Sábado, 13 de Março de 2010

Estado preocupante da saúde em Benavente e Sto. Estêvão

 

BENAVENTE-Balanço do plenário de autarcas do dia 11 de Março de 2010, que abordou o estado preocupante da saúde no Município.

 
Reunião com a Ministra da Saúde marcada para o dia 15 de Março, pelas 15 horas 
 
O Cine-Teatro de Benavente acolheu na passada noite (11/03/2010) um plenário de Autarcas, onde dezenas de autarcas de todo o Concelho marcaram presença para ouvir e dar o seu contributo para a resolução do grave problema na saúde no Município. O encontro serviu igualmente para a preparação da reunião que já está agendada com a Ministra da Saúde, que terá lugar no dia 15 de Março, pelas 15 horas. A reunião será com a mais alta responsável pela área da Saúde do País, já que a Câmara Municipal não encontrou interlocutor junto da ARS de Lisboa e Vale do Tejo. “Certamente por distracção do Presidente da ARS-LX LVT ou talvez por não lhe ter chegado ao conhecimento o nosso pedido de reunião, e as insistências que fizemos nesse sentido. Mas é de facto estranho”. 

 
O Presidente, rodeado pelos vereadores José d'Avó (PSD) e Ana Casquinha (PS) começou por fazer um diagnóstico da situação actual, e para isso contou com os dados transmitidos pelas Juntas de Freguesia e pela generalidade dos autarcas. “A Direcção Regional de Saúde tem que tomar medidas urgentes porque temos a necessidade de responder a 6800 utentes sem médico de família, mais 1600 de Santo Estêvão que estão sem médico também devido a doença da médica que lá prestava serviço. A juntar a este cenário encontra-se o mau funcionamento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP).
As pessoas estão indignadas com o estado das coisas, e muitas vezes deslocam-se ao Centro de Saúde e, sobretudo os familiares dos doentes, acabam por ter palavras mais amargas para os funcionários e para os médicos. E sabemos que o contrário também acontece. E vai-se criando um mau ambiente que há que ser amenizado, sob pena até de qualquer dia termos médicos que vão para a baixa porque não aguentam a pressão. Mesmo os mais dedicados começam a estar próximos da doença quando não há condições de trabalho, quando há cada vez mais utentes sem médico de família que ocorrem ao SAP. Os médicos passam a querer sair procurando a tranquilidade noutro lado. E para eles é fácil arranjar outra colocação. 

 
SAP atende urgências numa população de 50 mil pessoas 

 
Para a reunião com a Ministra da Saúde, ficou claro, que terá que lhe ser transmitida a necessidade de haver contratação de médicos para os dois serviços: SAP e Centros de Saúde. Para 6800 utentes será necessário contratar 3 médicos para o Centro de Saúde e mais um reforço no SAP. “ Talvez com mais 3 médicos nos Centros de Saúde, o SAP possa funcionar só com um médico no turno do dia e outro no turno da noite, porque há um outro acompanhamento dos doentes e deixarão de existir as falsas urgências. Mas será no limite já que o SAP atende também os utentes de Salvaterra de Magos que lá se dirigem durante o dia e de noite, num conjunto de 50 mil pessoas. Não podemos ignorar isto e termos que sensibilizar a Ministra para estes números. “Se assim não for, as coisas têm tendência a chegar ao caos. Só no Porto Alto são 2800 pessoas a terem de se deslocar a Benavente ao SAP, onde muitas vezes não encontram médico. Sabemos das histórias recentes onde os utentes eram mandados para a porta dos Bombeiros para que estes os levassem para o Hospital de Vila Franca. E muitos, em desespero, foram pedir esse apoio aos Bombeiros. Isto é inadmissível”. 
 
“Localização da Unidade Básica de Saúde em Coruche é uma irracionalidade” 
 
No final, questionado pelos jornalistas sobre se a mais que certa abertura da Unidade Básica de Saúde em Coruche pode resolver alguns destes problemas e se haverá uma tentativa de pressionar as Autarquias para isso, o Presidente considera que “ a localização desta Unidade é tão irracional que não pode haver pressões às Autarquias para a aceitarem. Nenhuma pessoa do concelho de Benavente ou de Salvaterra vai levar um familiar seu a esta Unidade em Coruche, fazer trinta ou quarenta quilómetros, e depois mais trinta ou quarenta a caminho de Santarém ou de Vila Franca, se for caso disso.
Quem conhece o terreno não pode aceitar uma solução desta natureza. 

 
O Presidente irá lembrar a Ministra que este Município prepara-se para acolher a infra-estrutura aeroportuária dentro de poucos anos e que a parte sul do distrito não tem um Hospital. “Embora daqui a 3 ou 4 anos Vila Franca de Xira tenha um novo Hospital que nos serve, não será certamente suficiente dado o futuro que se perspectiva para o sul do distrito, por isso, um novo Hospital a sul será bem acolhido por ser uma necessidade para a nossa população”. 

 
O Presidente considera que a actual Ministra da Saúde é uma pessoa sensata e que irá encontrar as melhores soluções que permita uma estabilização e uma tranquilidade nas populações e no Município.  
 
 
 
Sem outro assunto de momento
Com os melhores cumprimentos 
 
                                O Presidente da Câmara Municipal 
 
 
                                              (António José Ganhão) 
 
In Notícias do Ribatejo
 
 
 

 

A decisão de trazer doentes/acidentados para Coruche de Benavente, Porto Alto, Santo Estêvão, Salvaterra ou de onde seja cabe evidentemente ao INEM e não aos familiares dos doentes/acidentados. Assim como a decisão de uma urgência ir directamente para Santarém, Coruche ou Vila Franca, de Ambulância ou Helicóptero.

Serão os especialistas em prestação de socorro que tomam essa decisão e tendo sempre em conta a melhor alternativa para a vida de quem é socorrido.

É claro que o melhor seria ter uma urgência permanente em cada localidade. Mas isso é impossível.

Não acredito que quem decidiu a localização do UBS não tenha tido em conta todos esses factores e que esteja a querer beneficiar os coruchenses. Até porque um melhor sistema de saúde e uma melhor localização de um UBS decerto será também benéfico para os coruchenses que obviamente não escolhem onde tem os acidentes e tanto pode ser em Benavente como em Sto. Estêvão ou noutro lado qualquer.

De qualquer modo as gentes, o povo das localidades referidas tem muita razão em reclamar, uma vez que a situação actual é insustentável. Portugal envia ajuda e assistência médica para muito lado mas "esquece" o seu povo. São os mais vulneráveis que mais sofrem. Os doentes, os idosos e crianças, as grávidas, enfim, aqueles que não tem impacto nas eleições e que, precisando de ajuda esta tarda ou nunca mais chega.

 

publicado por portuga-coruche às 11:29
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

António José Ganhão ainda não "digeriu" a localização da UBS

Falta de médicos leva autarcas de Benavente a reunirem-se em plenário

 

Os eleitos dos órgãos autárquicos de Benavente reúnem-se hoje em plenário para fazerem o diagnóstico da situação da Saúde no concelho e decidirem medidas a tomar, na expectativa da reunião marcada para segunda-feira pela ministra da Saúde.

O plenário foi convocado por deliberação da Câmara Municipal, no entendimento de que, como representantes das populações que se sentem afectadas pela carência de recursos humanos na área da Saúde, "todos devem estar unidos para o encontrar de soluções", disse à agência Lusa o presidente da autarquia.

António José Ganhão (CDU) disse que o facto de a ministra da Saúde, Ana Jorge, ter marcado a reunião significa que está garantida a "plataforma de diálogo" que queriam criar "com quem tem responsabilidades".

O autarca solicitou em Novembro uma reunião com o presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT), acabando, na ausência de resposta, por solicitar a audiência com Ana Jorge, num esforço para encontrar resposta para uma situação que, disse, está "próxima da ruptura".

Aos "mais de 4000 utentes" da vila de Benavente sem médico de família juntam-se mais de 2700 habitantes do Porto Alto, além dos residentes de Santo Estêvão (cujo médico de família se encontra de baixa por doença), pessoas que acorrem ao Serviço de Atendimento Permanente (SAP), cujo funcionamento é garantido por uma empresa contratada pela ARS-LVT.

A autarquia acusa esta empresa, a SELECT, de "falhar sistematicamente" no que toca aos médicos, "ou porque faltam ou porque não podem acudir a todos", o que gera "insatisfações que têm que ser muito rapidamente resolvidas", disse.

"É preciso corrigir rapidamente esta situação sob pena de criarmos um conflito social enorme", disse.

Para António José Ganhão, é preciso repensar a decisão de localizar a Unidade Básica de Saúde (UBS) no vizinho concelho de Coruche, um município com 19.000 habitantes e poucos utentes sem médico de família, quando Benavente tem uma população de 30.000 pessoas, sem contar com os residentes de Salvaterra de Magos que acorrem ao SAP de Benavente.

No seu entender, pretender que a UBS sirva os municípios de Coruche e Salvaterra de Magos "é de todo incompreensível e irracional, porque ninguém pode caminhar em sentido contrário para depois se aproximar do hospital de referência (Santarém ou Vila Franca de Xira).

"Tudo isto foi planeado sem nenhum critério, sem nenhuma razão e sem atender à localização da população naquilo que são os eixos urbanos consolidados que tendem a crescer", disse, sublinhando que nada o move contra Coruche.

"Quero o melhor para eles, não posso é aceitar que o melhor para eles signifique sacrificar Benavente", acrescentou.

António Ganhão disse ter "grande expectativa” na reunião com Ana Jorge, acreditando que a ministra, pessoa “sensata” e “de visão”, será “sensível" aos argumentos "incompatíveis do ponto de vista da racionalidade dos recursos humanos que devem servir a Saúde e do que são as pretensões e a dinâmica das próprias comunidades".

 

in O Mirante

 

O Sr. Ganhão realmente percebe de tudo! Percebe de Política, percebe de Água e até percebe de ordenação dos serviços de saúde.

 

O Sr. Ganhão desconhece a situação da saúde em Coruche, como desconhece que a maioria dos Médicos de Família se irá reformar em breve deixando a maioria dos coruchenses sem Médico de Família.

 

Se alguém souber onde mora, favor informar, falaremos pessoalmente com a Sra. Ministra de modo a garantir que se não ao lado, mesmo em frente ficara o UBS. Para além disso até lhe vamos pedir que lhe entregue a pasta da saúde onde poderá aplicar os mesmos princípios que usa as Àguas do Ribatejo porque o povo ainda consegue fazer mais um esforço e assim tornar definitivamente a saúde em mais uma actividade lucrativa à conta das necessidades básicas do povo

 

Já agora deixe-me referir-lhe, Sr. Ganhão, que a água lá de casa anda com uma tonalidade amarela, espero que não seja nada que possa incluir na catrefada de intens que tem a factura da água quando afinal não passa de água com cloro. 

 

A maior fatia de retórica coube à frase em destaque: "Quero o melhor para eles, não posso é aceitar que o melhor para eles signifique sacrificar Benavente".

 

 Sacrificar Benavente ?! Sacrificar Benavente seria tirar-lhes o Sr. Ganhão. É uma autentica pérola.

Nós também queremos o melhor para Benavente, masmo que isso signifique sacrificar todo o Ribatejo.

Reconheço que existe falta de médicos em Sto. Estevão e Benavente, até já se destacou isso aqui neste blog ( aqui e Aqui), agora misturar isso com a UBS, ligar uma coisa à outra .... é prova que o Sr. Ganhão ainda não digeriu bem uma decisão tomada por quem competia decidir.

publicado por portuga-coruche às 13:30
link | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008

Benavente garante Serviço de Atendimento Permanente depois da unidade em Coruche

O presidente da Câmara Municipal de Benavente obteve a garantia do responsável pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo de que o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Benavente não vai encerrar após a abertura do novo Serviço de Urgência Básica (SUB) de Coruche.

António Ganhão foi recebido pelo presidente da ARS, na quarta-feira, 3 de Dezembro depois de ter manifestado intenção de pedir uma audiência à ministra da Saúde Ana Jorge e de te criticado a falta de agenda do novo presidente da ARS, Rui Portugal para o receber.

A nova unidade de urgência de Coruche vai servir os concelhos de Benavente, Salvaterra de Magos e Coruche e vai funcionar nas instalações do actual centro de saúde de Coruche, a mais de 50 quilómetros da freguesia de Samora Correia (Benavente). O presidente da câmara de Benavente considerou uma aberração construir a unidade em Coruche e diz que os doentes do seu concelho continuarão a ser assistidos no SAP de Benavente e no Hospital de Vila Franca de Xira.

Salvaterra de Magos defendeu a construção do serviço num local equidistante e com bons acessos e sugeriu junto do nó de acesso à A13 em Foros de Salvaterra. A ARS considerou que avaliadas várias hipóteses, a melhor e mais viável é em Coruche e o presidente da ARS-LVT anunciou a decisão.

“Deslocar cerca de 55.000 pessoas, em média, para mais de 30 quilómetros por uma estrada perigosa (EN 114-3 - ligação Salvaterra-Coruche), ou pela EM 115 e um troço da EN119, com problemas de interrupção nas pontes, para que os doentes sejam triados em Coruche e depois conduzidos, ou para Vila Franca ou para Santarém, não lembra a ninguém", afirmou o presidente de Benavente, António José Ganhão.

O SUB de Coruche, que integra a Rede de Referenciação de Urgência/Emergência, vai dispor de dois médicos, dois enfermeiros e um técnico de radiologia em serviço permanente, e destina-se ao atendimento de situações urgentes "numa lógica de proximidade para com as populações", afirma um comunicado da ARSLVT.

O serviço vai estar equipado com Raio-X, electrocardiógrafo com capacidade para telemedicina, monitor-desfribilhador com capacidade de ligação directa ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes do INEM, exames clínicos de química seca e equipamento para pequena cirurgia, acrescenta.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 16:18
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Gato escaldado…

Em 2001, o presidente da Câmara Municipal de Benavente afirmou que o traçado proposto pela Brisa para a A13 (Santo Estêvão-Almeirim) só avançaria por cima do seu cadáver. O traçado avançou e António Ganhão está vivinho e de boa saúde. O autarca não vai dizer o mesmo em relação ao Serviço de Urgência Básico de Coruche, apesar de prometer bater o pé a uma decisão que considera “irracional” da Administração Regional de Saúde.

 

in O Mirante

 

Água e Saúde não se negam a ninguem

É isso Sr. Presidente, Benavente é Portugal e o resto é paisagem..... As gentes de Coruche não chegam aos calcanhares das de Benanvente e, apesar do Serviço de Urgência Básico ao ser colocado em Coruche permitir atingir uma area mais abrangente também não o deverá demover. Afinal isto aqui é o c* de Judas, para que é que necessitamos de saúde ?!

Pessoalmente acho que deveria existir também um serviço destes também em Benavente, não dizer que aqui é que é e lá é irracional! Porque é que o Sr. Presidente não diz antes que também quer em vez de dizer que em Coruche é irracional ? Àgua e saúde não se negam a ninguem, sr. presidente........

publicado por portuga-coruche às 09:34
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Estado preocupante da saú...

. António José Ganhão ainda...

. Benavente garante Serviço...

. Gato escaldado…

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds