Sábado, 17 de Maio de 2008

Município de Coruche "brinda" os seus trabalhadores com 1 ponto em 2006 e 1 ponto em 2007

Município de Coruche "brinda" os seus trabalhadores com 1 ponto em 2006 e 1 ponto em 2007      
 

De acordo com o novo Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho da Administração Pública, aplicável à Administração Local desde 2006, só se verificará, com carácter obrigatório, uma mudança na posição remuneratória dos trabalhadores quando estes obtiverem 10 pontos.

Esta pontuação pode obter-se da seguinte forma: 3 pontos por cada "desempenho de excelente"; 2 pontos por cada "desempenho de relevante"; 1 ponto por cada "desempenho de adequado".

Tendo em conta que, apenas 25 por cento dos trabalhadores podem ter um nível de avaliação de desempenho relevante, dos quais 5 por cento poderá vir a ter excelente, 75% dos trabalhadores da Administração Pública terão de ser classificados anualmente, por força da lei, com a menção de "desempenho adequado" ou "desempenho inadequado", estes últimos só terão garantida a passagem para uma posição remuneratória superior ao fim de, pelo menos, 10 anos. E digo 10 anos, pelo menos, porque se em algum ano tiverem "desempenho inadequado", à soma de pontos é deduzido um ponto por cada "desempenho inadequado" que tiverem obtido.

Na verdade o sistema de quotas não permite uma verdadeira avaliação, porque impõe artificialmente um limite à avaliação e apenas visa condicionar a promoção e progressão na carreira.

Este quadro é bastante adverso para a grande maioria dos trabalhadores. A avaliação do desempenho passou a ser um elemento de punição dos trabalhadores e dos serviços e não um elemento de construção e de melhoria dos mesmos. Insere-se num conjunto de acções que visam, através da avaliação, fundamentar a mobilidade e o encerramento de serviços, impedir a progressão na carreira, fundamentar o envio dos trabalhadores para o quadro de supranumerários e facilitar os despedimentos.

Neste contexto, já de si bastante desfavorável para a maioria dos trabalhadores, a Câmara Municipal de Coruche, por inacção e incapacidade de implementar e operacionalizar este controverso Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho da Administração Pública, viu-se “forçada” a atribuir agora, duma única assentada, aos seus trabalhadores, 1 PONTO pela classificação de 2006, e 1 pela de 2007 (correspondente à classificação de adequado) e desse modo agravar ainda mais esta situação.

Esta iniciativa, que generaliza e nivela por 1 todas as notações no Município de Coruche, vem agravar ainda mais a situação dos trabalhadores com melhores desempenhos e retira-lhes recursos que legitimamente deveriam ser seus, pois vêem cada vez mais distante a possibilidade de mudança de posição remuneratória com carácter obrigatório (obtenção de 10 pontos). Reconhecemos no entanto que o município de Coruche dá um belo contributo para a redução do deficit público.

Assim, num universo de cerca de 440 trabalhadores, cerca de 110 (quota dos possíveis muito bons e excelentes) vêem os seus direitos extremamente prejudicados e com implicações imprevisíveis no futuro.

Convém salientar que são avaliados os dirigentes de nível intermédio, os funcionários, agentes, e demais trabalhadores da administração pública, com contrato por prazo superior a seis meses.

Um sistema em que a pontuação pode variar entre -1 e 3 e onde a previsão de quotas de mérito e excelência para as avaliações, que pretendia reflectir uma cultura de exigência, está a ser gerador, isso sim, de injustiças, de nivelamentos por baixo.

Serão “adequados” estes procedimentos? 

E quem assume estes prejuízos e essa responsabilidade?

Face a esta situação, que notações deviam ter as pessoas com a responsabilidade de implementar, desde 2006, na Câmara Municipal de Coruche, o Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho e ainda não o fizeram?

Nota 1:
De acordo com o nº 9 do artº 113º da Lei 12-A/2008 "Em substituição dos pontos atribuídos nos termos da alínea d) do n.º 2 e dos n.os 5 a 7, a requerimento do trabalhador, apresentado no prazo de cinco dias úteis após a comunicação referida no número anterior, é realizada avaliação através de ponderação curricular, nos termos previstos no sistema de avaliação de desempenho dos trabalhadores da Administração Pública, aplicado com as necessárias adaptações, por avaliador designado pelo dirigente máximo do órgão ou serviço."
Ver minuta de Requerimento aqui 

publicado por portuga-coruche às 12:40
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds