Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Comboios vão continuar entre Setil e Coruche

A Palavra dos leitores de O Mirante
 
 

Melhorem a iluminação na estação e o abrigo para os passageiros que esperam pelo comboio com destino a Lisboa e vão ver se não aumentam os passageiros. Até os apeadeiros têm melhores condições de abrigo que a estação do Setil. Já agora façam horários de autocarro em condições para os habitantes do Cartaxo e de preferência que não se atrasem como é costume levando as pessoas a perder os comboios e a ficarem uma hora na estação. Vão ver que quando as coisas tem potencial, são bem geridas e planeadas é fácil as coisas serem viáveis.

 

João Pedro Oliveira

 

 

 

Uso o comboio de manhã e à noite, durante a semana. Muitas vezes também o uso aos sábados. Tenho casa em Marinhais que só utilizava aos fins-de-semana porque trabalho em Lisboa. Com a reabertura da linha passei a fazer a viagem bastante cómoda e confortável no comboio. Noto que muitas das pessoas que viajam diariamente estão nas mesmas circunstancias do que eu. Este comboio (no ramal de Vendas Novas entre Setil e Coruche) veio aproximar Lisboa do concelho de Salvaterra de Magos e Coruche. Só é pena na estação de Setil não haver qualquer infra-estrutura de apoio. Mas a CP também podia estudar a situação deste comboio fazendo com que seguisse até Azambuja em vez de ficar no Setil. Aí sim, havia muitas mais ligações para a linha da cintura e para Lisboa. A CP com um pouco mais de esforço vai conseguir de certeza e então a quantidade de pessoas a usar o comboio diariamente duplicará. Também tem que se pedir um pouco mais de esforço às câmaras municipais envolvidas, para não deixarem cair o projecto no final do contrato, em Setembro, pois esta foi uma grande vitoria do poder local nos últimos anos.

  

José Luís

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Linha Setil/Coruche não será suspensa a 1 de Fevereiro

A circulação de comboios entre Coruche e Setil já não será suspensa a 1 de Fevereiro, tendo sido acordado segunda-feira, numa reunião entre a CP e as autarquias, que ao longo do próximo mês serão estudadas formas para reduzir custos.

Os presidentes das câmaras municipais de Coruche e do Cartaxo disseram à agência Lusa que, na reunião ficou decidido que a circulação nesta linha se vai manter até ao fim do período experimental estabelecido no protocolo celebrado entre as partes em 2009 e que termina em Setembro.

Dionísio Mendes, presidente da câmara de Coruche, disse que durante o mês de Fevereiro serão “estudadas várias hipóteses para ajustar alguns horários, reduzir algumas composições, com menos circulação de passageiros, e reduzir custos fixos associados”, como, por exemplo, a alteração de horários de forma a não terem que pernoitar equipas em Coruche.

O autarca do Cartaxo, Paulo Caldas, adiantou que os custos operacionais deverão ser reduzidos entre 20 a 30 por cento. A CP anunciou oficialmente a suspensão da circulação a partir de 1 de Fevereiro, invocando, nomeadamente, o incumprimento por parte das autarquias do pagamento acordado no protocolo, havendo uma dívida acumulada de 280 mil euros.

O protocolo estabelecia que os custos de exploração não cobertos pela receita seriam repartidos entre a CP (50 por cento) e as três autarquias envolvidas: Coruche, Cartaxo e Salvaterra de Magos (50 por cento).

Paulo Caldas disse que o seu município se comprometeu a saldar todo o valor em dívida até ao final de Fevereiro e a cumprir com todos os pagamentos até Setembro.

Dionísio Mendes afirmou que o seu município foi o primeiro a apresentar um plano de pagamentos, tendo Salvaterra de Magos feito o mesmo na semana passada, inclusive fazendo alguns pagamentos.

Paulo Caldas disse ainda que vai ser estudada a possibilidade de haver mais paragens na estação do Setil, nomeadamente do inter-regional de Tomar, sublinhando a valorização em curso das acessibilidades a esta estação.

Segundo disse, se em Setembro se concluir que a parceria estabelecida não traz vantagens, a autarquia vai tentar encontrar alternativas, nomeadamente por transporte rodoviário, para garantir aos munícipes a ligação das estações do Setil e de Santana até Azambuja, já que esta beneficia do passe social das linhas urbanas de Lisboa.

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:20
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Cartaxo, Coruche e Salvaterra de Magos exigem definição sobre linha Setil/Coruche

As câmaras municipais de Coruche, Cartaxo e Salvaterra de Magos querem que o secretário de Estado dos Transportes clarifique se a ligação ferroviária entre Setil e Coruche se vai ou não manter a partir de 01 de fevereiro.

Dionísio Mendes, presidente da Câmara de Coruche, disse hoje à agência Lusa que as autarquias não aceitam a decisão da CP de encerrar um serviço que está a funcionar desde setembro de 2009 graças a um protocolo assinado entre a empresa e os três municípios.

De acordo com a Lusa, a CP alega que os municípios não estão a pagar o valor a que se comprometeram aquando da assinatura do protocolo, tendo fonte da empresa dito à Lusa que o valor em dívida ascende atualmente aos 280.000 euros e que têm sido goradas todas as tentativas para uma regularização dos pagamentos.

Dionísio Mendes afirmou que, no caso de Coruche, foi apresentado um plano de pagamentos e que as outras autarquias estarão na disposição de fazer o mesmo e acusou a empresa de também ela não estar a cumprir com o acordado.

Para o autarca, interessa esclarecer se a decisão anunciada pela CP em dezembro, de encerrar o serviço a partir de 01 de fevereiro, tem de facto a ver com as verbas em atraso das autarquias ou se se insere na política de redução de custos anunciada em dezembro e na qual este era um dos serviços na lista dos que serão para suprimir.

“Queremos que a tutela diga claramente se quer ou não este serviço a funcionar”, disse, sublinhando que os três municípios aguardam desde outubro a marcação de uma reunião com o secretário de Estado dos Transportes.

O autarca referiu que o protocolo assinado em 2009 foi uma iniciativa da tutela, então sob a alçada de Ana Paula Vitorino, tendo sido apresentado como um caso exemplar em que as autarquias assumiam parte do custo de um serviço tradicionalmente deficitário e que poderia servir de “pedagogia” para outras situações.

O protocolo, que permite a ligação ferroviária entre Coruche e Setil e a partir daqui para Lisboa, prevê que os custos de exploração não cobertos pela receita sejam repartidos entre a CP (50 por cento) e as três autarquias (os restantes 50 por cento).

O presidente da autarquia do Cartaxo, Paulo Caldas, disse à Lusa que o protocolo previa uma revisão ao fim de dois anos, lamentando uma decisão que classifica de “unilateral” por parte da CP sem que tenha ocorrido essa avaliação.

No seu entender, uma das soluções para o problema seria o alargamento da linha suburbana da Azambuja para o Setil, que tornaria o serviço mais rentável para a empresa e mais vantajoso para os passageiros, lembrando que a autarquia investiu na melhoria do acesso rodoviário àquela estação.

Para Dionísio Mendes, além do alargamento da linha suburbana, é necessário rever a necessidade de os passageiros comprarem dois passes e alguns dos horários, o que tornaria mais atrativo o serviço, situações discutidas numa reunião entre as partes realizada em outubro.

O autarca acusa ainda a CP de não ter investido na promoção da linha, como se comprometeu no protocolo, e a Refer de não ter feito as melhorias nas estações que haviam sido acordadas.

A CP alega ainda a baixa utilização do serviço, com uma média de 14 passageiros por comboio, referindo que desde setembro de 2009 foram transportados um total de 37.000 passageiros (uma média de 3.200/mês em 2010 contra os 3.700/mês em 2009).

 

in Rádio Pernes

 

Comboios entre Coruche e Setil com média diária de 14 passageiros

Os comboios da linha Coruche-Setil transportaram, até Outubro do ano passado, 32.769 passageiros o que dá uma média diária de 14,17 pessoas por composição. A linha foi reactivada para transporte de passageiros em Setembro de 2009 mas nem a novidade inicial contribuiu para aumentar a média diária de passageiros que se registou entre Setembro e Dezembro de 2009, que foi de 16,9 utentes por comboio.

 

De acordo com dados que O MIRANTE obteve junto da CP, a linha apresentou também um défice de exploração mensal de 48.707 euros em 2009 e de 50.406 euros em 2010. No ano passado, e até Outubro, a linha Coruche-Setil acumulou prejuízos de 504.056 euros.

 

Face a esses dados, a CP, no âmbito da contenção e redução de despesas, prevê, em orçamento e plano de actividades para 2011, suprimir a linha pelo facto de a procura não cobrir a oferta disponibilizada.

 

Recorde-se que o serviço de transporte de passageiros entre Coruche e Setil foi reactivado em Setembro de 2009. O trajecto de ida e volta implica passagens pela estação de Coruche, estações de Marinhais e Muge (Salvaterra de Magos), apeadeiro do Morgado (Valada-Cartaxo) e Setil (Cartaxo). Daí os passageiros da linha podem aceder a Lisboa pela Linha do Norte, numa viagem com uma duração de 01h21 desde Coruche. O serviço conta com dez circulações diárias. Cinco em cada sentido nos dias úteis e três em cada sentido, aos sábados.

 

O protocolo para reabertura do transporte de passageiros, cessado em 2004 por falta de rentabilidade, foi assinado em Julho de 2009 entre CP, Refer e as câmaras municipais de Coruche, Salvaterra de Magos e Cartaxo.

 

No acordo a CP comprometeu-se a promover campanhas de utilização daquele serviço e a assegurar 50 por cento do custo de exploração do serviço. O custo total da linha estimado foi de 49 mil euros mensais, o que os dados agora revelados confirmam. A Refer assumiu o compromisso de realizar obras de beneficiação nas estações e espaços envolventes. Os três municípios assumiram no protocolo pagar mensalmente à CP 16,66 por cento do défice de exploração mensal da linha, em partes iguais.

 

in O Mirante

 

publicado por portuga-coruche às 07:05
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Comboios vão continuar en...

. Linha Setil/Coruche não s...

. Cartaxo, Coruche e Salvat...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds