Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Centro Saúde de Coruche não passa receitas - Dr. Baião

Se o médico de família se reformou, não se passa receitas aos seus pacientes

Desde que o meu médico de família se reformou, estou com enormes dificuldades em conseguir uma receita de medicamentos para o meu pai, que sofre de epilepsia, e como tal não pode passar sem eles.
O centro de saúde de que somos utentes, apesar da previsibilidade de tal acontecimento, deixou todos os doentes do anterior, sem médico de família. Como se tal não bastasse, não oferece qualquer solução para aqueles que, como o meu pai, dependem de medicação obrigatória. O custo dos mesmos é demasiado elevado (70.00€) para que ele o possa suportar sozinho, ainda mais quando toda a vida entregou a tempo e horas uma percentagem (e não foi pouco!) do seu salário ao estado, o qual lhe parece ter virado as costas.
Alguém já ouviu falar de “substituto”? Parece indicado para casos destes admitir um outro profissional ou distribuir, se for possível, os doentes pelos que estão em funções. Mas aquilo que parece lógico não faz sentido num país onde o estado apenas vê os cidadãos como financiadores de um défice que o mesmo criou.
 
                              cidadã de uma Vila do Ribatejo
 
 
in Azaritos por aqui e por acolá
 
"Beuxa Nebes" dona do Blog "Azaritos por aqui e por acolá" (um blog de queixas e reclamações), enviou este post, referindo-me que se tratava de alguém de Coruche (mas que assina cidadã de uma vila do Ribatejo!) e que o médico que se reformou foi o Dr. Baião (coisa que também não é referido no texto).
O testemunho desta senhora reflecte o estado do nosso sistema de saúde e o receio com que nós tratamos os assuntos com o estado. Não é por acaso que a senhora até teve receio de dizer que isto se passa em Coruche. Então se descaradamente não se importam com um idoso e tratam estes casos com tanta frieza imaginem que falamos em nomes e em coisas concretas, até nos comem vivos......
Sei que a ERS - Entidade Reguladora da Saúde tem um livro de reclamações On-line, porque é que a cidadã não começa por fazer uma reclamação e depois nos dá algum feedback do aconteceu?
Pode contar com o apoio na divulgação desta situação e não tenha medo de dar a cara, porque o que estão a fazer com os nossos doentes é desumano. Tratam as pessoas que tem necessidades e estão doentes como não tratam os marginais.....
publicado por portuga-coruche às 07:05
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 2 de Março de 2010

Extensão de Saúde de Santo Estêvão sem médica

Os utentes da extensão de saúde de Santo Estêvão estão desde 19 de Fevereiro sem médico de família. A doutora Isabel Eusébio apresentou baixa prolongada, o que obriga os doentes da freguesia e também os de Foros de Almada a deslocarem-se a Benavente ou a Vila Franca de Xira.

 

A Coordenadora do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria admite que a situação é complicada. “A médica vai estar de baixa um mês, provavelmente dois”, diz resignada Luísa Portugal. “Eu tinha 6500 utentes sem médico de família no centro de saúde de Benavente. Neste momento ficámos com mais 1200 utentes das duas extensões de saúde. Seriam precisos cinco ou seis médicos para tantos utentes e de momento só consegui um”, conclui com consternação.

 

A situação provoca a revolta de quem já teve de se deslocar duas vezes a Vila Franca de Xira na passada semana para ser atendida. Margarida Salgueiro, de 76 anos, diz que foi a única alternativa, uma vez que “também não havia médico no Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde de Benavente”. Os idosos queixam-se ainda de ter de se levantar às 4h00 e às 5h00 da manhã para se deslocarem a Benavente, onde também não têm a certeza de ser atendidos.

 

O presidente da Junta de Santo Estêvão que considera inadmissível que os utentes tenham de percorrer no mínimo dezassete quilómetros para terem direito a uma consulta. “A população de Santo Estêvão é uma população envelhecida e muitas das pessoas apresentam dificuldades económicas o que complica a sua deslocação a Benavente ou a Vila Franca de Xira. Isto já para não falar que os horários dos transportes públicos são claramente deficitários”, sublinha Ricardo Oliveira.

 

Também o presidente da câmara de Benavente sublinha que a situação é crítica no concelho. António José Ganhão já pediu uma reunião aos responsáveis da Administração Regional de Saúde e Vale do Tejo e também à Ministra da Saúde, mas até agora não obteve quaisquer respostas. Caso não seja apresentada em breve uma solução a esta questão por parte das autoridades responsáveis, os dois autarcas ameaçam reunir esforços no sentido mobilizar a população a ir para a rua manifestar-se.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Centro Saúde de Coruche n...

. Extensão de Saúde de Sant...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds