que reflecte a probabilidade do apoio extraordinário do Governo se prolongar nos próximos meses.

A S&P previne que o 'rating' pode baixar se a Refer e o Governo não apresentarem uma solução para a contínua necessidade de refinancimento da empresa.

 

in Correio da Manhã

 

Portanto, o nosso governo está a rebentar com o nosso futuro e dos nossos filhos porque tem mantido esta incompetência toda e nem coragem tem de assumir que uma empresa que tem um buraco tão grande não é sustentável. Será que as mordomias megalomanas e incompetênciados boys nada tem a ver com isto? "Quem não condena o mal ordena que ele se faça", dizia leonardo Da Vinci. Quer isto dizer que não só deverá ser julgado o nosso estado por andar a dormir (claro que eles tem o deles garantido, o prejuízo é no nosso bolso) e fechar os olhos ao que os amigos andam a fazer com os bens públicos. Depois, em vez de resolverem, decidem meter mais dinheiro á nossa custa. Cambada de incompetentes. A sorte deles é que não estamos na Islândia, onde o povo zela pelos seus direitos e futuro.

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Trânsito restabelecido na passagem de nível de Fajarda

 Desde as 18h30 desta quarta-feira, dia 29, que a circulação de viaturas na Estrada Nacional 114-3 entre Coruche e Salvaterra de Magos, junto à passagem de nível da Fajarda, voltou à normalidade, após cerca de três horas de avaria das cancelas.

A avaria no sistema de funcionamento das cancelas da passagem de nível deveu-se à temperatura quente da tarde que fez com que as diferentes cargas eléctricas num dos carris se tocassem e o sistema fosse abaixo. Desde as 15h30 que as cancelas ficaram levantadas e os carros foram atravessando a linha à medida que iam sendo dadas informações sobre a passagem de comboios, com a ajuda de técnicos da Refer e da GNR de Marinhais.

Com o final da tarde, a temperatura arrefeceu e o sistema voltou a funcionar, mas está previsto que na manhã de quinta-feira, técnicos de via da Refer façam uma reparação num carril danificado.

 

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 06:55
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Ligação ferroviária Coruche-Lisboa com balanço positivo

A reactivação da ligação ferroviária entre Coruche e Lisboa é um sucesso.

Segundo a CP, entre 7 de Setembro – dia em que a ligação foi retomada – até ao fim de Novembro de 2009 utilizaram esta ligação 11.815 passageiros, o que perfaz mais de 700 utentes por semana.

Ainda de acordo com os dados da CP e da REFER, as viagens com maior número de passageiros registam-se entre Coruche e as estações da Gare do Oriente e Sta. Apolónia, em Lisboa, ou as ligações entre Coruche e Marinhais.

Com o objectivo de melhorar as condições deste serviço, a CP e a REFER pretendem melhorar os abrigos de passageiros, e a colocação de uma cobertura para a passagem aérea, no Setil. A abertura de instalações sanitárias na estação do Setil está também entre as melhorias a concretizar, disse o vice-presidente do município, Paulo Varanda.

Além disso, a câmara do Cartaxo está a elaborar um questionário a colocar aos utilizadores do caminho-de-ferro que passam por Santana, no sentido de ajustar o tarifário actual. O objectivo é, igualmente, que o preço do bilhete entre Santana e o Setil seja revisto.

Recorde-se que este serviço estava desactivado desde 2004 por falta de rentabilidade

 

in Rádio Cartaxo 102.9 FM

publicado por portuga-coruche às 09:31
link | comentar | favorito
Domingo, 20 de Setembro de 2009

Câmara de Coruche quer eliminação de passagem de nível

A Câmara de Coruche solicitou à REFER, empresa que gere as infra-estruturas ferroviárias, que elimine a passagem de nível do troço Coruche-Setil, na antiga linha de Vendas Novas, ao quilómetro 27,733, na zona da freguesia da Fajarda.

A linha atravessa a Estrada Nacional 114-3, entre Coruche e Salvaterra de Magos, e tem uma passagem de nível com sinalização. A passagem fica numa zona mais baixa da estrada e a aproximação de ambos dos sentidos da via faz-se de pontos mais altos. Por esse motivo, o presidente da Câmara de Coruche, defende que seja criada uma passagem desnivelada e eliminada a passagem de nível.

O autarca justifica o pedido à Refer com o incremento do tráfego de comboios naquela linha. “Circulavam cerca de 20 composições de mercadorias na linha ao longo do dia e agora, com a activação do transporte de passageiros, são cerca de 30 composições, aumentando a perigosidade do local”, refere Dionísio Mendes (PS).

A Junta de Freguesia da Fajarda também vem lutando para a eliminação da passagem de nível. Não apenas pelo histórico de acidentes ocasionais resultantes de avarias do sistema automático das cancelas mas também devido a estreiteza da passagem aquando do cruzamento de viaturas nos dois sentidos.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 15:56
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

Linha ferroviária Coruche - Lisboa

Cartaxo vai ter transporte ferroviário de passageiros no Setil já a partir de Setembro

 

 A partir de Setembro, os habitantes do concelho do Cartaxo vão poder apanhar o comboio na estação do Setil e chegar em menos de uma hora a Lisboa. Esta ligação ferroviária foi conquistada pelas Câmaras Municipais do Cartaxo, Coruche e Salvaterra de Magos, numa última reunião, realizada no dia 19 de Junho, com a Secretaria de Estado dos Transportes, a REFER e a CP. Paulo Caldas, presidente da Câmara do Cartaxo, informou na última reunião de Câmara, a 24 de Junho, que haverá cinco comboios regionais, em horas de ponta (manhã, almoço e fim da tarde), a fazer o trajecto Coruche – Lisboa, com paragem em Marinhais, Setil e outras estações principais. 

   Esta ligação ferroviária vai fazer do Setil uma estação privilegiada para quem optar pelo comboio nas suas viagens, evitando a necessidade de uma deslocação mais distante ou com menos alternativas às estações de Santana/Cartaxo ou Azambuja. 

   Paulo Caldas afirmou que “há uma grande vantagem de os comboios serem regionais, porque assim os cartaxeiros podem apanhar o comboio no Setil e, de forma rápida e célere, chegarem, comodamente, a Lisboa e também a Coruche”. 

   O bilhete individual para quem apanhe o comboio na estação do Setil será de 1,50€ e o passe mensal de cerca de 70€. 

   Para valorizar o acesso à estação do Setil, a Câmara Municipal do Cartaxo vai avançar já no mês de Agosto, com a beneficiação da estrada que liga a cidade do Cartaxo ao Setil – principal nó de ligação ferroviário da Linha do Norte. A intervenção nesta via estruturante vai ultrapassar os 900 mil euros. 

   O município vai igualmente criar mais espaço e melhores condições de estacionamento junto à estação, para que quem usufrua do comboio possa deixar o seu veículo em segurança, assim como estender o TUC – Transporte Urbano do Cartaxo, até ao Setil. 

   Esta nova dinâmica de mobilidade ferroviária, para além de satisfazer uma ambição de décadas é também “um passo em frente para a ligação futura do nó ferroviário do Setil ao Novo Aeroporto Internacional de Lisboa”, afirmou Paulo Caldas, acrescentando que “com esta futura realidade, o Setil desempenhará um papel fundamental na rede de acessibilidades e mobilidade territorial, a nível regional e nacional”.

   Fonte: Gabinete de Imagem e Comunicação da Câmara Municipal do Cartaxo

 

inTinta Fresca

publicado por portuga-coruche às 10:05
link | comentar | ver comentários (13) | favorito
Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Coruche garante ligação ferroviária diária a Lisboa

A ligação de comboio entre Coruche e Lisboa vai ser reactivada até dia 15 de Setembro, com um total de 10 viagens diárias.

O tempo de viagem desde a estação de Coruche e a Gare do Oriente será de aproximadamente 75 minutos, com paragens em Marinhais, Muge e Setil.

Cada viagem custará 2,70 euros, mas os utentes podem optar por um passe mensal de 119 euros.

Esta reactivação da ligação ferroviária é o resultado das negociações mantidas entre as Câmaras de Coruche, Cartaxo, Salvaterra de Magos com a REFER, CP e Secretaria de Estado dos Transportes, que vão assinar um protocolo de colaboração no dia 15 de Julho.

A REFER vai responsabilizar-se pelas obras de beneficiação das estações de Coruche, Marinhais e Muge, que há muito deixaram de ter passageiros, garantindo ainda a construção de parques de estacionamento.

As autarquias vão abrir concursos para a exploração das zonas de restauração e cafetaria.

“Esta ligação ferroviária poderá servir para atrair mais população para Coruche e servirá, com toda a certeza, os muitos coruchenses que trabalham em Lisboa, e que têm aqui uma nova opção”, assinalou o presidente da Câmara de Coruche, Dionísio Mendes sublinhando que é uma importante mais valia para o concelho.
 

 

in O Ribatejo

 

Boa notícia

Quando tiverem horários terei todo o gosto em os publicar aqui.

publicado por portuga-coruche às 17:37
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Falta de rentabilidade en...

. Islândia: primeiro-minist...

. Trânsito restabelecido na...

. Ligação ferroviária Coruc...

. Câmara de Coruche quer el...

. Linha ferroviária Coruche...

. Coruche garante ligação f...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds