Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Parque Industrial, Parque de Negócios ou Parque Tecnológico?

Parque Industrial, Parque de Negócios ou Parque Tecnológico?    
 


A opção da C.M. de Coruche pela ampliação do actual Parque Industrial do Monte da Barca, em detrimento da criação de um novo e moderno Parque de Negócios, contrariamente ao que estava previsto no POR-LVT 2000/2006 e na proposta de revisão do PDM faz toda a diferença.

Os Parques de Negócios, para além da instalação de empresas de vários sectores, favorecem ainda a localização de centros de incubação de empresas, escolas tecnológicas e/ou profissionais, centros empresariais (com salas de formação, salas de reuniões, auditório, etc.) e ainda estruturas complementares de acolhimento, como sejam postos de abastecimento, restauração, agências bancárias, creches e unidades hoteleiras.


Pelo contrário, a ambição deverá ser, isso sim, procurar criar um Pólo Tecnológico


O "Movimento.e-Coruche" tem a esperança de que, incrementando maior ambição assente numa perspectiva de desenvolvimento a curto/médio prazo dum conjunto de infraestruturas, designadamente:

1.

Concretização do Parque de Negócios, dotado de modernas infraestruturas de redes digitais de comunicação, de energia (incluindo o gás natural) e com a vertente de incubação de empresas.

2.

Construção do Observatório da Cortiça e o aproveitamento do impulso da investigação a ele associada.

3.

Melhoria das acessibilidades ao concelho de Coruche (IC10/IC13, A13, A6, PVGama, Ponte da Lezíria), fundamentais para a região, muito em particular a variante a Coruche e a correspondente nova travessia sobre o Vale do Sorraia.

4.

Melhoria dos níveis de Mobilidade, designadamente o relançamento da ligação ferroviária (com prolongamento do ramal de mercadorias que serve a DAI ao Parque de Negócios).

5.

Construção, numa localização mais favorável ao concelho de Coruche, do futuro aeroporto.

6.

Construção no concelho da Unidade Básica de Saúde, prevista para a parte sul do distrito...............................................................

7.

O previsível desenvolvimento do cluster das Energias Renováveis e toda a investigação e tecnologia associada, com empresas concelhias bem posicionadas no domínio da Energia Eólica e dos Biocombustíveis (TEGAEL e DAI), sem esquecer o potencial endógeno no domínio da Biomassa Florestal e Solar.

Nesse patamar de desenvolvimento, não será utópico pensar ter no concelho de Coruche, um Pólo Tecnológico (empresas com incorporação de alta tecnologia, ensino profissional e politécnico), também justificado pelos mesmos argumentos que hoje fundamentam a criação de uma Unidade Básica de Saúde na parte sul do distrito de Santarém relativamente ao desequilíbrio que se verifica com a parte norte.

Diferenças mais significativas entre uma Zona Industrial, um Parque Industrial, um Parque de Negócios e um Parque Tecnológico:

Zona Industrial
Considera-se um espaço afecto à indústria num plano de ordenamento e que ainda não se enconta infraestruturado.

Parque Industrial
Trata-se de um parque ordenado para acolher industrias. Fundamentalmente, a distiinção entre Zona Industrial e Parque Industrial reside no facto desse espaço estar ou não ordenado, existindo ou não um conjunto de infraestruturas diversas (vias de comunicação, saneamento, telecomunicações, etc). Caso existam, estando o espaço devidamente organizado chama-se Parque Industrial.

Parque de Negócios
Os parques de negócios são espaços para instalações de empresas que oferecem condições qualificadas e de excelente qualidade para o desenvolvimento de actividades empresariais de natureza industrial, logística, comercial e de serviços. Para além da instalação de empresas dos referidos sectores, essas estruturas favorecem ainda a localização de centros de incubação de empresas, escolas profissionais e/ou tecnológicas, centros empresariais (com salas de formação, salas de reuniões, auditório, etc.) e ainda estruturas complementares de acolhimento, como sejam postos de abastecimento, restauração, agências bancárias, creches e unidades hoteleiras.


Parques Tecnológicos/Pólos Tecnológicos
Consistem em organizações geridas por especialistas, que têm como objectivo aumentar a riqueza da comunidade, através da promoção da cultura de inovação e competividade das empresas e instituições.

Para que se consigam atingir os objectivos traçados, um Parque de Ciência e Tecnologia estimula e gere o fluxo de conhecimentos e tecnologias entre universidades/institutos Politécnicos, instituições de I&D, empresas e mercados. Os parques tecnológicos permitem criar e fazer crescer empresas com base na inovação, através da incubação e de processos spin-off. Podem também fornecer outros serviços de valor acrescentado, como espaços e serviços de apoio de qualidade elevada.

Incubadora de Empresas
Uma incubadora de empresas é um ambiente flexível e encorajador onde é oferecida uma série de facilidades para o arranque e crescimento de novos empreendimentos. Além da assessoria na gestão técnica e empresarial da empresa, a incubadora oferece a infra-estrutura e serviços compartilhados necessários para o desenvolvimento do novo negócio, como espaço físico, salas de reunião, telefone, fax, acesso à internet, suporte em informática, entre outros. Dessa forma, as incubadoras de empresas geridas por organismos públicos, universidades, associações empresariais e fundações são catalisadoras do processo de desenvolvimento e consolidação de empreendimentos inovadores no mercado competitivo. Com base na utilização do conhecimento profissional e prático, os principais objectivos de uma incubadora de empresas estão na produção de empresas de sucesso e na criação de uma cultura empreendedora.

"Spin-off"
É um termo científico usado para designar projectos ou empreendimentos que "decolam" a partir de actividades da universidade e ganham vida própria.

Por natureza, o início de actividade de qualquer empresa é problemático e difícil. Mas, caso se mantenham no concelho as condições actuais, será pouco provável, especialmente aos jovens empreendedores, superarem os desafios iniciais do arranque (compra de terreno, projectos, construção, etc., etc…)

É necessário dotar o concelho com estruturas empresariais com melhores e mais sólidas condições, de modo a promover um ambiente favorável ao fomento de empresas competitivas e combater o risco do insucesso nos primeiros anos de actividade (especialmente nas empresas de perfil tecnológico).

Para um concelho como o nosso, o empreendedorismo assume extrema importância, e se carecemos de progresso não basta detectar os sinais de oportunidade, mas também tomar atenção aos sinais que PODEM IMPEDIR, EFECTIVA OU DEFINITIVAMENTE ESSAS OPORTUNIDADES.

Os jovens de Coruche que por cá vão ficando têm de se libertar da sina de terem unicamente como opção esta matriz de futuro já gasta: desemprego ou magros assalariados (e precários) dos grandes interesses.


Como se pode verificar, o futuro do concelho poderá ser bastante diferente em função da opção que se tomar!

tags:
publicado por portuga-coruche às 22:59
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds