Segunda-feira, 23 de Julho de 2012

Fajarda: Acidente causa um morto!

Um jovem morreu hoje de madrugada (22 Julho) na localidade de Fajarda, Coruche, ao embater contra um veículo pesado de mercadorias que se encontrava estacionado, revelou fonte da GNR de Santarém.

 

Segundo a mesma fonte, o jovem, de 21 anos, conduzia uma mini-moto que colidiu com o pesado que estava estacionado na via pública.

 

O acidente foi registado às 05:30. A vítima residia em Fajarda.

 
In: Visão e Destak
 
 
publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

Condutor de moto morre em acidente no Couço

O condutor de uma moto morreu ontem(na Sexta-feira, 24 Junho) na sequência de uma colisão entre a viatura de duas rodas que conduzia e um ligeiro de passageiros perto do Couço, concelho de Coruche.

O acidente ocorreu por volta das 18 horas, na Estrada Nacional 251.

No local, esteve uma equipa médica do INEM, que declarou o óbito, os bombeiros municipais de Coruche e a GNR, que está a investigar as causas que provocaram o sinistro.

 

in O Ribatejo

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:15
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Um morto em despiste em Coruche

 Um homem morreu, domingo, de madrugada, na sequência do despiste do veículo ligeiro que conduzia na estrada que liga Coruche a Salvaterra de Magos (N 114-3), perto de Fajarda, no concelho de Coruche, Santarém.

O acidente ocorreu pelas 00h50 na vulgarmente designada “curva do cascavel”, por razões “ainda não apuradas”, disse à agência Lusa, fonte dos bombeiros municipais de Coruche.

"Perto do local" do acidente “estava uma árvore derrubada”, disse a mesma fonte, sublinhando, no entanto, desconhecer se a queda da árvore foi provocada pela viatura acidentada ou se, pelo contrário, terá sido a causa do despiste.

Para o local do acidente foram deslocadas cinco viaturas e uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER), adiantou o mesmo elemento da corporação dos bombeiros de Coruche.

 

in O Mirante

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:20
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011

Morreu o forcado que pegava os touros de costas

José Luís Coragem faleceu no primeiro dia de 2011


 
foto

Natural de Alhandra e tendo Coruche como terra adoptiva, tinha 83 anos e um apelido que lhe assentava na perfeição.

 

O forcado que pegava touros de caras, de costas e sentado numa cadeira faleceu no primeiro dia de 2011, com 83 anos. Coragem era o apelido de José Luís, mas também sinónimo da forma como o antigo forcado se exibia nas arenas. José Luís Coragem faleceu no dia de ano novo e o seu funeral realizou-se no domingo, dia 2. Foi um dos mais reconhecidos forcados de sempre.

Nasceu a 27 de Fevereiro de 1927. Era natural de Alhandra, concelho de Vila Franca de Xira, e cedo foi viver para Coruche, que adoptou como sua terra. Foi a pegar de costas e sentado numa cadeira que José Luís Coragem acrescentou fama à que já tinha na arte de pegar de caras.

Foi por isso natural que cativasse muitos aficionados para o seu estilo e alguns ainda recordam episódios marcantes. Manuel Coelho, Aristides Albuquerque, Alfredo Melro e Manuel Carrapo são companheiros de conversa na cafetaria do Museu Municipal de Coruche. Da geração de Coragem, um em particular lembra-se dos seus feitos.

“Foi o maior forcado de sempre. Lembro-me de uma corrida que vi no Campo Pequeno, há mais de 50 anos, em que o Coragem foi colhido pelo touro e partiu uma perna ao cair no chão. Mesmo assim levantou-se e conseguiu pegá-lo de caras com mais um ajuda. A praça levantou-se com grande fervor e ele saiu de imediato para o hospital”, conta o aficionado com o mesmo entusiasmo de então.

Manuel Carrapo recorda ainda mais duas histórias. Uma em Vila Franca de Xira na qual José Luís Coragem pegou à saída dos curros da praça um touro que tinha fugido para o interior, levando a multidão ao rubro e a levá-lo em ombros pela arena. E outra pega, na antiga praça de Coruche, na margem esquerda do Sorraia, a um touro que, momentos antes, o tinha deixado estendido no chão.

Após a carreira de forcado que concluiu com 46 anos – e era apenas disso que vivia – José Luís Coragem e a mulher tiveram uma barraca com que percorriam feiras a vender frangos, sandes e outras comidas e bebidas, de que se lembram bem os convivas do museu. “Mais tarde foram também proprietários de uma loja de bijutaria no centro comercial Horta da Nora, na vila”, acrescentam.

Em Agosto de 2006 a Câmara de Coruche homenageou figuras da festa brava ligadas à vila, com um memorial evocativo junto à praça de touros. Entre esses nomes está o de José Luís Coragem.

Ex-cabo dos Forcados Amadores de Coruche, o actual presidente da autarquia, Dionísio Mendes, recorda-se de ver actuar o forcado. “Vi-o aqui na praça de Coruche algumas vezes. Foi profissional durante muitos anos e tinha a novidade de pegar touros de costas e sentado numa cadeira”, recorda o autarca, considerando-o uma figura marcante.

Em Agosto de 2010, durante a inauguração do Núcleo Tauromáquico de Coruche, no antigo edifício dos CTT, José Luís Coragem já se apresentava debilitado. Sofria de asma e estava doente. A mulher, Rosa, faleceu há mais tempo. O antigo forcado tem uma filha e um neto que ia visitar com alguma frequência a Inglaterra.

 

Forcado profissional em família com tradição

José Luís Coragem foi forcado profissional no grupo de Lisboa. Ocasionalmente liderou uma formação de Coruche. Passou ainda pelos grupos da Moita, de João Soeiro, do Vale de Santarém, de Edmundo de Oliveira, de Vila Franca de Xira e de Riachos. Aos 46 anos despediu-se das arenas, em 22 Abril de 1973, na praça de Coruche. Era neto e sobrinho dos famosos forcados do início do século XX, Luís e Germano Vintém, de quem herdou o gosto pela forcadagem.

 

Contemporâneo dos irmãos Badajoz

Os irmãos Manuel e António Badajoz, de Coruche, notabilizaram-se como bandarilheiros e foram contemporâneos de José Luís Coragem. Para Manuel Badajoz, o forcado marcou uma época. “Ele pegava de caras com grande brilhantismo. Vi-o fazer grandes pegas e com aquela inovação nunca vista na forcadagem que era pegar de costas, mais do que pegar de cadeira. Acompanhei muito a vida artística dele e ele ajudou a rapaziada nova de Coruche, os forcados mais novos. Foi um contributo notável para a festa”, refere Manuel Badajoz.

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

Morreu o forcado que pegava os touros de costas


 

O forcado que pegava touros de caras, de costas e sentado numa cadeira faleceu no primeiro dia de 2011, com 83 anos. Coragem era o apelido de José Luís, mas também sinónimo da forma como o antigo forcado se exibia nas arenas. José Luís Coragem faleceu no dia de ano novo e o seu funeral realizou-se no domingo, dia 2. Foi um dos mais reconhecidos forcados de sempre.

 

 

Nasceu a 27 de Fevereiro de 1927. Era natural de Alhandra, concelho de Vila Franca de Xira, e cedo foi viver para Coruche, que adoptou como sua terra. Foi a pegar de costas e sentado numa cadeira que José Luís Coragem acrescentou fama à que já tinha na arte de pegar de caras.

 

 

José Luís Coragem foi forcado profissional no grupo de Lisboa. Ocasionalmente liderou uma formação de Coruche. Passou ainda pelos grupos da Moita, de João Soeiro, do Vale de Santarém, de Edmundo de Oliveira, de Vila Franca de Xira e de Riachos. Aos 46 anos despediu-se das arenas, em 22 Abril de 1973, na praça de Coruche. Era neto e sobrinho dos famosos forcados do início do século XX, Luís e Germano Vintém, de quem herdou o gosto pela forcadagem.

 

 

Em Agosto de 2006 a Câmara de Coruche homenageou figuras da festa brava ligadas à vila, com um memorial evocativo junto à praça de touros. Entre esses nomes está o de José Luís Coragem. Em Agosto de 2010, durante a inauguração do Núcleo Tauromáquico de Coruche, no antigo edifício dos CTT, José Luís Coragem já se apresentava debilitado.

 

 

in O Mirante

  

 

 

           
 Em 1950, em Caracas Venezuela, teria enviado esta fotografia ao critico tauromáquico, Pepe Luís.  José Luis Coragem e João Franco (Apresentação do livro "Forcados - Os Últimos Românticos da Festa")

 

 

 

 
José Luís da Silva "Coragem" foi cabo do Grupo de Forcados de Riachos cerca do ano de 1954 até cerca do ano de 1962.

 

Pega de Costas de Jose Luis Coragem (Foto L  Figueiredo)

 

Fontes das totos e comentários:

http://solytoirosdoribatejo.blogspot.com/
http://www.equitacao.com/noticia.php?n=7461&
http://amaral-forcadosderiachos.blogspot.com/2011/01/jose-luis-coragem.html
http://www.tauromania.pt/noticias_detail_gallery.php?typ=reportagens&aID=4152

 

 

  

publicado por portuga-coruche às 07:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010

Faz Hoje anos que morreu Freddie Mercury

 Freddie Mercury - Noticia da morte no Jornal Nacional 25/11/1991 (Globo TV Brazil)

 

 

Queen - I want to break free  

 

 

Freddie Mercury-Imortal 

 

Freddie Mercury Last Interview in video (with subtitles)

 

Freddie Mercury last vocal interview before dying

Freddie Mercury last vocal interview before dying - for those of you asking the title of the songs: first song is just the piano music of "My Melancholy Blues"; second is "In My Defence"

 

Last days of Freddie (1991)

 

 

Queen Freddie Mercury I Was Born To Love You 24 11 1991

 

 

Não foi possivel apresentar alguns videos por que a EMI não permite que "o conteúdo seja disponibilizado" no nosso país.

 

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Julho de 2010

Ainda a tragédia de Fátima

Fátima: Inês tinha três anos e caiu de uma altura de 12 metros

Menina morre em queda

"Mãe, não fui eu. Tentei agarrá-la, mas não consegui!", exclamava o pequeno Rafael, de cinco anos, abraçado à progenitora, enquanto os bombeiros tentavam reanimar a irmã, de três anos, que acabara de cair da janela do apartamento – a 12 metros de altura –, ontem de manhã, na avenida Beato Nuno, em Fátima. Inês Rodrigues caiu desamparada na via pública e não sobreviveu aos ferimentos. O óbito foi confirmado no local pelos médicos do INEM.

 

 Por:Francisco Pedro / J.T.

 

José Rodrigues inconsolável com a morte da neta, que ajudou a criar

 

A queda registou-se pelas 08h30. Segundo apurou o CM, a menina estaria a brincar com o irmão, trepou para a janela e caiu. A mãe, Elizabete Rodrigues, 32 anos, encontrava-se a tomar banho quando foi alertada pelos gritos do filho. Desceram ambos à rua e depararam-se com Inês prostrada no chão, envolta numa poça de sangue. A equipa dos Bombeiros Voluntários de Fátima chegou passados minutos, imobilizou a menina e iniciou as manobras de reanimação. 'Ela tinha pulso, mas já estava com bastante carência de oxigénio', explicou António Gaspar, comandante da corporação. Os médicos da VMER do Hospital de Leiria ainda se deslocaram a Fátima, só que pouco mais puderam fazer do que declarar o óbito. Após o acidente, o casal e o seu filho mais velho foram transportados ao Hospital de Leiria para receberem apoio psicológico. A Câmara Municipal de Ourém também enviou uma técnica social para acompanhar a família.

A mãe da menina trabalha num restaurante da Cova da Iria, perto do Santuário. O pai, Agostinho Ferreira, 35 anos, é profissional da construção civil e estaria a exercer funções na zona de Coimbra. Residem em Fátima há dois anos. Na semana passada mudaram-se para o apartamento na avenida Beato Nuno para dar melhores condições de vida aos três filhos – de oito meses, três e cinco anos. O sonho acabou em tragédia. 'São horas do diabo', lamenta, com as lágrimas nos olhos, José Carreira Rodrigues, avô materno da vítima.

O corpo foi transportado para a morgue do Hospital de Tomar, para ser autopsiado. Só depois será marcado o funeral, que deverá realizar--se nas Matas de Espite, no concelho de Ourém, a terra natal dos pais. A GNR fez uma inspecção judiciária à casa, remetendo os dados ao Ministério Público.

'CONSTRUÇÕES SEM GUARDAS':  Sandra Nascimento,presidente da APSI

Correio da Manhã – A falha humana é a principal culpada nas quedas de janelas e varandas?

Sandra Nascimento – Não. Há a tendência para culpabilizar quem está com a criança, mas é importante saber também que barreiras físicas têm os edifícios para prevenir as quedas.

– Essas barreiras são obrigatórias nas construções?

– Existe uma norma técnica de prevenção, mas a Lei não obriga os projectistas a cumpri-la. Ainda vemos muitas construções novas sem guardas seguras nas varandas e mecanismos de limitação de abertura nas janelas.

– Têm-se verificado muitas quedas de crianças em prédios?

– Os dados que temos indicam que houve 13 casos em 2007, seis em 2008 e quatro em 2009.

RAPAZ CARBONIZADO EM SOTÃO

Tinha aterrado em Lisboa, por volta da hora do almoço, com a mãe, a irmã mais nova e uma amiga, vindos de França, onde vivem há muitos anos, para passar dois meses de férias em Portugal. Marco, de apenas 12 anos, acabou por morrer carbonizado, na madrugada de ontem, na primeira noite que passou na casa da família, em Varge Mondar, Rio de Mouro, Sintra. Um fogo destruiu por completo o sótão da vivenda, onde o jovem estava.

Marco e Eva (seis anos), já nascidos em França, adoravam vir a Portugal rever familiares e passar férias e, desta vez, até trouxeram uma amiga, de 9. Mas nada correu como planeado.

Segundo o Correio da Manhã conseguiu apurar, uma sobrecarga eléctrica numa tomada esteve na causa da tragédia que se abateu sobre esta família de emigrantes. Ao que tudo indica, a sobrecarga foi provocada pela ligação de vários aparelhos – uma televisão, uma PlayStation e uma guitarra – à mesma ficha.

'Isto é muito injusto. Ninguém merece morrer assim, muito menos uma criança que estava sempre feliz', disse um familiar, ao mesmo tempo que olhava para os destroços do sótão. 'Vinham cá todos os anos passar férias, iam ficar dois meses, já tinham tudo planeado. Hoje [ontem] estava mesmo planeado irem à praia, e depois acontece esta tragédia. Está tudo estragado'.

O incêndio teve início pelas 02h00 e foi dominado cerca de uma hora depois.

JOVEM MORRE JUNTO A PISCINA

A tragédia abateu-se sobre uma família britânica quando, anteontem, pelas 18h20, a filha, de apenas 15 anos, sentiu-se mal ao tomar banho com umas amigas na piscina da residência, uma vivenda situada na zona de São João do Estoril, acabando por morrer. Na altura em que os bombeiros chegaram ao local a vítima ainda apresentava sinais de vida, mas viria a falecer pouco depois.

Ao que o nosso jornal conseguiu apurar, a jovem tomava banho com as amigas na piscina quando, subitamente, desmaiou. De imediato foi retirada da piscina pelas amigas e por familiares que estavam por perto. Os bombeiros do Estoril chegaram poucos minutos após ter sido dado o alerta e, apesar de todos os esforços na tentativa de reanimar a vítima, esta acabou por falecer.

PORMENORES

APOIO PSICOLÓGICO

Os psicólogos do INEM já não prestam apoio a vítimas e famílias, devido às medidas impostas recentemente anunciadas. A família de Marco não teve essa ajuda.

20 BOMBEIROS NO LOCAL

O alerta aos bombeiros de Algueirão-Mem Martins chegou às 02h00 e, no local, o incêndio foi combatido por 20 elementos.

RECUSAM ALOJAMENTO

A família recusou o realojamento temporário disponibilizado pela Segurança Social. Ficaram em casa de uma vizinha.

NOTAS

DADOS: ACIDENTES MORTAIS

As quedas estão na origem da maior parte dos acidentes com crianças. Segundo a Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI), são a terceira principal causa de morte

ALERTA: TERCEIRO CASO

A queda de Inês Rodrigues foi a terceira dogénero registada em Fátima nos últimos dois anos, segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários locais, António Gaspar

SEGURANÇA: CONSELHOS ÚTEIS 

As janelas acessíveis a crianças pequenasdevem ter um mecanismo que limite a abertura a 10 cm e exija dois movimentos coordenados para serem accionadas ou desbloqueadas

 

 

in Correio da Manhã

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 08:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

A tragédia aconteceu em Fátima

Criança de 2 anos morre de queda de quarto andar

 

 

 

 

Uma criança de dois anos morreu depois de cair na manhã desta quarta-feira, dia 7, de um quarto andar de um edifício de Fátima, na Avenida Beato Nuno, junto à Rotunda do Peregrino. O acidente ocorreu por volta das 8h44, em circunstância que ainda estão por apurar. Os bombeiros e uma equipa médica deslocaram-se ao local, mas não conseguiram reanimar a criança.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Fátima, Gaspar Reis, a criança apresentava fracturas múltiplas, suspeitando-se que tenha caído de cabeça. O corpo da criança foi transportado para o Instituto de Medicina Legal para ser sujeito a autópsia e as autoridades estão a investigar o caso.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 07:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

Rui Moura: Uma referência

Transcrevo o ultimo poste do Blog Mitos Climáticos, desta feita escrito não pela mão do Mestre Rui Moura mas dos filhos, é que, no passado domingo, faleceu no Hospital Santa Maria uma referência do Clima e da ciência em Portugal:

In Memoriam

É com pesar que a família de Rui Gonçalo Moura anuncia a sua morte, aos 80 anos, que ocorreu no Domingo 27 de Junho de 2010, devido a complicações derivadas de uma intervenção cirúrgica.

Para além de um marido, pai e avô extremoso, amigo dedicado, que deixa eterna saudade entre os seus familiares e amigos, Rui Gonçalo Moura foi um Engenheiro e homem de Ciência brilhantes, com uma paixão pela verdade científica. Depois da graduação como melhor aluno do seu curso, no Instituto Superior Técnico (IST), em 1957, trabalhou durante 30 anos como engenheiro electrotécnico. Foi simultaneamente assistente e professor convidado da cadeira de Electrotecnia Teórica, Medidas Eléctricas e Alta Tensão do IST entre 1970 e 1976. Serviu na Comissão Europeia de 1987 a 1990 e na Comissão Técnica e Científica do Plano Energético Nacional de 1989 a 1992.


Depois da sua reforma, em 1992, dedicou-se ao estudo do clima, de forma a poder contribuir para um debate que considerava fundamental. Possuindo uma mente verdadeiramente brilhante, para além de se ter tornado um especialista em dinâmica do clima, aprendeu a comunicar efectivamente na era moderna, e criou este Blog em 2005. Conjuntamente com Jorge Pacheco Oliveira, traduziu o livro "A Ficção Científica de Al Gore", de Marlo Lewis Jr., publicado pela Booknomics, 2008.

Podemos ainda recordá-lo nas suas participações recentes em dois debates televisivos sobre alterações climáticas, no programa Sociedade Civil (RTP2) em 4 de Outubro de 2009 e no Expresso da Meia Noite (SIC) em 11 de Dezembro de 2009.

Agora que já não está fisicamente entre nós, este Blog faz parte do seu legado científico, e a sua contribuição para um debate científico sério da dinâmica climática não será esquecido. Como não será esquecida a sua luta contra o obscurantismo científico, venha este de onde vier.

Agradecemos sentidamente a todos os que nos fizeram chegar o seu pesar e uma mensagem amiga, bem como os posts que fazem referências à sua personalidade e trabalho que encontrámos.

Jornais:
Correio da Manhã, Expresso, Jornal i

Blogs:
Anovis anopheles, Antena cristã, Blasfémias, Ecotretas, Enclavado, Lodo, Minoria ruidosa, Moicanos, My web time, Pena e espada, Universidade de Coimbra



A Família

 

 

 

 

 

 

 

 

in Mitos Climáticos

 

 

A Notícia no Correio da Manhã :

 

Rui Moura tinha 80 anos

Morreu tradutor português de ‘A Ficção Científica de Al Gore’

O climatologista Rui Moura, opositor das teorias do aquecimento global por acção humana, morreu no domingo, aos 80 anos, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde se encontrava internado, disse esta segunda-feira à Lusa fonte familiar.

 

Engenheiro eletrotécnico de formação, especializou-se mais tarde em Energia e depois em Climatologia, segundo a mesma fonte.  

Rui Moura foi professor no Instituto Superior Técnico e destacou-se nos últimos anos pelo combate às teorias de Al Gore, ex-vice-presidente norte-americano, sobre o aquecimento global que considerava alarmistas. 

"Chegou à conclusão que essas teses alarmistas não tinham bases científicas", disse à agência Lusa Jorge Pacheco Oliveira, o amigo, também engenheiro eletrotécnico, com quem criou o blogue ‘Mitos Climáticos’ e traduziu o livro ‘A Ficção Científica de Al Gore’.  

"Manteve-se na área dos críticos que não acreditavam naquilo e a ciência nisso deu-lhe inteira razão", referiu Jorge Oliveira. Rui Moura defendia que as alterações climáticas fazem parte do ciclo natural da Terra.  

O corpo de Rui Moura encontra-se em câmara ardente na Igreja de Caneças, concelho de Odivelas, onde se realiza na terça-feira a missa de corpo presente pelas 10h30, seguindo o funeral para o cemitério local.  

 

 

 

 

Vamos esperar que Jorge Pacheco Oliveira continue o Blog "Mitos Climáticos" que é uma "agulha" neste "palheiro" que é esta sociedade inundada de informação e especulação sem fundamento. 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Maio de 2010

Homem encontrado morto em sua casa na Fajarda

 Um homem de 74 anos foi encontrado morto na sua casa na freguesia da Fajarda, concelho de Coruche, na manhã de quinta-feira, dia 6 de Maio. Mário Vicente era proprietário do posto de combustível da Estrada Nacional 114-3, na Fajarda, que fica ao lado da sua casa, onde foi encontrado sem vida, vítima de tiro com arma na cabeça. Era ainda sócio dos Panificadores Unidos de Coruche. A GNR tomou conta da ocorrência. Admite-se que o idoso tenha posto fim à própria vida.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Fajarda: Acidente causa u...

. Condutor de moto morre em...

. Um morto em despiste em C...

. Morreu o forcado que pega...

. Morreu o forcado que pega...

. Faz Hoje anos que morreu ...

. Ainda a tragédia de Fátim...

. A tragédia aconteceu em F...

. Rui Moura: Uma referência

. Homem encontrado morto em...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds