Quarta-feira, 25 de Julho de 2012

Pedófilo detido em Coruche

Coruche


Detido idoso suspeito de abusar sexualmente de uma criança de cinco anos
A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira a detenção em Coruche de um homem de 69 anos, com antecedentes criminais, suspeito da autoria de um crime de abuso sexual de uma menina de cinco anos.

 

De acordo com a Directoria de Lisboa e Vale do Tejo da PJ, a alegada vítima é familiar do detido.
O homem de 69 anos tem antecedentes criminais, já foi condenado por crimes semelhantes e vai hoje ser presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial.

 

in Correio da MaNHÃ

 

UPDATE - UPDATE - UPDATE - UPDATE - UPDATE - UPDATE - UPDATE


Cadastrado abusa da neta


Sujeito uma pena suspensa de prisão por abuso sexual de crianças, um homem de 69 anos violou durante vários meses a neta de cinco anos, em Coruche.

 

A criança ficou aos cuidados dos avós, depois de os pais terem emigrado para Inglaterra, onde arranjaram trabalho.
Aproveitando o período de férias, a mãe veio a Portugal ver a filha e apanhou o homem, em flagrante, a abusar dela no quarto da criança.
Apresentou, de imediato, queixa às autoridades.
Investigadores da Polícia Judiciária de Lisboa detiveram o pedófilo na segunda--feira, em casa deste, e levaram-no ontem a tribunal, onde foi ouvido por um juiz.
Apesar de sofrer às mãos do avô, a criança nunca denunciou os abusos aos pais, com quem contactava telefonicamente, por temer a reacção do homem.
A menina foi ouvida por psicólogos e sujeita a exames médicos no Instituto Nacional de Medicina Legal, em Lisboa. A PJ prossegue a investigação.

 

Por:H.M./ M.P.

In Correio da Manhã

publicado por portuga-coruche às 08:59
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Homem de 63 anos apanhado a ter relações sexuais com menor

Um homem de 63 anos foi apanhado em flagrante pela Polícia a ter relações sexuais com uma menor de 15 anos na Póvoa de Santa Iria, concelho de Vila Franca de Xira.

 

O indivíduo foi detido por elementos do programa “Escola Segura” cerca das 18h00 de quinta-feira, 21 de Outubro, e apresentou-se esta manhã no Tribunal de Vila Franca de Xira para primeiro interrogatório.

 

Na sequência da detenção foram ainda apreendidos vários materiais relacionados com práticas sexuais, como preservativos e óleos.

 

A menor foi aliciada pelo homem através de mensagem de telemóvel e com posteriores ofertas de pequenas quantias de dinheiro, de tabaco e de carregamentos de telemóvel, informa a Polícia de Segurança Pública.

 

A PSP alerta todos os jovens e seus responsáveis para este tipo de aliciamentos. “Evitem contactos em que lhes sejam oferecidas quaisquer oferendas em virtude de posteriormente poderem levar a este tipo de acontecimentos”, refere a Divisão Policial de Vila Franca de Xira em comunicado.

 

A Polícia apela ainda às famílias para que estejam atentas aos bens materiais que os jovens apresentam e que sejam de difícil justificação. “Poderão ter origem ilícita, tanto neste tipo de crimes como em outros”, conclui a divisão policial.

 

in O Mirante

 

A necessidade de se afirmarem leva muitas vezes os jovens a estas armadilhas. Deveria ser proibido a menores possuir telémovel uma vez que não possuem capacidade financeira para os manterem.

 

publicado por portuga-coruche às 07:30
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

Portugal e Espanha: Paraísos de criminosos e pedófilos

Vizela: Juiz diz que não há indícios de tráfico de seres humanos

Raptores de menino ficam em liberdade

Estão acusados de raptar um menor de 15 anos, de Vizela, mantê-lo em cativeiro durante três dias e tentar vendê-lo por cerca de 4 mil euros.

Por:Ana Isabel Fonseca/ Tânia Laranjo

 

Ouvidos pelo juiz em Abril, os raptores ficaram em prisão preventiva. Três meses depois foram libertados

Três meses depois da detenção, Paulo, Francisco Javier e Maria del Carmen foram libertados pelo mesmo juiz que, em Abril último, lhes decretou a prisão preventiva. Segundo o magistrado, que sujeitou agora os três arguidos a apresentações quinzenais na polícia, não há indícios de que os raptores levaram o menor para Ourense, Espanha, com o intuito de o vender a uma rede de tráfico de pessoas.

A decisão do juiz foi contestada pelo procurador, que considerou que os detidos deveriam continuar a aguardar o julgamento na prisão. O depoimento do menor foi considerado contraditório pelo juiz, o que terá sido decisivo na decisão de libertar os raptores. O menino, que se encontra à guarda dos pais, deverá ser novamente ouvido por videoconferência.

As escutas telefónicas interceptadas pela Polícia Judiciária do Porto não deixaram, no entanto, dúvidas quanto ao objectivo dos raptores. Num dos telefonemas, a Judiciária apanhou um dos raptores a tentar vender o menor a um irmão, que também foi constituído arguido no processo. Durante a conversa, o homem pedia quatro mil euros pelo menor. O comprador recusou-se a pagar tal valor e disse mesmo que o jovem apenas valia três mil euros.

O negócio nunca chegou a concretizar-se, pois os raptores foram detidos antes de atingirem o seu intento. Apesar da longa investigação, as autoridades também não conseguiram encontrar a quinta onde o menino garantiu ter visto outras crianças a serem sujeitas a trabalhos forçados.

Um outro ponto em discussão é ainda o facto do menor ter sido raptado no Porto, o que pode levar a que o caso seja julgado pela justiça portuguesa. Tal questão jurídica tinha sido já discutida pelas autoridades espanholas e portuguesas no início do caso.

PORMENORES

ACTOS SEXUAIS

O menino diz que foi forçado a manter actos sexuais com a raptora e que viu cenas de sexo entre um casal.

DORMIA COM ANIMAIS

Durante o tempo em que foi mantido em cativeiro o jovem dormiu com os animais.

 

 

in Correio da Manhã

 

 

 

Estes animais desta vez não tiveram o que merecem. Só espero que as autoridades competentes não deixem passar em branco a denuncia de que existem mais crianças escravas a necessitar de ajuda urgente. Estamos em 2010 .....

Continuo sem perceber porque é que estes animais tem direito a se esconder. Com a actividade profissional e familiar deles por vergonha é que não é de certeza.

Estas situações continuam ligadas a trabalho escravo e a Espanha. Onde andam as autoridades? Onde estão os estados de direito?

publicado por portuga-coruche às 07:10
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

Parece que alguém disse algo muito intelegente!

À 2011 anos que andam a difamar O "grande mensageiro do bem"! E, de cada vez que tentaram só o tornaram mais forte, até porque as nossas atitudes fundamentam nestas alturas a nossa ignorãncia, o quanto conseguimos ser pequeninos e tristes.

Agora apareceu uma senhora que, por ser lésbica e ser católica, acha que Jesus era Gay.

Eu posso dizer o mesmo e ser tão parvo como ela: Se Jesus Cristo vivesse nos dias de hoje teria um blog! Só podia!

Para outros era extraterrestre, já ouvi alguns comunistas a dizer que Jesus também o era.

É, como esta senhora disse uma coisa "muito intelegente" e os mass-media não são nada dados a "coisas intelectuais" eis a impressa um pouco por toda a parte:

 

 

 

 

 

O Mais engraçado é, em paralelo com esta "gozação" aparecer outra polémica, relacionada com a pedofilia na Igreja!

Todas elas na Quaresma ?! Em que sociedade é que vivemos?

 

 

 

Os problemas dentro das instituições são o reflexo da sociedade onde elas surgem! Os padres e as pessoas que não são padres nascem e surgem na mesma sociedade e depois todos clamamos para que os padres sejam perfeitos e todos nós fazemos o que nos dá na gana! Falo de padres como falo de polícias, professores, juízes, etc.., ás vezes certos raciocínios dão a ideia que existem pessoas que surgem do nada ou nascem dentro das instituições e isso não corresponde à realidade.

É claro que é errado o que quer que tenha acontecido sempre que tenham havido vítimas e abusos, quer sejam sexuais quer sejam de violência ou de outra ordem qualquer. Mais grave ainda (e o que parece que choca mais as pessoas) é serem pessoas que devido à naturesa da sua actividade e vida dão-nos a ideia que estão mais próximos de Deus e de Jesus e que por isso deveriam fazer precisamente o contrário. Tudo isso a meu ver é verdade. O que não se pode fazer é associar à instituição às outras pessoas (algumas com obras notáveis em que dedicaram toda a sua vida ao próximo) e mais ainda a Jesus ou Deus, porque, sem dúvida que as pessoas que cometem tais actos não é Deus que servem nessa altura.

Procura estar mais próximo de Deus quem mais sofre, quem mais tem noção que é pecador ou quem necessita sentir a sua paz. Procura estar proximo de Deus quem o respeita e necessita perceber os "caminhos" que sugere de modo a podermo-nos tornar pessoas melhores.

O respeito pela vida e pelas crianças é de salutar. Num mundo em que a felicidade das crianças é uma preocupação e chama a nossa atenção quando estamos ao pé de uma televisão e falam nisso, temos a certeza que vamos no bom caminho.

Actualmente vão ocorrer alguns "azedumes", muitas desculpas e muitas instituições a mudarem os seus regulamentos e procedimentos, mas amanhã meus amigos o mundo será melhor, porque aqueles que zelam pelos fracos e oprimidos estão a ver.

 

 

 

 

 

 

Eis um resumo do Jornal online "O Globo" de algumas situações de que se fala:

 

Conheça os escândalos mais recentes na Igreja em vários países A denúncia de mais um caso de abuso sexual de menores por padres da Igreja Católica - desta vez nos Estados Unidos - contribuiu para aumentar a pressão sobre o papa Bento 16.

Aqui, um resumo dos escândalos mais recentes em vários países.

 

ESTADOS UNIDOS

Na quinta-feira, o jornal The New York Times trouxe a notícia de que, em 1996, o cardeal Joseph Ratzinger, que veio a se tornar o papa Bento 16 em 2005, não respondeu a cartas vindas de clérigos americanos acusando um padre do Estado do Winsconsin de abusar sexualmente de menores.

O padre Lawrence Murphy, que morreu em 1998, é suspeito de ter abusado de até 200 meninos em uma escola para surdos entre 1950 e 1974.

Uma das supostas vítimas disse à BBC que o papa sabia das acusações há anos, mas não tomou nenhuma atitude.

Nas duas últimas décadas, a Igreja Católica dos Estados Unidos - principalmente a Arquidiocese de Boston - esteve envolvida em uma série de escândalos de abuso sexual infantil.

Um dos que mais chocou a população veio à tona há alguns anos, quando foi revelado que dois padres de Boston, Paul Shanley e John Geoghan, estavam envolvidos em casos de abuso nos anos 90 e foram supostamente acobertados por líderes da Igreja, que os transferiam de paróquia em paróquia.

Em 2002, o então papa João Paulo 2º convocou uma reunião de emergência com cardeais americanos, mas novos escândalos surgiram.

O arcebispo Bernard Law acabou renunciando ao posto no fim daquele ano, e, em 2003, a Arquidiocese de Boston concordou em pagar US$ 85 milhões depois de receber mais de 500 processos por abuso e omissão.

Um relatório encomendado pela Igreja em 2004 concluiu que mais de 4 mil padres americanos enfrentaram acusações de abuso sexual nos últimos 50 anos, em casos envolvendo mais de 10 mil crianças - principalmente meninos.

Em 2008, em uma visita aos Estados Unidos, Bento 16 se encontrou com vítimas dos abusos e falou "da dor e dos danos" provocados.

 

ALEMANHA

Desde o início de 2010, pelo menos 300 pessoas acusaram padres católicos da Alemanha de abuso sexual ou físico.

As alegações estão sendo investigadas em 18 das 27 dioceses da Igreja Católica no país natal do papa Bento 16.

Entre as acusações, está o abuso de mais de 170 crianças por padres em escolas jesuítas, além de casos dentro de um coral de meninos dirigido durante 30 anos pelo monsenhor Georg Ratzinger, irmão do papa.

Em março, o padre Peter Hullermann, que foi condenado por molestar crianças quando servia na Arquidiocese de Munique e Freising, foi suspenso de suas funções após violar uma proibição de trabalhar com menores.

No último dia 22, a diocese de Regensburg confirmou novas acusações contra quatro padres e duas freiras, em casos que teriam ocorrido nos anos 70.

O governo alemão anunciou em seguida que vai formar uma comissão de especialistas para investigar todas as acusações.

 

IRLANDA

No ano passado, dois documentos que examinaram acusações de pedofilia entre clérigos irlandeses relevaram a profundidade do problema no país, com casos de abuso, acobertamentos e falhas hierárquicas envolvendo milhares de vítimas durante várias décadas.

Um dos documentos mostrou que quatro arcebispos de Dublin fizeram vista grossa para casos de abuso ocorridos entre 1975 e 2004.

Quatro bispos renunciaram e toda a hierarquia da Igreja irlandesa foi convocada ao Vaticano para depor pessoalmente diante do papa Bento 16.

Em meio a isso, um novo escândalo veio à tona neste mês de março com a informação de que o chefe da Igreja Católica Irlandesa, cardeal Sean Brady, estava presente em reuniões realizadas em 1975, quando crianças fizeram um voto de silêncio sobre reclamações contra um padre pedófilo, Brendan Smyth.

Dias depois, em 20 de março, o papa Bento 16 se desculpou a vítimas de abuso sexual por clérigos da Irlanda, mas não mencionou denúncias em outros países.

 

HOLANDA

Ainda neste mês de março, bispos da Holanda pediram uma investigação independente diante de mais de 200 acusações de abuso sexual de crianças por padres, além de três casos ocorridos entre 1950 e 1970.

Inicialmente, as acusações envolviam a escola do mosteiro de Don Rua, no leste da Holanda.

O escândalo fez surgir dezenas de novas alegações de supostas vítimas em outras instituições do país.

 

ITÁLIA

Em janeiro de 2009, vários homens deficientes auditivos vieram a público para dizer que foram abusados quando eram crianças no Instituto para Surdos Antonio Provolo, na cidade de Verona, entre 1950 e 1980.

No fim do ano passado, a agência de notícias Associated Press obteve uma declaração por escrito de 67 ex-alunos da escola nomeando 24 padres e outros religiosos a quem acusavam de abuso sexual, pedofilia e castigos físicos.

A diocese de Verona disse que pretendia entrevistar as vítimas, depois de uma solicitação do Vaticano.

 

ÁUSTRIA

Acusações independentes de abuso sexual infantil por padres surgiram em várias regiões do país.

Após um dos escândalos, cinco padres de um mosteiro em Kremsmuesnter foram suspensos.

Em Salzburgo, o chefe de um mosteiro local renunciou ao cargo após confessar ter abusado de um menino há 40 anos, quando ele era monge.

 

SUÍÇA

Uma comissão formada pela Conferência dos Bispos da Suíça em 2002 vem investigando acusações de abuso envolvendo religiosos do país.

Este mês, um membro da comissão, o abade Martin Werlen, disse em uma entrevista que cerca de 60 pessoas fizeram acusações sobre casos que teriam ocorrido nos últimos 15 anos.

Um padre do cantão de Thurgau foi preso no último dia 19 sob suspeita de abuso sexual de menores.

Para mais notícias, visite o site da BBC Brasil

 

 

in O Globo 

 

 

publicado por portuga-coruche às 08:10
link | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

EUA: Homem mantém adolescente em cativeiro

 

Menor tem 13 anos

 

Marta Vitorino 
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Michael Abdallah, um homem de 26 anos que reside na cidade do Buffalo, no Estado de Nova Iorque, Estados Unidos, foi acusado de manter em cativeiro durante seis meses uma adolescente de 13 anos e de a ter violado repetidamente.

O homem foi preso na sexta-feira e declarou ser inocente, apesar das autoridades alegarem que este abusou da rapariga - que esteve desaparecida entre Julho e Dezembro - e sustentarem que o homem obrigava a menor a tomar conta do seu filho bebé. As autoridades não revelaram onde se encontra a menor nem qualquer detalhe sobre o seu estado de saúde física ou psicológica.

Até sábado, o alegado agressor sexual não tinha ainda advogado e neste momento encontra-se preso. Deverá regressar a tribunal na quinta-feira.

 

in Correio da Manhã

 

Existe gente muito doente neste mundo ....

publicado por portuga-coruche às 12:28
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Homem detido em actos impróprios no shopping

A PSP de Santarém deteve um homem de 40 anos que alegadamente se estaria a masturbar enquanto olhava para várias crianças, no W Shopping, em Santarém.

O caso ocorreu no passado domingo, dia 20, por volta das 16 horas, junto a um parque infantil no piso 1 do centro comercial, onde a filha do indivíduo, de seis anos, estava a brincar.

“Ele estava encostado a uma parede, com um saco de compras de papel à frente, a olhar para os miúdos”, disse ao nosso jornal uma funcionária de uma loja próxima, que pede para não ser identificada.

A situação foi detectada através das câmaras de videovigilância, e o homem foi de imediato levado para um corredor técnico por alguns seguranças, que alertaram a PSP de Santarém.

Segundo conseguimos apurar, o indivíduo disse aos seguranças que estava apenas a coçar um ardor na zona genital, provocado por produtos químicos em que tinha estado a mexer, mas a funcionária desmente esta versão.

“Ele foi apanhado de calças desapertadas e braguilha aberta”, garante a mesma.

O detido acabou por ser levado à esquadra da PSP de Santarém por dois agentes, na companhia da filha.

Até à chegada da polícia, a menina ficou a brincar no parque infantil, vigiada pelos seguranças e por algumas lojistas que entretanto se aperceberam do que se estava a passar.

O homem é divorciado, reside em Muge, concelho de Salvaterra de Magos, e tem a custódia da criança.

 

in O Ribatejo

 

À que saber com exactidão se isto foi um mal-entendido ou um acto pedófilo, pela justiça e pela criança. Uma notícia não é um julgamento, um julgamento é com a justiça. Se o Homem está doente não deve ter uma criança a seu cuidado nem deve estar próximo de outras.

O shopping em principio deverá ter câmaras e a imagem quando não é manipulada não mente!

publicado por portuga-coruche às 16:26
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Justiça reabre processo de Natascha Kampusch

Áustria

Justiça reabre investigação sobre Natascha

por PEDRO CORREIA

Justiça reabre investigação sobre Natascha

O caso da jovem que esteve sequestrada entre 1998 e 2006 continua cheio de "pontas soltas", como reconhecem as autoridades. Natascha Kampusch, hoje com 21 anos, isolou-se do mundo.

O ministério público da cidade de Graz, na Áustria, decidiu reabrir a investigação ao caso Natascha Kampusch, a jovem hoje com 21 anos que foi libertada em 2006 após um longo sequestro. Segundo as autoridades policiais, citadas na edição de ontem do jornal espanhol El País, existem "demasiadas pontas soltas" no processo, que continua a intrigar os austríacos, sobretudo desde há um ano, quando Natascha voltou a abandonar a luz dos holofotes, refugiando-se no seu apartamento de quatro divisões no centro de Viena, onde vive praticamente como uma eremita.

Uma das convicções do ministério público é que o sequestrador de Natascha, Wolfgafd Priklopil, não agiu sozinho. De resto, segundo o testemunho de uma colega de escola de Natascha, que foi testemunha dos acontecimentos no dia 2 de Março de 1998, a então estudante de dez anos foi raptada em plena rua, perto da casa onde vivia nos subúrbios de Viena, por dois homens que a conduziram ao interior de uma furgoneta Mercedes, de cor branca. Um deles, sabe-se hoje, era Wolfgang Priklopil. O outro, ainda ninguém faz ideia quem é. Natascha sempre garantiu que não havia mais ninguém envolvido no seu sequestro.

Mas a polícia e o tribunal acreditam que a jovem nunca contou tudo quanto sabe. A síndroma de Estocolmo, que faz a vítima sucumbir ao desejo de posse do seu captor, pode explicar muita coisa. Mas talvez não explique por completo as lágrimas copiosas que Natascha chorou ao saber que Wolfgand se suicidara atirando-se para uma linha de comboio oito horas após a jovem ter conseguido fugir da residência onde esteve sequestrada entre 1998 e 2006. Natascha fez questão de reconhecer o corpo na morgue e acabou por adquirir a casa de Strasshof, onde viveu reclusa durante oito anos.

"A nossa prioridade é passar em revista todas as provas acumuladas em torno deste caso e, a partir daí, interrogar todas as pessoas necessárias", declarou ao El País o magistrado Thomas Muehlbacher, que está a investigar o caso, admitindo que Natascha possa voltar a ser interrogada.

Um dos pormenores que merece investigação mais profunda é a revelação, feita pela revista alemã Stern, de que Natascha e o raptor passaram um período de férias juntos nos Alpes. Por outro lado, uma antiga vizinha da mãe de Natascha assegura que Brigitta Sirny-Kampusch, hoje com 59 anos, conhecia perfeitamente Wolfgang Priklopil, um técnico de electrónica que trabalhou na multinacional Siemens e chegou a ter negócios na área da construção. Por outro lado, um ex-sócio dele, Ernst Holzapflelt, revelou à polícia que Wolfgang - que tinha 44 anos quando se suicidou - era visita da casa de Natascha, filha de pais separados. Falta ainda saber com pormenor o que aconteceu nas horas que antecederam o rapto. Brigitta já confessou que nesse dia deu uma bofetada à filha, por alegado mau comportamento da pequena. As relações entre mãe e filha permanecem distantes, como todos os jornalistas que acompanharam o caso puderam testemunhar.

"Vivo como uma eremita, tenho ataques de ansiedade", declarou a jovem, há cerca de um mês, ao diário alemão Süddeutsche Zeitung, revelando que o seu maior objectivo na vida, actualmente, é passar tão despercebida quanto lhe for possível. Evita até sair à rua: a aura de celebridade que a rodeou há três anos produziu maus resultados. Segundo Natascha, é frequente cruzar-se com pessoas que a insultam na via pública e a responsabilizam pela morte de Wolfgang. As suspeitas de que o captor estaria relacionado com redes pedófilas chegou também a ser investigada, embora sem êxito. Neste caso continuam a ser muito mais as sombras do que as luzes.

 

in DN

 

publicado por portuga-coruche às 10:20
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Simbolos pedófilos

 

Segundo um mail que circula na net existem alguns simbolos que são usados pelos pedófilos. Isto neste momento carece de confirmação (até porque este tipo de mensagens é muito usado pelos spammers e poderá ser o caso), fica contudo a informação: 

 

 

 

SÍMBOLOS DE PEDOFILIA

 

Isso é muito sério.....ATENÇÃO
  

O FBI produziu um relatório em Janeiro sobre pedofilia.
 Nele estão colocados uma serie de símbolos usados pelos pedófilos para se dentificar.
 Os símbolos são, sempre, compostos pela união de 2 semelhantes, um dentro do outro.
A forma maior identifica o adulto, a menor a criança.
A diferença de tamanho entre elas demonstra a preferência por crianças maiores ou menores.
Homens são triângulos, mulheres corações.

 
Os símbolos são encontrados em sites, moedas, jóias (anéis, pingentes,...) entre outros objetos.

O link abaixo leva a uma copia em .pdf do relatório onde os símbolos são mostrados.

Os pedófilos fazem parte da pior escoria da humanidade.
Conhecer esses símbolos para poder identificar essas pessoas é o mínimo que podemos fazer.
Ao encontrar um símbolo desses, avisar a policia.
 
 
 https://secure.wikileaks.org/leak/FBI-pedophile-symbols.pdf

 

 

 

 

 

Os triângulos representam homens que adoram meninos (o detalhe cruel é o triângulo mais fino, que representam homens que gostam de meninos bem pequenos); o coração são homens (ou mulheres) que gostam de meninas e a borboleta são aqueles que gostam de ambos.
 

De acordo com a revista, são informações coletadas pelo FBI durantes suas vasculhadas.
 A idéia dos triângulos e corações concêntricos é a da figura maior envolvendo a figura menor, numa genialidade pervertida de um conceito gráfico.
Existe um requinte de crueldade, pois esses seres fazem questão de se exibirem em código para outros, fazendo desses símbolos bijuterias, moedas, troféus, adesivo e o escambau.
Infelizmente, é o design gráfico a serviço do mal.

 

 

tags:
publicado por portuga-coruche às 12:17
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Entraram 20 crianças em Portugal para serem escravas ou prostitutas

 
São crianças e adolescentes entre os 11 e os 17 anos, vendidas como mercadoria. Uma menina de seis anos para trabalho escravo e outra de 13 para prostituição são apenas alguns exemplos do relatório da APAV

De acordo com um relatório da APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima), há registo de 20 menores vítimas de tráfico nos últimos sete anos, escreve o 24 Horas.

Entre os casos está de uma menina africana de seis anos que veio para Portugal porque os pais ficaram convencidos, através de um intermediário, que «a família portuguesa que a iria acolher lhe ia dar educação», explicou ao 24 Horas Carla Amaral, gestora de unidade de apoio a vítimas imigrantes.

«A menina tinha comida e dormida mas trabalhava à borla para a família portuguesa e nem sequer foi inscrita na escola». A criança viveu como escrava dos seis aos 14 anos, até que a dona de um minimercado denunciou a situação por achar estranho ver a menina fazer compras para a família e não estar na escola.

Outro caso é o de uma adolescente de 13 anos vinda do Leste europeu que foi convencida por um namorado mais velho a vir trabalhar para Portugal. Quando chegou, não foi o namorado que a foi buscar, mas sim outra pessoa. Passou dois anos em ambiente de cativeiro sexual até um cliente se apaixonar por ela e mudar-lhe o destino. O cliente denunciou a situação e a jovem foi libertada com 15 anos.  

 

SOL

publicado por portuga-coruche às 09:57
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 19 de Julho de 2008

Detido por tentar agredir juiz e magistrados

Santarém: homem estava descontente pela pena de quatro anos e meio de prisão aplicada ao abusador da sua filha

 

O pai de uma criança abusada sexualmente foi detido esta sexta-feira no Tribunal de Santarém, depois de ter injuriado e tentado agredir um juiz e dois magistrados de Ministério Publico, informou fonte judicial. O homem terá manifestado desta forma o descontentamento com a decisão que ditou a prisão por quatro anos e meio do abusador da sua filha.

 

Quatro anos e meio por abusar de três meninas

O incidente ocorreu poucos minutos após a leitura do acórdão do julgamento do homem acusado de abuso sexual de três menores, uma das quais filha do agora detido. O arguido, de 58 anos, foi condenado a quatro anos e meio de prisão efectiva por quatro crimes de abuso sexual.

Após a leitura da decisão do Tribunal o pai da menor foi expulso da sala de audiências, por injúrias ao juiz Manuel Pedro. Alguns minutos depois, regressou ao átrio do Tribunal, onde, inconformado com a pena aplicada ao acusado de abuso da sua filha, terá tentado agredir os magistrados, disse à Agência Lusa fonte do Tribunal.

Perante esta situação, o juiz Manuel Pedro ordenou a sua detenção. O indivíduo deverá ser ouvido ainda hoje em Tribunal.

HB
 

 

in IOL Portugal Diário

 

Se eu estivesse lá também tentaria agredir juiz e magistrados. 4 anos...... vamos aguardar por notícias deste pai inconformado com uma decisão daqueles que deveriam existir para nos proteger e afinal não o fazem. A lei deveria defender os indefesos. Deveria repor a justiça. Assim a democracia não funciona.....  Continuo a achar que um dos pilares  da nossa democracia, o poder judicial deveria também depender da vontade do povo e não deles próprios. Quer me parecer que são uma classe profissional quase social armados em "deuses" que usam a lei em vez de serem instrumentos da referida. Muitos dizem que apenas se baseiam na lei e que estão no tribunal para a fazer cumprir. Nesse caso mande-se prender os responsáveis por semelhantes leis. Algo está mal na justiça, nas penas e nos crimes, tudo isto transanda e cheira mal.........

publicado por portuga-coruche às 12:45
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pedófilo detido em Coruch...

. Homem de 63 anos apanhado...

. Portugal e Espanha: Paraí...

. Parece que alguém disse a...

. EUA: Homem mantém adolesc...

. Homem detido em actos imp...

. Justiça reabre processo d...

. Simbolos pedófilos

. Entraram 20 crianças em P...

. Detido por tentar agredir...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds