Segunda-feira, 25 de Julho de 2011

Amy Jade Winehouse (14/09/1983-23/07/2011)

Amy Jade Winehouse (Londres, 14 de setembro de 1983 — Londres, 23 de julho de 2011[1]) foi uma cantora e compositora de soul, jazz e R&B do Reino Unido. Seu primeiro álbum, Frank, lançado em 2003 pela Island Records, foi muito bem recebido, comercial e criticamente, e o segundo, de 2006, Back to Black, deu a ela seis indicações ao Grammy Awards, das quais venceu cinco.

Amy também foi muito conhecida por seus escândalos públicos e pelo uso de drogas. Os problemas de Amy com drogas e álcool foram noticiados pelos meios de comunicação ao redor do mundo desde 2008. Em junho de 2008 o pai de Amy revelou aos jornalistas que ela estava com uma possível arritmia cardíaca por conta do uso abusivo de cocaína e cigarro.[2]

Em 2009, Winehouse garantiu estar se recuperando. Ela já tinha vendido 505 mil cópias de seus dois discos anteriores no Brasil, segundo a revista semanal Veja.

Em 2010, Amy terminou seu tratamento na reabilitação e finalmente parecia ter se libertado das drogas, podendo concentrar-se no seu terceiro disco, esperado para janeiro de 2011, fa(c)to que não ocorreu. No seu último show, em 19 de junho de 2011, em Belgrado, a cantora teve uma atuação em que era visível o seu estado de embriaguez, levando a assobios por parte dos fãs sérvios. Ficou assim provado, que a cantora não se tinha ainda curado do alcoolismo.

No dia 23 de Julho de 2011, foi encontrada morta em sua casa. A polícia disse que a causa de sua morte "ainda não foi explicada

 

 

in Wikipedia

 

 

 

Foto que se encontra actualmente no site oficial da cantora

 

 

 Amy Winehouse - Rehab (on Later Live)

 
 
 

 

 Amy Winehouse - Valerie (live on BBC Sessions)

 
 
 
Amy Winehouse - You Know I'm No Good (live BBC Sessions)  
 
 
 
 
Amy Winehouse - Tenderly (on Later Live)
 

 

publicado por portuga-coruche às 07:27
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

Paula Neves, presa em Tires

Lisboa: Doze vítimas foram ontem reconhecer burlona à PSP

Burlona deixou vítimas entre a vida e a morte

Fazendo-se passar por empresária ou advogada, Paula Neves seduziu, drogou e roubou dezenas de vítimas, de norte a sul do País. No caso dos homens, seduzia-os pela internet e adormecia-os com comprimidos que colocava em bebidas. Depois roubava-os.

  

Por:Magali Pinto

 

Paula Neves está em prisão preventiva na cadeia de Tires. Ontem, posou e sorriu para a objectiva do ‘CM’  (Eu também gostaria de ver o Filipe Barroso a sorrir, eu e a família dele, mas mesmo que quizesse sorrir não pode, não é?)

O excesso de dosagem deixou vítimas amnésicas, algumas entre a vida e a morte. Doze delas foram ontem à tarde reconhecer a burlona à Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa.

"Eu trabalhava num hotel e ela disse que era advogada. Conseguiu convencer-me a almoçarmos juntas. A meio da tarde, deu-me um chá e foi aí que apaguei totalmente. Ela abandonou-me no estacionamento do Almada Forum completamente inconsciente. Só acordei no hospital. O pior foi que lhe dei o código dos cartões de multibanco. Fiquei sem 400 euros", lamentou M.T., uma das duas mulheres que ontem foram à PSP. Paula Neves, de 40 anos, presa preventivamente desde Novembro do ano passado, foi reconhecida pelas vítimas.

B.M., de 45 anos, bombeiro em Alhandra, foi um dos homens seduzidos pela burlona. "Ela disse--me que era uma das gerentes do El Corte Inglés. Era uma pessoa muito agradável. Convidou-me para ir a casa dela e depois deu-me uma bebida. Saímos de casa e a partir daí não me lembro de mais nada. O veneno parou-me. Quando acordei, já não tinha os 600 euros que tinha no cartão e na carteira", contou ao CM a vítima de burla. Hoje [ontem] não tive qualquer problema em reconhecê-la", acrescentou.

O reportório de Paula Neves é vasto. Utilizando vários esquemas, conseguiu roubar homens, mulheres e taxistas e ainda burlar hotéis. Um mês antes de ser detida pela PSP numa pensão em Setúbal, Paula foi a casa de uma idosa e, fazendo-se passar por técnica da Segurança Social, conseguiu roubar--lhe 1700 euros. A mulher, de 79 anos, adoeceu e entrou em coma.

 

 

in Correio da Manhã

 

Vejam mais posts sobre esta burlona (suspeita do assassinato do taxista coruchense Filipe Barroso) aqui no Portuga-Coruche:

 

  • Paula Neves: A mulher das mil identidades

    23 Nov 2010 por portuga-coruche

    [O conto do vigário da 'doutora' burlona Paula Neves criou enredos de filme. Drogou, enganou e]

  • Burlona assassina continua a fazer vítimas

    22 Nov 2010 por portuga-coruche

    [Seduz e rouba chefe da PSP entre quinze novas vítimas Paula Neves atacou de norte a sul até à]

  • Figueira da Foz: Paula Neves continua em liberdade e a fintar a justiça

    11 Nov 2009 por portuga-coruche

    [Ricardo Almeida Filha de uma prostituta, Paula Neves cresceu no Casal Ventoso, Lisboa. Chegou a]

  • Paula tem novo caso

    12 Nov 2009 por portuga-coruche

    [Nuno André Ferreira Paula Neves é suspeita de praticar centenas de burlas em todo o País Viseu: PSP]

  • Burlona faltou a julgamento

    04 Jun 2009 por portuga-coruche

    [Paula Neves, uma mulher de 38 anos suspeita de ter cometido dezenas de burlas por todo o país]

  • Morte de taxista coruchense associada a burlona

    15 Fev 2009 por portuga-coruche

    [ deixar rasto. Ao ver, no CM, a fotografia da burlona Paula Neves, a família acredita tratar-se da mesma]

  • Mais histórias da burlona assassina que continua à solta

    23 Mar 2009 por portuga-coruche

    [ sopas para emagrecer Março 2009 - 00h30 Lagos: Septuagenários enganados pela burlona Paula Neves Drogou]

  • Testemunho de outro taxista burlado

    23 Fev 2009 por portuga-coruche

    [ a própria família", por causa de Paula Neves, a ‘burlona da net’. "Ainda hoje estou a pagar por isso]

  • publicado por portuga-coruche às 07:00
    link do post | comentar | favorito
    Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

    Justiça Chinesa

    Crime de fabrico, transporte e tráfico de metanfetaminas

    China: Dois traficantes de droga condenados à morte

    Um tribunal de Cantão decidiu condenar à morte um chinês e um francês de origem chinesa por produção e tráfico de droga.

      

    Rede de oito elementos que produziu toneladas de metanfetaminas 

     

     

    Chan Thao Phoumy, de 47 anos, nascido em Cantão, e Xie Weiming foram condenados sábado à pena capital pelo fabrico, transporte e tráfico de metanfetaminas. 

    Os dois homens são membros de uma rede de oito elementos que produziu toneladas desta droga sintética, entre 1999 a 2003, nas províncias de Guangdong e Henan.

    Dois outros traficantes do grupo, Li Yunfeng e Xian Jinbai, foram condenados à pena de morte com pena suspensa por dois anos, sanção geralmente comutada em prisão perpétua na China.

    Três outros foram condenados a prisão perpétua e o oitavo membro da  rede a 20 anos de prisão.

    A legislação chinesa é extremamente dura em matéria de produção e tráfico de droga e vários cidadãos estrangeiros foram executados nos últimos meses no país. De recordar um caso ocorrido em Dezembro, aquando da execução de um cidadão britânico, que levou a uma acesa polémica entre Pequim e Londres. Os ingleses argumentaram que o seu cidadão tinha graves problemas psíquicos e pediu clemência, sem sucesso, até ao último momento.  

     

    in Correio da Manhã

     

     

    Se temos um sistema de saúde só comparável ao chinês, se cá, como na China a polícia até fora de serviço nos multa não fosse a multa um esquema de financiamento do estado e um extra para a polícia, se nos tratam como são tratados os chineses e se até as nossas autoridades se comportam como as chinesas, porque não importar também o sistema judicial e começar a tratar os nossos criminosos como são tratados os criminosos na China?  Porque temos de ter só o "mau" e não podemos ter também algo de positivo?

    publicado por portuga-coruche às 07:20
    link do post | comentar | favorito
    Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

    Detido em Almeirim por tráfico de droga e posse de armas

     Um homem de 50 anos foi detido pela GNR na madrugada de terça-feira, dia 22, em Almeirim, por tráfico de droga e posse de armas. Após a detenção os elementos do núcleo de investigação criminal da Guarda efectuaram uma busca à residência do detido onde encontraram e apreenderam 72 doses de cocaína, 100 doses de haxixe, 3750 doses de liamba, uma balança digital, vários utensílios e substâncias utilizadas para corte da cocaína, duas armas de fogo, três armas brancas, munições, 2.584 euros em dinheiro e quatro telemóveis. Foram ainda identificados três pessoas conotadas com o tráfico e consumo de drogas.

     

     

    in O Mirante

    publicado por portuga-coruche às 07:10
    link do post | comentar | favorito
    Segunda-feira, 29 de Março de 2010

    Que nome dariam a drogas "nascidas" em Portugal?

    Ketamina. A nova droga das festas é um anestésico para cavalos

    Dois jovens britânicos morreram esta semana por consumirem "miau miau". Por cá o que está a dar é "Special K", mas a PSP desconhece

     

     

    por Clara Silva
    Os frascos de ketamina vendem-se com receita em veterinários ou ilicitamente na internet. O líquido aquecido na frigideira ou no microondas transforma-se em pó

    dora nogueira

     

     

    Tiago, um estudante de 23 anos, nunca se esquecerá do jantar em casa de um amigo que  se transformou na festa mais caótica da sua vida.

     

    Depois do arroz chau-chau, a sobremesa veio numa bandeja e foi cozinhada à sua frente: ketamina, um líquido transparente usado como sedativo de cavalos. "Um amigo tinha arranjado o frasco num veterinário e cozinhou o líquido numa frigideira até ficar em pó", conta Tiago, que já tinha experimentado o fármaco como droga recreativa em festas de música electrónica.

    Quando a ketamina ficou pronta a ser inalada, foi servida numa bandeja às cerca de 20 pessoas da festa, todas entre os 18 e os 25 anos. "A maior parte nunca tinha experimentado, nem sequer sabia que aquilo existia", recorda. "Mas este amigo conseguiu convencer toda a gente a consumir." Cinco minutos depois, o tempo que a ketamina demora a fazer efeito por via nasal, muita gente cambaleava pelo corredor do andar das Avenidas Novas, em Lisboa, e entornava cervejas sem querer. "O efeito é como se fosse uma bebedeira psicadélica", diz Tiago, "em doses médias ou altas sentimo-nos descoordenados, andamos em câmara lenta e ouvimos sons distorcidos. É uma viagem num túnel um bocado estranho."

    Entre amigos, Tiago refere-se à ketamina como catamina, cata, catarina ou até cavalo. "Oh Catarina, vais dar na catamina?", brinca, como costuma fazer com a namorada de um amigo, também ela consumidora habitual. Em Inglaterra e nos Estados Unidos, a droga ganhou vários nomes, entre eles o de cereais e chocolates: K, Special K, Kit-Kat ou vitamina K.

    Na festa chamavam-lhe cata e os efeitos foram sentidos por todos. "A droga que é vendida na rua leva um corte qualquer com Aspegics e outros pós. Esta foi cozinhada ali mesmo, vinha pura e, por isso, era muito forte", conta Tiago. Não se lembra de muitas partes da noite, até porque a ketamina faz com que o "cérebro fique muito desorganizado e desassociado do corpo". Mas de um episódio não se esqueceu: "Quando abri a porta de um quarto muito pequeno, estavam 20 pessoas a dançar a 'Lambada' em cima da cama e da secretária. O meu amigo tinha a bandeja numa mão e um cartão para fazer riscos na outra. Foi o caos."

    Ketamina vs. miau-miau

    Em pequenas quantidades, a ketamina tem um efeito estimulante como o ecstasy e a cocaína. É cada vez mais procurada em discotecas. Segundo o relatório publicado em Fevereiro pelo Órgão Internacional de Controlo de Estupefacientes (OICE), o tráfico de ketamina está a crescer na Europa, principalmente em Espanha e Inglaterra. Em Portugal não há dados oficiais, mas segundo Paula Andrade, do Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT), "há dois anos tivemos registos de consumo". Ao contrário do "miau-miau", um fertilisante de plantas que matou esta semana dois jovens britânicos e encheu capas de jornais: "Não sabemos de nenhuma ocorrência de consumo de miau-miau nem tivemos pedidos de ajuda de nenhum hospital." Quanto à ketamina, o IDT distribuiu em 2008 postais gratuitos com informações sobre os efeitos da substância, mas o consumo ainda não tem "relevância estatística".

    A droga de Madonna

    Na última década, o consumo deste químico triplicou no Reino Unido, tornando-se muito popular junto das classes altas. Não que a droga seja cara e glamourosa, ou não fosse um tranquilizante muito usado em cavalos e também em pessoas com dores agudas. Um grama custa entre 15 e 20 euros, menos de metade do preço da cocaína, mas os seus efeitos são mais pesados.

    Em 1998, Madonna confessou à revista "Q" que não percebia porque é que nas discotecas britânicas ainda preferiam consumir ecstasy: "A ketamina é a grande droga aqui [nos EUA]. É como se nadasses para fora do teu corpo sem saber se vais acordar de manhã." Na mesma entrevista, revelou também que o seu álbum "Ray of Light" soaria melhor sob o efeito de drogas.

    Em 2006, o consumo de ketamina já era tão preocupante no país, que o governo britânico ilegalizou a substância e a sua posse passou a ser punida com dois anos de prisão. Em Portugal "só pode ser vendida com receita médica", explica Paula Andrade, do IDT. Fora isso, não há legislação adicional.

    Special K

    Joana, 22 anos, estudou dois anos em Londres e foi lá que experimentou a "Special K" com amigos da faculdade. "Devo ter consumido dez vezes no tempo em que lá estive", faz as contas, "mas sempre em doses muito pequenas". Em Portugal nunca mais consumiu, até porque está a acabar o mestrado e tem de "andar mais calminha". "Nunca achei divertido, mas tomava de vez em quando para dançar em festas dubstep [um tipo de música electrónica]."

    Há pouco tempo, um amigo dela caiu no "K-Hole", um estado de inconsciência profunda alcançado pelo consumo de grandes quantidades de ketamina, também retratado na música "Special K" dos Placebo. "Foi apanhado pela polícia inglesa e tiraram-lhe a carta de condução. Agora vive com os pais e está a recuperar do vício psicológico."

    A droga do Vietname

    Lucindo Ormonde, director do serviço de anestesiologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, considera a ketamina "o fármaco ideal num cenário de catástrofe". A substância, desenvolvida em 1962 como um anestésico dissociativo (que separa a mente do corpo), foi muito usada na guerra do Vietname, antes de ser usada para fins veterinários. "Injectada intra-muscularmente tira as dores de imediato e provoca inconsciência sem retirar a capacidade respiratória", explica. Na anestesia, a ketamina "estava praticamente abandonada", mas nos últimos está a "ressurgir em força com novas aplicações e muito bons resultados, principalmente a nível pós-operatório", afirma o anestesiólogo. Os efeitos anestésicos e analgésicos da ketamina duram cerca de uma hora, dependendo da dose administrada. "É utilizada como sedativo em crianças e adultos para controlar dores crónicas e agudas."

    Inalada como droga alucinogénia pode conduzir a "problemas físicos e mentais profundos", explica o médico. Alucinações, alterações de visão, falta de ar, amnésia, dificuldade em controlar os movimentos fazem parte da lista. "O consumo inapropriado deste fármaco misturado com álcool pode também causar overdose."

    No hospital, não tem conhecimento do desaparecimento de frascos de ketamina para venda ilícita: "Mas estas coisas não acontecem nos hospitais. O mercado negro é que deve andar fluorescente com isso."

    Tráfico em Portugal

    O relatório anual do OICE refere a multiplicação de sites de venda ilícita de ketamina, sobretudo na Ásia, onde os maiores consumidores têm entre 14 e 25 anos. Em Portugal, segundo o gabinete de imprensa da PSP, "não está registada qualquer apreensão da droga e a PSP desconhece a sua utilização". A verdade é que existe.

    "É mais difícil de arranjar do que MD [ecstasy] ou coca", diz Diogo, 24 anos, baterista. "Mas arranja-se. Tinha de percorrer muitos contactos e falar com muitas pessoas com antecedência se quisesse para uma festa." A primeira vez que consumiu foi em casa, num jogo de poker entre amigos. "Um deles tinha. Dei um risco mas não bateu. Depois alguém entornou no tapete de poker e tivemos de cheirar até aquilo sair", conta. "Quis levantar-me mas já não consegui, não sentia as pernas nem os braços, aquilo é um bocado delirante."

    Ao todo, Diogo consumiu ketamina três vezes, duas delas em festas trance. Tiago também experimentou pela primeira vez numa festa ao ar livre há 3 anos. "Estava com um amigo que na altura traficava e tinha bastantes gramas para vender", recorda. "Foi a droga que consumimos mais, mas também misturámos MD, speed e ácido... um grande cocktail químico."



    Os nomes usados nesta reportagem são fictícios

     

     

    in iOnline

     

     

    Já estou a ver alguns nomes de drogas que surgissem em Portugal:

     

    Salazar - Altamente viciante, passando inclusivamente de pais para filhos
    Socrates - Porque tomando um gajo troca-se todo
    JSF - Vulgo José Sá Fernandes - Tomas esta droga e embargas tudo. Lá em casa será o caos: Microondas com fitinha; WC com a porta pregada e a culpa será de toda a gente lá de casa. Cambada de capitalistas. Dizer "M3rd@" passa a parecer-te chique.
    Pastel de Belém - Droga com uma acção muito boa durante o enfeito,  depois surgem as complicações como a Diabetes.

     

    Só mais uma notinha: andam os pais a mandar as filhinhas para Londres, muitas vezes com empréstimos bancários e hipotecas para depois as meninas se meterem nesta "rouleta russa" que são as drogas psicadélicas e quimicas que às vezes são "bilhete sem retorno" ....

    publicado por portuga-coruche às 08:00
    link do post | comentar | favorito
    Domingo, 24 de Janeiro de 2010

    Coruche – Detido suspeito de tráfico de droga

    O Núcleo de Investigação Criminal de Coruche deteve, na tarde do dia 21, um homem de 39 anos por suspeita de tráfico de estupefacientes.

    A detenção ocorreu em flagrante delito. O indivíduo foi visto a comercializar droga, tendo sido de imediato abordado e detido. Na sua posse tinha 33,6 doses de heroína e €110,29.

    Foi identificado um consumidor, de 31 anos, com 2,4 doses de heroína.

    Posteriormente foi efectuada uma busca à residência do detido onde foram encontradas mais 7,5 doses de haxixe.

    Fonte: GNR

     

    in Portal Segurança

    publicado por portuga-coruche às 12:44
    link do post | comentar | favorito
    Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

    Bora lá organizar umas excursões à Republica Checa?

    Cidadão checos autorizados a possuir droga

     

    O governo checo anunciou segunda-feira a decisão de autorizar a posse de pequenas quantidades de droga até 1,5 gramas de heroína, um grama de cocaína ou 15 gramas de marijuana.

    O novo regulamento apresentado pela ministra da Justiça Daniela Kovarova autoriza também a posse de cinco gramas de haxixe e de cinco doses de LSD sob forma nomeadamente de comprimidos, cápsulas ou cristais.

    Até agora, a lei autorizava a posse de uma "pequena quantidade de droga, sem especificar.

    Há 15 dias, o governo checo autorizou as pessoas a plantarem até cinco pés de cânhamo indiano, de coca ou de cactos com mescalina, e a possuir até 40 cogumelos alucinogénios.

    Para lutar contra o doping no desporto, o governo decidiu autorizar a posse de apenas uma dose de um tipo de anabolizantes.

     

     

    in JN

     

    Posto isto, o que acham de se organizar umas excursões "temáticas", tipo:

     

    10 Janeiro: Excursão da Coca. Uma visita diferente

                    No fim é sorteada uma estadia numa clínica de reabilitação, com tudo pago

     

     

    12 Fevereiro: Excursão Cannabis (Partida de Marrocos com direito a fumar cannabis no voo)

                       Oferta de manual de enrolar charros e 200 livros de mortalhas

     

     

    03 Março: Excursão LSD e Cogumelos - Ambientre controlado num pavilhão gigante nos arredores de Praga. Seguro especial para "danos colaterais" no caso de ocorrer um dos raros casos de loucura ficará instalado num luxuoso Hospital Psiquiátrico

     

                

     

    Abril - Estaremos encerrados para fazer um ponto da situação, procurar eventuais excursionistas que não tenham voltado e visitar clínicas. Aproveitamos para ver onde se encontra a melhor oferta de eventuais produtos.

     

    Maio - Em Maio, caso já tenhamos voltado (significa que encontramos o caminho de volta), faremos novo calendário

     

     ATENÇÃO:

    Enviaram-me um e-mail a dizer que as drogas podem ser prejudiciais para a saúde. Agora que olho para trás. Parecia ser bom demais para ser verdade!

    Segundo parece causam dependência e estão associados a vários problemas físicos, mentais e até sociais, assim como de alguma degradação física e mental, criam dependência e induzem estados anti-sociais e podem até provocar a loucura ou a morte, Fonix!!!!!!!! quem não se mete em drogas sei eu quem é! Nem acabei de ler o e-mail. Peço desculpa mas já não quero ir mais à Republica Checa.

    publicado por portuga-coruche às 11:59
    link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
    Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

    Morte de taxista coruchense associada a burlona

    Montijo: Taxista foi abandonado no hospital

    Homem fica sem quatro mil euros

    Em Junho do ano passado o taxista Filipe Barroso, 67 anos, foi drogado e roubado no Montijo por uma mulher que fugiu sem deixar rasto. Ao ver, no CM, a fotografia da burlona Paula Neves, a família acredita tratar-se da mesma pessoa. Filipe Barroso faleceu há cerca de um mês, sem nunca ter recuperado plenamente das mazelas sofridas no ataque.

    Eram 08h15 de 14 de Junho de 2008 quando uma mulher entrou no café da família, em Coruche. Bem vestida, disse que era juíza, pediu um café e sentou-se na esplanada. No local encontrava-se apenas a mulher da vítima.

    Pouco depois dirigiu-se à praça de táxis onde se encontrava Filipe Barroso e pediu-lhe para a levar a Santarém. Já nesta cidade, disse ao taxista para a levar ao Barreiro, passando primeiro pelo Fórum Montijo. Pelo caminho, com uma simpatia ardilosa, a burlona ganhou a confiança do homem.

    Foi por isso que, à chegada ao Montijo, pelas 11h00, o taxista aceitou um sumo oferecido pela falsa juíza para tomar os seus comprimidos. A bebida estava drogada e partir daí o taxista não se lembra do que aconteceu. A conjugação do produto que se encontrava na bebida e os medicamentos provocaram uma reacção inesperada, pelo que a burlona acabou por levar a vítima ao hospital do Montijo. Não se demorou muito no local, fugindo com a pasta da vítima, que tinha quatro mil euros, os documentos e a chave do carro.

    "Pelas notícias que temos vindo a ler sobre a Paula Neves temos quase a certeza de que se trata da mesma mulher que roubou o meu pai", disse ao CM o filho da vítima, que pediu anonimato.

    SEM DADOS SOBRE PROCESSO

    "Quando chegámos ao hospital do Montijo o meu pai não me reconheceu a mim nem à minha irmã. Estava branco e completamente desorientado, não sabia onde estava nem se lembrava de como tinha ido ali parar", afirmou ao CM o filho de Filipe Barroso.

    Foi um médico que os informou de que o pai tinha sido drogado. De imediato, apresentaram queixa na PSP, que fez peritagens na viatura e nas garrafas de sumo, entretanto recuperadas. O Fórum Montijo facilitou imagens de videovigilância onde se vê a burlona. No entanto, até ao momento, a família não foi informada sobre a evolução do processo.

    Taxista há 30 anos, a partir daquele dia Filipe Barroso "nunca mais foi o mesmo" nem recuperou plenamente.

    O seu estado de saúde agravou--se, sucumbindo a um AVC no dia 8 de Janeiro.

     

    João Nuno Pepino / Antunes de Oliveira
     
    In Correio da Manhã

     

    Afigura-se uma situaçãp com GHB (conhecida como "a droga da violação, pois tem sido usada por violdores) ou uma droga de enfeito semelhante.

    Eis um artigo da Wikipedia sobre ela:

    O gama-hidroxibutirato (GHB) surgiu no início da década de 1990 do século XX como uma droga de abuso. Foi sintetizada como análogo do ácido gama-aminobutírico GABA, como o objetivo de se conseguir uma substância similar, capaz de atravessar a barreira hemato-encefálica. Foi investigado como agente anestésico, porém devido aos seus efeitos colaterais (contrações musculares involuntárias e delírio) foi abandonado. Posteriormente foi usado como estimulador do crescimento muscular, efeito que não foi comprovado cientificamente. Por causar diminuição do nível de consciência, depressão respiratória e convulsões, foi banido pelo FDA americano (United States Food and Drug Administration). Como medicamento, que em raros casos ainda são utilizados para o tratamento de distúrbio do sono e epilepsia no Brasil, tem seu uso controlado, sendo a importação do medicamento regumentada pelos controles da ANVISA. Como droga é produzido ilícitamente e permanece sendo frequentemente usado, quer individualmente "Droga" ou por terceiros como "Droga do Estupro" e "Boa Noite Cinderela". Casos de morte tem sido descritos tanto no uso individual como droga e também no uso para a prática de crimes de estupro e furtos.

     

    in Wikipedia

     

    publicado por portuga-coruche às 19:23
    link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

    .Citações Diárias

    .Visitantes On-line

    .Total de Visitas


    Consultar Estatisticas

    .Janeiro 2016

    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab
    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20
    21
    22
    23
    24
    26
    27
    28
    29
    30
    31

    .posts recentes

    . Amy Jade Winehouse (14/09...

    . Paula Neves, presa em Tir...

    . Justiça Chinesa

    . Detido em Almeirim por tr...

    . Que nome dariam a drogas ...

    . Coruche – Detido suspeito...

    . Bora lá organizar umas ex...

    . Morte de taxista coruchen...

    .últ. comentários

    Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
    Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
    Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
    Ė e nāo e pouco....
    Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
    Por ser nutricionista e' que fala assim...
    http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
    essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
    Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
    VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

    .arquivos

    . Janeiro 2016

    . Setembro 2015

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Maio 2009

    . Abril 2009

    . Março 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    .tags

    . abel matos santos

    . acidente

    . água

    . águas do ribatejo

    . almeirim

    . apanhados

    . aquecimento global

    . assalto

    . autarquia

    . benavente

    . biscainho

    . blogosfera

    . bombeiros

    . burla

    . câmara municipal de coruche

    . carina

    . cdu

    . china

    . ciência

    . cigana

    . ciganos

    . clima

    . climategate

    . cobre

    . comboio

    . copenhaga

    . cortiça

    . coruche

    . couço

    . cp

    . crianças

    . crime

    . criminalidade

    . crise

    . dai

    . david megre

    . desaparecida

    . desaparecidos

    . desemprego

    . desporto

    . dionísio mendes

    . dívida

    . douro

    . droga

    . economia

    . edp

    . educação

    . emigração

    . emprego

    . energia

    . ensino

    . escola

    . espanha

    . etnia

    . fajarda

    . faleceu

    . fascismo

    . festas

    . finanças

    . fmi

    . fome

    . gnr

    . humor

    . imperialismo

    . impostos

    . insólito

    . internet

    . ipcc

    . justiça

    . ladrões

    . lamarosa

    . meteorologia

    . mic

    . miccoruche

    . morte

    . música

    . phil jones

    . pobreza

    . política

    . pontes

    . procura-se

    . racismo

    . roubo

    . santarém

    . saúde

    . segurança

    . sociedade

    . sub

    . tempo

    . ticmais

    . toiros

    . tourada

    . touros

    . trabalho

    . tráfico

    . tribunais

    . video

    . videos

    . violência

    . xenofobia

    . todas as tags

    .links

    .Enviem Notícias e Comentários

    CONTACTO

    greenbit@sapo.pt

    .pesquisar

     

    .Outro Contador

    blogs SAPO

    .subscrever feeds