Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012

Deputados insultados no Parlamento e nas ruas

Insultos e ameaças refletem aumento de tensão social. Deputados já a sentem fora e dentro do  Parlamento.

O semanário "Sol" escreve que o protesto de um grupo de empresários do sector da restauração nas galerias da Assembleia da República, na quarta-feira, é o episódio mais recente da contestação que tem afetado os deputados nas últimas semanas. Mas a contestação já passou a barreira dos insultos e os limites do Parlamento.


Um dos casos mais graves aconteceu com Duarte Pacheco, do PSD, à saída da Assembleia da República, no dia em que Vítor Gaspar entregava o Orçamento do Estado. Com centenas de manifestantes a cercarem o Parlamento, o deputado viu o seu carro oficial ser atacado a murro e  a pontapé quando tentava sair da garagem.


No dia-a-dia, também alguns deputados já começaram a ser contestados e ameaçados. O eurodeputado Paulo Rangel, por exemplo, saiu do seu veículo para auxiliar uma senhora que tinha acabado de  chocar com outro condutor e os curiosos que se juntaram à volta, quando o reconheceram,  começaram a insultá-lo, tendo sido chamada a polícia para evitar o agravamento da situação.

 

in DN "Revista de Imprensa" 

 

Alguns Comentários que, a meu ver, merecem destaque:

 

jpaixao - 26.10.2012/12:33

há dias nas Amoreiras, impane, passava o filho de Menezes, esse profissionalão da AR, não resisti: Imberbe de *** vai trabalhar, aprende a trabalhar e só depois chulas. Chuleco de ***...não resisti. Fui paludido por quem passava ao lado...o pequeno traste apressou o passe e lá foi para a escada rolante. Por mim é só vê-los: ando cá com uma esperança que ainda vou apanhar o Amorim, a esse dou-lhe um estalo nas trombas. Carlos as minhas mãos exigem!


Testemunha Ocular - 26.10.2012/12:26
Aqui há dias o Francisco Assis estava no Canas de Campo de Ourique. Estava numa mesa não imediatamente ao meu lado, mas de frente para ele. Ao lado dele estava um casal. A páginas tantas o homem diz em voz projectada ao empregado : "é possível mudar de mesa? Não consigo  acabar a refeição com este traste aqui ao lado". eheheh Tudo a rir-se. Foi tema de conversa o resto do jantar em todas as mesas. O Assis fez de conta, claro, mas ouviu tudinho e ficou  vermelho.

 

josé pinto - 26.10.2012/12:25
Vai sair caro ao estado a contratação de tantos guarda-costas para proteger todos estes gatunos e suas famílias da revolta do Povo.Eles não dão descanso ao Povo, mas também não irão ter descanso.


O pior está para vir - 26.10.2012/11:40
Com o que ganham com todas as mordomias que têm com a reforma ao fim de doze anos e com o subsidio de integração são demasiado bem pagos para a mherda que fazem. Não foram eleitos para controlar a acção dos sucessivos governos? O que fizeram? Peixeiradas politicas entre eles? Já Paulo Morais escreve para quer ler que a AR é um autêntico "Escritório de Representações" sem que PR, o PGR e a PAR façam seja o que fôr. Foram eleitos pelo povo para servir os interesses do povo mas só defendem os interesses deles e do partido. Cambada de xulos, corruptos e parasitas.


Isto... - 26.10.2012/11:37
... é só o começo ! E não são apenas os dos partidos que estão no poder. Os outros também. Uns desgovernaram e outros governaram-se. Tenho muito receio pelo que possa acontecer dentro de pouco, a miséria está instalada para uns, enquanto outros vivem de benesses em que governantes não tocam... Proteção mútua. E o sistema judicial está envolvido nesta teia...

 

Luis Alves - 26.10.2012/11:35
Os "politicos" nao dizem que o povo tem sempre razao? Andam a semear ventos, e nao e a austeridade, e agora colhem tempestades.Se fosse politico, livra!, ja tinha feito uma cooperativa e comprado um aviao.Cooperantes nao faltam......

 

Quem com ferro mata .... - 26.10.2012/11:29
Este governo e os seus deputados enxovalham todos dias os portugueses por isso não se admirem dos portugueses lhes pagarem na mesma moeda ...

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

Deputados não representam os eleitores

Deputados estão "domesticados" e obedecem a "diretórios políticos"

O constitucionalista Jorge Miranda, que foi deputado à Assembleia Constituinte, afirmou esta quinta-feira que os deputados estão hoje "totalmente domesticados" e obedecem aos "diretórios políticos".

 

foto Luís Manuel Neves/Global Imagens
 

"Eu nunca recebi nenhuma instrução, os grupos parlamentares funcionavam (na Assembleia Constituinte) com inteira liberdade. Ao contrário do que hoje acontece, em que os deputados estão sujeitos a ordens e instruções vindas dos diretórios políticos", afirmou.

 

Jorge Miranda intervinha como conferencista nas II Jornadas de Ciência Política do ISCTE-IUL, Lisboa, sobre a Assembleia Constituinte e a Constituição
da República Portuguesa.

 

"Na Assembleia Constituinte não havia nenhuma interferência da Comissão Política (do seu partido, PPD). Nós reuníamos durante o dia para decidir como íamos deliberar nas votações do dia seguinte", disse.

 

O antigo deputado afirmou que a "falta de liberdade" dos deputados "é um problema fundamental a considerar, muito preocupante" que coloca "o problema da democracia representativa".

 

"Os deputados são eleitos por milhões de cidadãos, os dirigentes partidários são eleitos por 10 mil ou 20 mil, 30 mil militantes do partido", assinalou.

Por outro lado, observou, "enquanto as eleições parlamentares dão todas as garantias e tem controlo jurisdicional, nas eleições dos partidos a  democraticidade nem sempre está totalmente assegurada".

 

"E depois são esses eleitos por sufrágio dos militantes que vão determinar o voto dos deputados", disse.

 

A tentativa dos diretórios políticos para condicionar as decisões dos grupos parlamentares, defendeu, "começou a verificar-se em 1976 na véspera da votação da Constituição de 1976" quando "o dr. Sá Carneiro (então líder do PPD) propôs ao grupo parlamentar que se abstivesse".

 

"Nós dissemos que íamos votar a favor", afirmou o antigo deputado.

 

Hoje, considerou, "os deputados agora estão totalmente domesticados, obedecem aos ditames dos diretórios partidários".

 

"Por vezes há declarações de voto que até vão em sentido contrário do que se votou, até não sei se esse voto não deveria ser anulado", sugeriu.

 

(Artigo parcial)

 

in Jornal Notícias

 

É por isso que muito do que existe em termos legais está feito para agradar a essa clientela que acabou por formatar o país à sua concepção.

Não é o povo que manda no país e por isso não é o povo que sai beneficiado com os programas e reformas do ensino, saúde, emprego, propriedade, comercial, etc...

Neste momento e constatando-se que a disciplina partidária é regra de todos os partidos, porque não se mantêm a assembleia com apenas um representante de cada partido e depois este votava de acordo com a percentagem conseguida de votos? Temos que manter toda uma cambada de carneiros clones da vontade dos seus partidos?

A lei dos partidos também é outra tentativa de limitar o acesso à assembleia e perpetuar os partidos que lá estão. Se é necessário cada vez mais assinaturas para o surgimento de um partido e depois ainda menos lugares na assembleia serão designados para as novas correntes de opinião e representatividade, vemos goradas as hipóteses de uma nova corrente, com novas ideias e novas direcções, surgir em Portugal. Cada um dos partidos chegou à conclusão que as suas ideias são as mais certas, não são necessárias outras, eles são os auto proclamados idiotas e o espaço que ocupam está mais que garantido!

publicado por portuga-coruche às 07:07
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

OLHEM SÓ ONDE NÓS ESTAMOS METIDOS !!!!

 

http://www.lepoint2.com/sons/pdf/Etude-Hauts-Fonctionnaires-Europeens.pdf

Escândalo na UE  

Noruegueses, Finlandeses, Suecos, Franceses,....Portugueses!, todos a denunciar! e a exigir HONESTIDADE

 

Já reparou? Os políticos europeus estão a lutar como loucos para entrar na administração da UE! E por quê?

 

Leia  o que segue, pense bem e converse com os amigos. Envie isto para os europeus que conheça! Simplesmente, escandaloso.

 

Foi aprovada a aposentadoria aos 50 anos com 9.000 euros por mês para os funcionários da EU!!!. Este ano, 340 agentes partem para a reforma antecipada aos 50 anos com uma pensão de 9.000 euros por mês.

 

Sim, leu correctamente!

 

Para facilitar a integração de novos funcionários dos novos Estados-Membros da UE (Polónia, Malta, países da Europa Oriental ...), os funcionários dos países membros antigos (Bélgica, França, Alemanha

..) receberão da Europa uma prenda de ouro para se aposentar.

 

Porquê e quem paga isto?

 

Você e eu estamos a trabalhar ou trabalhámos para uma pensão de miséria, enquanto que aqueles que votam as leis se atribuem presentes de ouro. A diferença tornou-se muito grande entre o povo e os "Deuses do Olimpo!"

 

Devemos reagir por todos os meios começando por divulgar  esta mensagem para todos os europeus. É uma verdadeira Mafia a destes Altos Funcionários da União Europeia ....

 

Os tecnocratas europeus usufruem de verdadeiras reformas de nababos ... Mesmo os deputados nacionais que, no entanto, beneficiam do "Rolls" dos regimes especiais, não recebem um terço daquilo que eles embolsam.

 

Vejamos! Giovanni Buttarelli, que ocupa o cargo de Supervisor Adjunto da Protecção de Dados, adquire depois de apenas 1 ano e 11 meses de serviço (em Novembro 2010), uma reforma de 1 515 ? / mês. O equivalente daquilo que recebe em média, um assalariado francês do sector privado após uma carreira completa (40 anos)..

 

O seu colega, Peter Hustinx acaba de ver o seu contrato de cinco anos renovado.  Após 10 anos, ele terá direito a cerca de ? 9 000 de pensão por mês.

 

É simples, ninguém lhes pede contas e eles decidiram aproveitar ao máximo. É como se para a sua reforma, lhes fosse passado um cheque em branco.

 

Além disso, muitos outros tecnocratas gozam desse privilégio:

 

1. Roger Grass, Secretário do Tribunal Europeu de Justiça, receberá ?

12 500 por mês de pensão.

 

2. Pernilla Lindh, o juiz do Tribunal de Primeira Instância, ? 12 900 por mês.

 

3. Damaso Ruiz-Jarabo Colomer, advogado-geral, 14 000 ? / mês.

 

Para eles, é o jackpot. No cargo desde meados dos anos 1990, têm a certeza de validar uma carreira completa e, portanto, de obter o

máximo: 70% do último salário. É difícil de acreditar ... Não só as suas pensões atingem os limites, mas basta-lhes apenas 15 anos e meio para validar uma carreira completa, enquanto para você, como para mim, é preciso matar-se com trabalho durante 40 anos, e em breve 41 anos.

 

Confrontados com o colapso dos nossos sistemas de pensões, os tecnocratas de Bruxelas recomendam o alongamento das carreiras: 37,5 anos, 40 anos, 41 anos (em 2012), 42 anos  (em 2020), etc. Mas para eles, não há problema, a taxa plena é 15,5 anos... De quem estamos falando?

 

Originalmente, estas reformas de nababos eram reservadas para os membros da Comissão Europeia e, ao longo dos anos, têm também sido concedida a outros funcionários. Agora eles já são um exército inteiro a beneficiar delas:: juízes, magistrados, secretários, supervisores, mediadores, etc.

 

Mas o pior ainda, neste caso, é que eles nem sequer descontam para a sua grande reforma. Nem um cêntimo de euro, tudo é à custa do contribuinte ... Nós, contribuímos toda a nossa vida e, ao menor atraso no pagamento, é a sanção: avisos, multas, etc. Sem a mínima piedade. Eles, isentaram-se totalmente disso. Parece que se está a delirar!

 

Esteja ciente, que até mesmo os juízes do Tribunal de Contas Europeu que, portanto, é suposto « verificarem se as despesas da UE são legais, feitas pelo menor custo e para o fim a que são destinadas », beneficiam do sistema e não pagam as quotas. E que dizer de todos os tecnocratas que não perdem nenhuma oportunidade de armarem em «gendarmes de Bruxelas» e continuam a dar lições de ortodoxia fiscal, quando têm ambas as mãos, até os cotovelos, no pote da compota?

 

Numa altura em que o futuro das nossas pensões está seriamente comprometido pela violência da crise económica e da brutalidade do choque demográfico, os funcionários europeus beneficiam, à nossa custa, da pensão de 12 500 a 14 000 ? / mês após somente 15 anos de carreira, mesmo sem pagarem quotizações... É uma pura provocação!

 

O objectivo é alertar todos os cidadãos dos Estados-Membros da União Europeia. Juntos, podemos criar uma verdadeira onda de pressão.

 

Não há dúvida de que os tecnocratas europeus continuam a gozar à nossa custa e com total impunidade, essas pensões. Nós temos que levá-los a colocar os pés na terra.

 

«Sauvegarde Retraites» realizou um estudo rigoroso e muito documentado que prova por  "A + B" a dimensão do escândalo. Já foi aproveitado pelos media.

 

in 1.000.000 na Av. da Liberdade pela Demissão de toda a Classe Política Portuguesa (Grupo do Facebook)

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:05
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Deputados insultados no P...

. Deputados não representam...

. OLHEM SÓ ONDE NÓS ESTAMOS...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds