Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

Gripe faz subir 30% urgências pediátricas

por DIANA MENDES

  

Vírus de tipo B é o que mais está a afectar as crianças e foi a causa da primeira morte desta época. Febre dura cinco dias.

Gaspar, de quatro anos, está sentado há mais de duas horas na urgência do Hospital Dona Estefânia, em Lisboa. Enquanto o pai fala ao DN, o menino lança um olhar visivelmente abatido e de saturação após cinco longos dias de febre e dores de cabeça. "Só venho à urgência em último caso, mas ao fim de cinco dias de febre achei melhor vir", conta o pai, Diogo. As febres prolongadas, e por vezes altas, não foram um caso raro relatado ao DN. Sintomas de gripe, que têm feito disparar as idas às urgências em mais de 30%, também, confirmam vários hospitais. A afluência já ultrapassou a do ano passado, mas o vírus mais frequente é agora o de tipo B.

As crianças dos 5 aos 14 anos estão a ser as mais afectadas pela gripe, registando o triplo ou o quádruplo da taxa de incidência dos adultos, de acordo com o relatório do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge. Os casos novos por cem mil habitantes rondam os 200, enquanto os registados dos 15 aos 64 anos estão perto dos 50.

No Hospital Dona Estefânia os doentes menos urgentes chegaram a esperar cinco horas. A sala está repleta de crianças que partilham sintomas de gripe, amigdalite e até de pneumonia. Guilherme, de três anos, tinha suspeita de pneumonia, segundo a informação dada à mãe, Marta. "Está com febre há oito dias. Ontem teve de se deslocar à Estefânia. "Vou esperar pouco tempo. Disseram que era prioritário..."

Judite Rebelo, a mãe de Beatriz, demasiado prostrada para falar com jornalistas. "Deve ser gripe. Ela tem febres de 38 e 39 graus há dois dias e costuma fazer muitas amigdalites. As tossidelas da filha levam-na de vez em quando à urgência. "Habitualmente venho de manhã. Felizmente tenho bons patrões que me deixam vir aqui."

Gonçalo Cordeiro Ferreira, director de Pediatria do hospital, explica que a procura tem sido similar à de 2008, mas "acima da registada com a gripe A. Estamos com 300 casos em média por dia, 40%a 60% acima do que tínhamos no ano passado", refere.

Artur Vaz, presidente do Conselho de Administração do Hospital Amadora-Sintra diz que "desde dia 24 que temos sentido um aumento de 30% a 40% nas urgências pediátricas, para atendimentos próximos dos 300 por dia", avança. Nos adultos a procura duplicou desde o dia da consoada, passando de 263 atendimentos para 524.

Helena Gomes, directora clínica do Hospital de Faro, refere uma subida de 140 para 180 atendimentos, valores que ainda assim não superam a dos hospitais do Porto (ver texto ao lado). Este ano, "temos recebido crianças muito debilitadas, com febres altíssimas e com febre durante mais tempo. Os meus colegas de outras unidades dizem o mesmo". Cordeiro Ferreira lembra que houve muitos casos de febres longas no início do mês, mas nem todas de gripe.

O director-geral da Saúde, Francisco George, diz ao DN que Portugal tem uma "actividade gripal moderada, com tendência crescente provocada sobretudo por duas estirpes do vírus: o A e o B. No entanto, o B é o mais preponderante".

Os sintomas são semelhantes, mas a verdade é que o única morte registada até ao momento foi com este vírus. "Identificámos uma morte num jovem, e até hoje contabilizámos 12 casos de internamento, seis dos quais ainda se mantêm no internamento e três nos cuidados intensivos", refere. Estes, sim, estiveram sobretudo relacionado com o vírus A. Para evitar complicações e internamentos, Francisco George reitera a necessidade da vacinação. Até porque a vacina cobre os vírus A e B.

Os médicos aconselham também a população a ligar para a linha saúde 24 e a não irem logo às urgências, já que a maioria das situações são benignas.

 

in Diário de Notícias

 

Tipos de vírus da gripe

Dos três tipos de vírus influenza conhecidos (A, B e C) o tipo A é o mais prevalente e está associado às epidemias mais graves. Os vírus influenza podem infectar uma ampla variedade de hospedeiros.

  • O vírus tipo A infecta um vasto leque de hospedeiros, sendo os principais os seres humanos, os suínos, os cavalos e, especialmente, as aves.
  • O tipo B infecta principalmente os seres humanos, mas recentemente também foi isolado em cães, gatos e suínos.
  • O tipo C infecta predominantemente os seres humanos, mas não provoca doença clinicamente relevante.

Os vírus tipo A e B estão normalmente associados a epidemias que podem originar hospitalizações ou morte. Pelo contrário, o tipo C provoca doença respiratória ligeira, ou não provoca qualquer tipo de sintomas, não estando associado a gripe. Consequentemente, os esforços para controlar os surtos de gripe visam apenas os tipos A e B.

Os vírus da gripe dos tipos A e B possuem 8 segmentos de ARN (ácido ribonucleico) distintos no seu genoma. Dos 2 tipos de vírus clinicamente relevantes, o tipo A é o que sofre alterações mais profundas, motivo pelo que está frequentemente associado a epidemias e a pandemias de gripe. Em contraste, o vírus tipo B pode sofrer pequenas alterações antigénicas, contribuindo apenas para as epidemias de gripe.

Os vírus da gripe A e B têm natureza sazonal, ocorrendo os surtos geralmente durante os meses de Inverno.

 

 

in Gripe.Roche.pt

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Diferença entre gripe e constipação

 

 

Fonte: Brochura da Cruz Vermelha Portuguesa

 

Esta brochura é resumidamente a melhor fonte que encontrei de conselhos úteis em relação à Gripe A, está lá tudo o que devemos fazer e saber de momento, incluindo este quadro explicativo que diferencia uma constipação vilgar de uma gripe.

CONSTIPADO OU COM GRIPE?
 
A gripe é uma doença respiratória aguda causada pelo vírus influenza. Esta doença é muito contagiosa e transmite-se facilmente de pessoa para pessoa:
• por via aérea, quando o infectado fala, tosse ou espirra expele gotículas que contêm o vírus e que podem ser inaladas por outras pessoas;
• pelas mãos, tocando numa pessoa infectada ou em superfícies contaminadas com o vírus – que pode sobreviver vários dias num objecto – e, seguidamente, levando as mãos aos olhos, boca ou nariz. Os sintomas da gripe são semelhantes aos sintomas de uma constipação comum, embora se apresentem com maior gravidade. Algumas diferenças entre a gripe e a constipação comum estão representadas no quadro que se segue:

 

publicado por portuga-coruche às 12:37
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Cientistas americanos garantem: O vírus da gripe está na porta do frigorífico

 

Frio e chuva. São os primeiros sinais de que vem a caminho mais uma época de constipações e gripes. Quando chegam, é tão importante tratar do doente como evitar o contágio. Mas onde é que os germes se escondem?
 
 
O vírus da gripe está na porta do frigorífico A vacina contra a gripe é uma das melhores formas de evitar o contágio
Ali Haupt/The Minnesota Daily/AP
A vacina contra a gripe é uma das melhores formas de evitar o contágio

Uma equipa de investigadores da Universidade da Virgínia, Estados Unidos, apresentou esta semana um estudo onde demonstram que os controlos remotos, os telefones, as torneiras da casa de banho, as pegas e as portas dos frigoríficos, bem como os saleiros e os pimenteiros, são alguns dos locais eleitos pelos germes.

Todos estes objectos têm algo em comum: são superfícies frias onde os germes conseguem manter-se vivos durante, pelo menos, dois dias. Resultado: quem ainda não está doente, corre sérios riscos de ficar.

Há cerca de dois anos esta equipa de investigadores provou que os germes permaneciam activos nos quartos dos hotéis, dias depois dos hóspedes terem partido. Desta feita, recorreram a 30 adultos com sintomas de constipação, 16 dos quais eram portadores do rinovírus, o grande responsável por metade das infecções.

A cada participante foi pedido que listasse dez locais em suas casas onde tivessem tocado nas últimas 18 horas, tendo os investigadores recorrido a testes de ADN para detectarem o rinovírus.

Birgit Winther, uma das autoras do estudo, conta que "em cerca de 40% das superfícies tocadas com frequência, tais como as pegas e as portas dos frigoríficos, foi detectada a presença de germes".

Dito de outra forma, os investigadores detectaram germes nos três saleiros e pimenteiros examinados bem como em seis de 18 maçanetas; oito de 14 pegas de frigorífico, três de 13 interruptores da luz, seis de 10 controlos remotos; oito de 10 torneiras de casa de banho; quatro de sete telefones; três de quatro luvas para lavar a loiça.

Seguidamente, os cientistas contaminaram deliberadamente algumas superfícies com muco dos pacientes e foram verificar se o rinovírus passava para os seus dedos depois de, por exemplo, tocarem num interruptor ou de atenderem um telefone. Passadas 48 horas sobre o contacto com a superfície infectada os cientistas verificaram que o vírus permanecia activo nos dedos das cobaias.

Se dúvidas houvessem, este estudo mostra que evitar o contágio será certamente tão difícil como tratar a doença.



COMO EVITAR O CONTÁGIO?  

 

  • Vacine-se contra a gripe, preferencialmente em Outubro/Novembro. Atenção: as pessoas com alergia grave ao ovo ou que tenham tido uma reacção alérgica grave a uma dose anterior da vacina, não devem tomá-la. Consulte o seu médico.

  • Evite o contacto com pessoas doentes. O período de contágio começa uma a dois dias antes do início dos sintomas e vai até sete dias depois, sendo que nas crianças pode ser maior.

  • Lave as mãos frequentemente. O vírus é transmitido através de partículas de saliva de uma pessoa infectada, expelidas sobretudo através da tosse e dos espirros, mas também por contacto directo, por exemplo, através das mãos.

Para mais informações contacte a linha de aconselhamento Saúde24 através do número 808 24 24 24.

Fonte: Site da Direcção-Geral de Saúde

in Expresso

publicado por portuga-coruche às 14:44
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Gripe faz subir 30% urgên...

. Diferença entre gripe e c...

. Cientistas americanos gar...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds