Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

Câmaras em conflito com a CP por causa da ligação entre Setil e Coruche

Autarcas de Coruche, Salvaterra e Cartaxo irritados por terem sido reveladas dívidas 
 

 

O serviço ferroviário entre Coruche e Setil foi reactivado em Setembro do ano passado e as autarquias comprometeram-se, entre outras coisas, a pagar 50 por cento dos prejuízos da exploração.

 

As câmaras municipais de Coruche, Salvaterra de Magos e Cartaxo solicitaram uma reunião urgente com o Conselho de Administração da CP, que pretendem que se realize em Agosto, para discutir questões relacionadas com o protocolo que assinaram com a empresa de transporte ferroviário em Julho do ano passado, relativo à reabertura da circulação ferroviária entre Setil e Coruche.

 

A reunião foi solicitada na sequência de uma notícia inserida na edição de dia 4 no Jornal Público em que é dito pelo presidente da CP, José Benoliel, que as autarquias não estão a cumprir o referido protocolo, nomeadamente o pagamento da parte que lhes cabe dos prejuízos.

 

Numa nota enviada à comunicação social os três municípios dizem que “realizaram, desde o início da reabertura da linha, todos os esforços de divulgação e promoção deste transporte junto das populações dos seus concelhos” e informam que para além da reunião que pretendem ter com a CP, vão também solicitar uma reunião com o secretário de Estado dos Transportes, Dr. Correia da Fonseca, “com vista a analisar os critérios definidos no protocolo e a observância pelas várias entidades das suas responsabilidades na execução deste protocolo e deste serviço público”

 

Segundo o Público, “a reactivação do serviço ferroviário para Coruche, em Setembro do ano passado, já acumulou desde então prejuízos de 296 mil euros que deveriam ser repartidos entre a CP e os municípios” Na mesma notícia é dito que “a dívida dos municípios - que se comprometeram a assegurar ligações rodoviárias gratuitas da sede do concelho às estações - ascende a 148 mil euros, cabendo cerca de 5000 euros mensais a cada um. Segundo a CP, foram transportados entre Setembro de 2009 e Junho deste ano 34.419 passageiros, o que dá uma média inferior a 20 passageiros por comboio, um valor que se adapta mais a um serviço em autocarro do que ferroviário.”

 

A divulgação daqueles dados pelo presidente da CP desagradou aos presidentes das câmaras que lembram, na nota de imprensa que “o dever de confidencialidade a que as partes se obrigaram a celebrar o protocolo”. Os autarcas reafirmam que “é determinante a importância do transporte ferroviário como transporte económico e ecologicamente vantajoso e que permite uma maior mobilidade, diminuindo as assimetrias e encurtando as distâncias entre o interior e Lisboa”.

 

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 07:20
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Março de 2010

Consumidores de água devem mais de 213 mil euros à Câmara de Coruche

A dívida de particulares e empresas do concelho de Coruche relativas a facturas de água à autarquia ascende a mais de 213 mil euros. A situação a agravou-se desde 1993 nos mandatos da CDU e com o executivo PS nos últimos anos aumentou de forma exponencial.

 

 

Em oito anos a dívida detectada em 2002 cresceu sete vezes, de 30 mil euros para mais de 213 mil euros até 23 Dezembro de 2009. Em Março de 2006 crescera para os 90 mil euros para, quase quatro anos depois, se cifrar em mais de 213 mil euros.

 

 

O caso foi debatido na assembleia municipal de Coruche de sexta-feira e o assunto introduzido pelo deputado da CDU, Armando Rodrigues, que face àqueles números acusou o executivo socialista presidido por Dionísio Mendes de apenas ter querido denegrir os mandatos da CDU quando em 2002 conquistou a câmara e abordou o assunto das dívidas da água, então de 30 mil euros.

 

 

“Fez-se um inquérito aos serviços e concluiu-se que as dívidas estavam escondidas dentro de uma gaveta de que se deu conta em câmara em assembleia municipal de 2003. Em Março de 2006 resolveram fazer uma avença com um advogado para tratar da execução fiscal das dívidas, que já ascendiam a mais de 90 mil euros. Isto só prova que tudo foi uma calúnia para denegrir os mandatos CDU em 2002”, acusou o deputado comunista.

 

 

Na resposta ao eleito da CDU, Dionísio Mendes (PS), reconheceu o montante da dívida mas diz que o processo continua a decorrer e que foram notificados todos os devedores para se tentar arrecadar o dinheiro em falta. “O aumento da dívida tem a ver com novos consumidores. Muitos não instalaram contadores e continuam a servir-se da rede pública e grande percentagem desses estão concentrados em seis pontos do concelho”, afirmou o autarca.

 

 

O certo é que desde 2002 que a dívida de facturas de água têm crescido de forma galopante. Na reunião de câmara de 4 de Março de 2003 decidia-se prescrever os processos nessa situação e citar os restantes devedores ao pagamento, avançando com execuções fiscais. Dava-se prioridade aos processos de dívida acima dos 100 euros, que representavam, cerca de 20 por cento do total, para que não se tornassem incobráveis e afirmava-se mesmo que seria dada ordem para corte de águas dos locais em caso de incumprimento.

 

 

Três anos mais tarde, na reunião de câmara de 1 de Março de 2006, voltavam a referenciar-se os mesmos procedimentos. Mas a dívida já ia nos 90.328,67 euros e, desta feita, privilegiava-se as dívidas acima dos 50 euros. Seriam também prescritos os processos anteriores a 2006.

 

in O Mirante

 

Já lá vai o tempo em que com 100 contos dava para encher a Barragem de Montargil!

Irra onde é que se gastou tanta água!? A malta que eu conheço é que não foi de certeza. Uns bebem tinto outros cerveja e a água do banho conforme a recebem da torneira devolvem imediatamente à autarquia pelo esgoto. O saneamento não é também da CMC ?! Mesmo assim ainda ninguém cobrou nada .....

 

Porque será que a água que cai a rodos do céu, e é um bem de todos, não é distribuída gratuitamente e de qualidade por um serviço público para o público? Isso seria pedir demais num país que se diz democrático?

Porque é que os serviços públicos que nós sustentamos com os nossos impostos em tudo o que fazem nos cobram por tudo e por nada?

Porque será que os mesmos políticos que antes das eleições batem no peito e prometem nos representar quando desdenham para conseguir receitas metem despesas de tudo na nossa conta da água e não satisfeitos até a privatizam?

Não chega já de "impostos" e "cobranças" ?!

As Contas estavam esquecidas numa gaveta !? amigos ....  Se encontraram 30 mil de dívidas numa gaveta esquecida e deixaram que a "coisa" chegasse a 213 mil é porque a referida gaveta realmente conseguia gerir melhor a "coisa" que vós .....

publicado por portuga-coruche às 08:04
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Câmaras em conflito com a...

. Consumidores de água deve...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds