Segunda-feira, 24 de Outubro de 2011

Comunicado do MIC - Jornal Mais Região


 

 Nota de imprensa

 

 

 

Jornal Mais Região

 

MIC LAMENTA PARCIALIDADE JORNALÍSTICA

 

 

 

O Jornal Mais Região na sua última edição publica um artigo onde a propósito da proibição imposta pelo Presidente da Assembleia Municipal (AM) de Coruche para não se gravarem em áudio, vídeo ou fotografia as sessões da AM, afirma que o deputado municipal do MIC, Abel Matos Santos, “gravou vídeos e tirou fotografias”.

 

   

Ora, tais afirmações são manifestas mentiras e visam somente distorcer a realidade. Nenhum dos deputados municipais eleitos pelo MIC gravou quaisquer vídeos das sessões ou tirou fotografias! Quem filma e tira fotografias é o jornalista do jornal “O Mirante”, que se saiba sem pedir autorização, mas em democracia, num acto público, também não o deveria ter de fazer.

 

 

Os deputados municipais do MIC, limitaram-se a gravar em áudio, e somente neste suporte, as suas próprias declarações com o intuito de se salvaguardarem, dado que a mesa da AM decide retirar das actas a seu belo prazer aquilo que os deputados da oposição dizem, e, também com a intenção de dar a conhecer e divulgar o que se passa na AM, para que a população saiba o que lá se passa! Fazia parte do seu programa eleitoral.

 

  

Quanto ao facto do deputado municipal ter Carteira de Jornalista, é uma verdade, mas nunca usou esse facto para gravar os registos áudio das suas intervenções.

 

  

Invocou o facto de ter carteira de jornalista, quando o Presidente da AM distribui um parecer não identificado, remetendo a si a autorização para qualquer registo audiovisual, proibindo todos os deputados municipais de gravarem o que quer que fosse, referindo que só jornalistas o podiam fazer. O deputado do MIC invocou que também tinha carteira de jornalista, ao que logo foram proibidos também todos os jornalistas de fazer o seu trabalho, dizendo que só poderiam citar as actas das assembleias.

 

 

Lamentavelmente, o Jornal Mais Região, também ele proibido de gravar o que quer que seja, decidiu sem contactar o visado na sua peça jornalística, publicar inverdades e factos distorcidos, provavelmente fornecidos por terceiros, dado que ninguém do referido jornal esteve na AM.

 

 

Numa sociedade aberta e livre, não pode existir censura e impedir as populações de acederem à realidade, especialmente quando se fala dos seus eleitos. Proibir a divulgação das AM’s revela somente medo e incapacidade, mostrando que afinal aqueles que enchem a boca com a democracia, são na primeira hora os maiores déspotas

 

 

 

As intervenções gravadas do MIC, podem ser ouvidas no site www.miccoruche.org.

 

 

 

Pelas Pessoas, Por Coruche!

 

 

 

 

 

MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

Contactos: www.miccoruche.org        info@miccoruche.org     919 739 393

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2011

Comunicado do MIC

 Nota de imprensa

 

 

 

A PREOCUPANTE SITUAÇÃO DOS IDOSOS EM CORUCHE

 

Os números revelados há dias pelo governo no seu documento verde para a reforma da administração local, revelou dados perturbadores para o concelho de Coruche.

 

 

 

Além da ter perdido cerca de 6,5% da população em 10 anos, Coruche tem 234,2 pessoas com > 65 anos por cada 100 pessoas com < 15 anos.

 

 

 

São números assustadores que também revelam uma assustadora a ausência de visão para o Concelho de Coruche, porque continuam a não existir projectos de referência, como as aldeias lar (só para dar um exemplo), o investimento nos idosos/economia local, para evitar a perda populacional que Coruche tem assistido e permitir o cuidado efectivo de milhares de Coruchenses que precisam de apoio domiciliário e de unidades de apoio como centros de dia e lares.

 

 

 

A Misericórdia de Coruche tem uma lista de espera de mais de 500 idosos e o futuro lar da Lamarosa tem já a capacidade lotada e ainda não abriu. São duas unidades privadas, se bem que apoiadas pela autarquia (na sua construção) e por fundos da segurança social (no apoio ao funcionamento), mas seria de todo de considerar que o Executivo socialista que governa a Câmara INVESTISSE no apoio às nossas populações fomentando a criação de mais infra-estruturas no concelho directa ou indirectamente.

 

 

 

Pelas Pessoas, Por Coruche!

 

 

 

 

 

 

 

 

MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

Contactos: www.miccoruche.org        info@miccoruche.org     919 739 393


 
publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Comunicado do MIC

 
Rescaldo das últimas Assembleias Municipais

Gonçalo Ramos Ferreira
Deputado Municipal eleito pelo
MIC - Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

No rescaldo do Verão e em vésperas de mais uma Assembleia Municipal, cabe fazer o balanço das duas últimas que, sem grande história, serviram para os vogais comunistas, socialistas e sociais-democratas fazerem o habitual: passarem boa parte das noites com a única preocupação de fazer o elogio do 25 de Abril e dos seus senhores.

Contudo, assistimos a discursos frouxos e palavras gastas, que já não conseguem esconder a desilusão com o golpe que colocou Portugal na actual situação de falência, na bancarrota, às ordens de nações estrangeiras e na mão de organismos como o «FMI».

Não notámos apenas menor fulgor nas comemorações. Reparamos também que hoje já não existe medo por parte dos técnicos da câmara de basear os seus pareceres oficiais em diversas citações do Professor Marcello Caetano que, em estilos pouco ortodoxos mas reveladores de atitudes sem complexos, escrevem assim: “a este respeito veja-se o que nos ensina Marcello Caetano” (sic).

No entanto, e a certa altura, os leitores usavam a palavra liberdade; mas de que liberdade falam?
Uma liberdade que encheu com milhares de cidadãos as vazias prisões Portuguesas? Ou de uma liberdade que permitiu atraiçoar e matar pelas costas milhares na Guiné? Ou será uma liberdade que, mediante os gritos e a exultação socialista, fez morrer de apedrejamento centenas nos estádios de Angola?

A seguir ao 25 de Abril, aqui mesmo e sob o efeito de baixos instintos, foram torturados Portugueses, sendo que outros foram mortos de forma cobarde e a sangue frio com tiros na nuca; inclusive morreram crianças às mãos dos crimes dos bons. Hoje, muitos desses “libertadores” estão bem instalados, auferem chorudas reformas e cantam vivas a uma liberdade apenas para se legitimarem e para melhor nos tirarem o pão da boca.

  • O pouco recomendável estratega do 25 de Abril, Otelo Saraiva de Carvalho, mostra-se arrependido de ter realizado o golpe por meras questões corporativas e recorda da necessidade de um estadista inteligente e honesto como o Dr. Oliveira Salazar.
  • Jacinto Barbosa, presidente da Junta de Freguesia de Coruche numa clarividente e inspirada alocução na AM, relembra como o homem de Santa Comba Dão conhecia bem os Camaradas e do que seria de Portugal às suas mãos.

Prometeram mundos e fundos, mas hoje milhares de famílias Portuguesas passam fome e engane-se quem pense que a situação não vai piorar ainda mais.

Alguns enchem o peito para falar de soberania nacional, combate litoral interior e declínio nacional, esquecendo-se que, se perdemos a nossa independência, se somos hoje um país que despreza o seu interior, se perdemos a nossa indústria, a nossa agricultura e as nossas pescas, é porque todos eles nos desgovernam desde há 37 anos, sem estratégia e sem rumo. Hoje, nem sequer produzimos a comida para colocar nas mesas dos nossos filhos, limitando-nos apenas a chutar as nossas dívidas para os nossos netos. Que dirão eles das gerações antecessoras?

Praticamente todos os melhoramentos do nível de vida nas últimas quatro décadas são atribuídos às propriedades mágicas desta data, esquecendo que em 37 anos (com algumas excepções) a generalidade dos Países demandou inúmeros avanços.

Uma das ideias mais ficcionadas, relaciona-se com a redução da taxa de mortalidade infantil, que é um dos principais indicadores de desenvolvimento de um País. No quadro abaixo, podemos constatar que o decréscimo dessa mesma taxa não é acelerado, nem é fruto de qualquer propriedade mágica ou da introdução de qualquer medida pelos governos pós-25.

 

 

 http://www.miccoruche.org/images/stories/rescaldoAssembleias/mortalidadeinfantilportugal.png

gapminder.org

http://www.youtube.com/watch?v=E22LEBVHDO8&feature=player_embedded

Um manicómio em autogestão, com a liberdade a não se limitar ao encher das prisões.

 
Somos governados por pessoas que mentem compulsivamente na senda de comprar votos e perdemos a capacidade de sermos o que quisermos. Foi-nos roubada a capacidade de sonhar.
 
Quem pretende celebrar constantemente o Abril que não se cumpriu, vê a história apenas com o olho esquerdo. Mas quando se provoca a história ela provoca de volta. Ou não sabiam?

No final do verão e numa altura em que somos novamente chamados (ad eternum) a comemorar datas ultrapassadas como o 5 de Outubro, ficamos a saber pelo Sr. Presidente da Câmara que o novo Centro Escolar vem substituir uma série de edifícios com mais de 50 anos, que durante gerações serviram a população do concelho de Coruche. Nada a acrescentar.

Em jeito de reflexão e numa altura em que se fala tanto de rentabilização de recursos e em que se pedem esforços a todos os portugueses não fará sentindo reduzir o número de vereadores no executivo municipal? Será que três vereadores não conseguem fazer o trabalho de 5? Nós mesmos no passado já mostramos que com pouco é possível fazer muito e este executivo também o pode fazer, mesmo mantendo o muito do bom trabalho que também tem realizado em várias matérias. Despartidarizar o aparelho aqui e ali também é essencial.

 

Continua…

 
«Vou estar de baixa médica quanto tempo eu quiser! Fui um capitão de Abril, não tenho medo!»
 
 
publicado por portuga-coruche às 07:05
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

MIC SOLIDÁRIO COM A POPULAÇÃO DE SANTANA DO MATO

 

 

Nota de imprensa

 

 

 

 

MIC SOLIDÁRIO COM A POPULAÇÃO DE SANTANA DO MATO

 

O Grupo Municipal do MIC na Assembleia Municipal, composto por Abel Matos Santos e Gonçalo Ramos Ferreira, abriu os trabalho da última Assembleia Municipal (AM) de Coruche no passado dia 17 de Junho, com o voto de solidariedade para com a população de Santana do Mato que se viu privada da sua Junta de Freguesia e do acesso ao serviço Multibanco, prestado pela Caixa de Crédito Agrícola de Coruche, devido a um acto criminoso para assaltar o referido Multibanco e que explodiu a junta de freguesia, destruindo por completo o edifício.

 

Fica o áudio da intervenção do deputado municipal Abel Matos Santos

 

  
PS FAZ APROVEITAMENTO POLÍTICO DO ACTO CRIMINOSO DE SANTANA DO MATO

 

O MIC e o PSD abstiveram-se do voto de solidariedade apresentado pela bancada do PS na Assembleia Municipal, por sugerirem, entre outras considerações ideológicas, que as caixas multibanco não deveriam estar em edifícios públicos ou então que os privados, os bancos ou a SIBS (entidade que gere os multibancos em Portugal) deveriam ser os responsáveis pela segurança das instalações onde estas máquinas se encontrem. Isto, além de terem desvalorizado a onda de criminalidade que grassa no Concelho e no País, típicas do faroeste, com tiros, bombas, explosões e assassinatos.

 

Apesar do MIC, ter pedido para o PS retirar estas afirmações completamente descabidas, dado que é ao Estado que compete a obrigação constitucional de “garantir a segurança de pessoas e bens” através das forças de segurança, como a GNR e a PSP e em caso de necessidade das Forças Armadas, o líder da bancada socialista, recusou-se a tirar estas afirmações, manifestamente com o intuito que o MIC e o PSD não a pudessem votar a favor para depois virem dizer que não estamos solidários com a população de Santana do Mato.

  

Pois, reafirmamos que não só estamos totalmente solidários, como não enterramos a cabeça na areia e queremos que a população de Santana do Mato e do Concelho de Coruche tenham SEGURANÇA EFECTIVAS o que só pode acontecer com o aumento do número de militares da GNR e com políticas que permitam a actuação policial e a consequente justiça que deve ser célere e eficaz na punição dos criminosos.

 

 

 

SUBSTITUTO DE JOAQUIM BANHA NA AM FAZ NÚMERO POLÍTICO

 

A propósito das declarações das Abel Matos Santos, o substituto do presidente da referida Junta que faltou à AM, Paulo Matias (PS), fez um número político inqualificável, mostrando-se emocionalmente instável e até chegando a sair da sala, mostrando-se ofendido com tais declarações e, ele sim, tendo usado expressões insultuosas para com o deputado municipal do MIC que só revelaram o seu verdadeiro carácter.

 

O MIC só compreende esta “actuação” como um número político lamentável, dado que as declarações que podem ser ouvidas aqui em nada são ofensivas.

 

 

 

Pelas Pessoas, Por Coruche!

 

 

 

 

MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

Contactos: www.miccoruche.org        info@miccoruche.org     929 114 307

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

PS de Coruche, vota contra moção que exige Serviços de Saúde para os Coruchenses

Comunicado - MIC

 

 

.

 

PS de Coruche, vota contra moção que exige Serviços de Saúde para os Coruchenses

Moção aprovada com os votos do MIC, PSD, CDU e dos presidentes de Junta da Lamarosa, Biscainho e Coruche

 

Os sucessivos governos socialistas governaram o País nos últimos 15 anos. Hoje, estamos a pagar essa pesada factura. Contudo, os militantes socialistas de Coruche, não se limitam apenas e sucessivamente a pedir aos eleitores para votarem em governos liderados pelo Partido Socialista.

O Presidente da Assembleia Municipal de Coruche (AM), José Coelho, exercendo a sua liberdade intelectual e falando da forma honesta que o caracteriza, reconheceu, que o seu Partido (PS) no governo, mentiu e não cumpriu as promessas que fez aos eleitores de Coruche, no âmbito das políticas de saúde. Mas a generalidade dos restantes deputados municipais do partido com maioria na Câmara, estão alinhados com as políticas de precariedade e de esvaziamento das conquistas que foram feitas no último século pelas populações. Revelam solidariedade para com a máquina do partido, mas não revelam solidariedade para com os milhares de pessoas que hoje sofrem no concelho de Coruche, devido às políticas manietadas pelo Largo do Rato.

O futuro é uma incerteza, mas entristece-nos ver que as pessoas que nos representam apenas estão preocupadas com “politiquices”, em defender os Camaradas e não em resolver os problemas da nossa população.
A nossa acção enquanto eleitos na Assembleia Municipal de Coruche, quer-se construtiva, nunca nos batendo pela repetição de chavões, ou pelo simples deitar abaixo do trabalho que é efectuado, apresentamos ideias e congratulamo-nos no silêncio da discrição quando são executadas.
É esta a postura que escolhemos para representar as pessoas que em nós acreditam, quando este executivo faz obra, nós apoiamos, se agir mal também cá estaremos para o denunciar.
Os deputados municipais do MIC na AM, Abel Matos Santos e Gonçalo Ramos Ferreira, denunciaram a forma incompetente, falaciosa, trapalhona e completamente contrária ao interesse das populações, que o governo socialista tem tido em matéria de saúde, com o encerramento das extensões de saúde da Lamarosa e do Biscainho, a falta de material corrente para o correcto funcionamento dos serviços, como a falta de líquido para o Raio X ou a falta de máscaras de aerossóis, juntando a isso o cada vez menor número de médicos no concelho de Coruche e a não abertura do SUB – Serviço de Urgência Básica de Coruche.
A lei criada pelo PS no governo, proíbe a contratação de funcionários públicos, impedindo a contratação directa de médicos, mas permite que se contratem empresas para prestar esses mesmos serviços médicos, criando verdadeiros interesses sorvedores do dinheiro de todos nós, pagando-se 3 a 4 vezes mais às empresas do que ao médico pelo mesmo serviço. Por aqui se vê o desnorte e a incompetência que noutros tempos configuraria um crime de delapidação de dinheiros públicos.
Entendemos também que as direcções do ACES Lezíria II e da Sub-Região de Saúde deveriam demitir-se por manifesta incapacidade de resolverem um problema criado pelo PS.
Ficou também denunciada a falácia de dizer em tempo de eleições que ter uma maioria socialista da cor do governo serviria para mais facilmente trazer para Coruche o que nós precisamos. Foi exactamente o contrário!

Pelas Pessoas, Por Coruche!
MIC

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Propostas apresentadas pelo MIC à CMC

  
  
 
 

  

Nota de imprensa

 

 

 

 

Assunto: PROPOSTAS APRESENTADAS PELO MIC, À CÂMARA DE CORUCHE, PARA O ORÇAMENTO E PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS DE 2010

  • Arranjo/conclusão da marginal desde o café Tadeia até ao seu final
  • Intervenção em edifícios degradados do Centro Histórico (pode permitir a sua aquisição ou obras coercivas)
  • Apoio à conclusão do Lar de Idosos da Lamarosa
  • Arborização e ajardinamento do jardim junto ao rio Sorraia
  • Melhorar a página WEB da autarquia
  • Aquisição do edifício do Antigo Café Coruja para possível biblioteca temática, Centro de exposições e Cafetaria
  • Regularização, ajardinamento e iluminação da estrada desde a rotunda do Monte da Barca a Coruche
  • Requalificação da margem esquerda do Sorraia com vasta vegetação, parque de merendas e zonas de lazer
  • Alargamento da ponte de Santa Justa para 2 faixas
  • Reformulação da sinalética da Vila de Coruche
  • Criação de Parque de Bicicletas (várias zonas de aluguer de bicicletas)
  • Criação da Estufa e Horta Municipal
  • Protocolo com a GNR para melhoria do aquartelamento da instituição
  • Criação de um corpo de policia Municipal e funcionamento efectivo do Conselho Municipal de Segurança.
  • Revitalização e arranjo urbanístico do largo central de Vila Nova da Erra
  • Ciclovia Coruche-Erra
  • Criar produtos turísticos com base naquilo que é identificativo e típico do concelho
  • Divulgação de actividades agrícolas com convite a comunidades turísticas (exemplo: Apanha de Tomate/Azeitona, Vindima, Cortiça)
  • Criação de um roteiro de Igrejas e material informativo
  • Criação de um espaço para campismo e caravanismo
  • Criação de Centro de Formação e Turismo Ambiental de Coruche
  • Criação de Pólo Tecnológico Regional

     

 

 

 

 

MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

Manuel Alegre participa em sessão pública em Coruche

 Esta reunião de apoiantes da candidatura de Manuel Alegre vai contar com as presenças de Idália Moniz do PS e Luís Gomes do Bloco de Esquerda.Presentes estarão ainda o mandatário distrital de Manuel Alegre, José Niza, Dionísio Mendes, presidente da Câmara de Coruche e Elísio Estanque, do Movimento Idependente por Coruche.

Manuel Alegre vai estar na próxima quinta-feira em Coruche, no auditório do Museu Municipal, pelas 21h30, para mais uma sessão pública da sua candidatura à Presidência da República.

 

in Rádio Pernes

 

  

 (Não sei se notaram! escolhi uma foto bastante "alegre")

publicado por portuga-coruche às 10:09
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

A data que deve ser celebrada!

msg-28292-61196.png

Moção

Em 5 de Outubro de 1143 nasceu Portugal

O Grupo Municipal do MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche, vem propor um voto de saudação à data da criação de Portugal, em 5 de Outubro de 1143, resultado da assinatura do Tratado de Zamora por D. Afonso Henriques e que levou à independência de Portugal.

Nestes tempos de crise e de dificuldades generalizadas, invoca-se o espírito e a tempera dos fundadores de Portugal, para que possamos desenvolver engenho e arte para ultrapassarmos a dificuldades do presente.

Aprovada por Maioria com 15 votos a favor (MIC, PSD e PS) e 13 abstenções (CDU e 6 do PS) na Assembleia Municipal Ordinária de 30 de Setembro de 2010.

 

Notícia publicada no Jornal " O Diabo"

Onde está o apregoado Patriotismo dos Camaradas?


msg-28292-61197.jpg

msg-28292-61198.gif

msg-28292-61199.jpg

msg-28292-61200.jpg

publicado por portuga-coruche às 09:22
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

Comunicado do MIC - Renúncia do Presidente da Junta de Freguesia da Erra

 

 

O MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche, com eleitos na Junta de Freguesia da Erra, vem por este meio lamentar o modo como decorreu a renúncia ao mandato de Presidente da referida Junta por parte do eleito do PS (Partido Socialista), Mário Ribeiro.

O MIC rejeita e repudia as afirmações produzidas por este autarca, nomeadamente a acusação que faz à oposição, onde se inclui o MIC, de “bloqueios políticos”.

Esta afirmação é falsa e descabida, dado que o nosso eleito, Francisco Raul, sempre se pautou pelo respeito na relação com todos, o que nem sempre aconteceu da parte de outros, mostrando sempre uma atitude construtiva, como pode ser constatado por todos os eleitos e fregueses da Junta de Vila Nova da Erra.

Repudiamos também as afirmações caricatas do presidente da concelhia do PS e vereador da Câmara de Coruche, Francisco Oliveira, sobre “usurpações” de poder e “batalhas ideológicas”, lembrando que o PS não conquistou a maioria na Junta, devendo por isso, em minoria, as decisões ser tomadas com o envolvimento e acordo entre todos os eleitos.

Ideologicamente o MIC e a CDU não podem ser mais distintos, mas isso nunca impediu um salutar e positivo relacionamento entre os eleitos destas duas forças políticas, contra a prepotência, a incapacidade e a manifesta dificuldade de uma gestão partilhada da junta, de envolver as pessoas nas decisões e de gerar consensos. Ninguém compreende portanto, o que se pretende dizer quando se refere "batalhas ideológicas".

O MIC espera e acredita que o novo presidente, número dois da lista do PS à Erra, possa ter outra postura no relacionamento com a oposição, para que rapidamente a junta possa desenvolver o trabalho positivo em prol das suas gentes, que é o nosso principal objectivo.

O MIC só encontra justificação para esta renúncia na falta de capacidade política para trabalhar e lidar com todos os legítimos eleitos, devendo os eleitores da Erra tirar as suas ilações, para em futuro acto eleitoral fazerem uma escolha mais acertada.

 

 

Pelas Pessoas, Pela Erra!

 

 

 

MIC – Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

Contactos: www.miccoruche.org        info@miccoruche.org      960 240 665

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Resposta ao comunicado do MIC

Respostas da Casa Civil do Presidente da República e do Ministro da Administração Interna ao comunicado do MIC "Basta de insegurança! É preciso fazer cumprir a Lei."

  

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MIC - Nota de Imprensa

. Mic - Nota de Imprensa

. Mic - Nota de Imprensa

. Mic - Nota de Imprensa

. MIC - Nota de Imprensa

. Comunicado MIC

. Nota de imprensa do MIC

. Gonçalo Ramos Ferreira do...

. Cumunicado do MIC

. Nota de Imprensa do MIC

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds