Sábado, 31 de Outubro de 2009

EDP registra lucros de 748 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano

EDP regista lucros de 748 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano

 

O resultado corresponde a queda de 20% face ao período homólogo de 2008. No Brasil, a depreciação do Real afectou os resultados.

Da Redação

 

 

 

Lisboa - A Energias de Portugal (EDP), também presente no mercado energético brasileiro, obteve lucros de 748 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. O resultado corresponde a queda de 20% face ao período homólogo de 2008, quando o resultado foi de 940 milhões de euros.

A contribuição do Brasil para os resultados também foi afectada devido à depreciação da moeda brasileira, o Real, face ao euro.

A EDP salienta que excluindo os itens extraordinários, os lucros aumentaram em 9% para os 780 milhões de euros.

De acordo com comunicado enviado nesta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários português, a EDP informa que o EBITDA consolidado subiu 2%, para 2.427 milhões de euros nos nove primeiros meses do ano, "suportado pelas actividades liberalizadas na Península Ibérica e pelas operações eólicas".

Por sua vez, o EBITDA de actividades reguladas e produção contratada foram afectados por menores resultados não-recorrentes, segundo o comunicado.

Os custos operacionais caíram 5%, para 1.252 milhões de euros, reflectindo os ganhos de eficiência alcançados no programa.Os custos com pessoal caíram 6%, fruto do recente esforço de reestruturação, nomeadamente no Brasil e em Portugal, enquanto os custos com benefícios sociais recuaram 18%. Os outros custos operacionais caíram 4%.

Depreciação do Real afecta contribuição do Brasil

Nos primeiros nove meses do ano, a contribuição da Energias do Brasil para o EBITDA consolidado recuou 15% (- 67 milhões de euros), tendo sido negativamente afectada pela depreciação em 10% da taxa cambial média do Real contra o Euro por custos de reestruturação (RH) ( 5 milhões de euros) e por ganhos não recorrentes nos primeiros nove meses de 2008 (30 milhões de euros), em resultado de volumes vendidos acima dos produzidos, segundo o comunicado da empresa.

No relatório, a EDP refere que ainda que "a partir de Setembro de 2008, concluída a operação de troca de activos com o Grupo Rede, a Enersul ( Mato Grosso do Sul) foi excluída do perímetro de consolidação enquanto a central hidroeléctrica do Lajeado
(detida em 73%, contra 27,65% anteriormente) começou a ser consolidada integralmente".

Distribuição regista crescimento

Ainda relativamente ao Brasil, o EBITDA da distribuição (em real, excluindo a Enersul em 2008) cresceu 5% para os R$597 milhões, devido a um aumento de 1% dos volumes vendidos (fruto de uma queda de 8% nos volumes vendidos ao segmento
industrial, compensada por um aumento de 5% nos volumes vendidos aos segmentos residencial e comercial); a uma menor exposição dos proveitos regulados à procura industrial do que a variações na procura comercial/residencial; e aos impactos dos desvios tarfários do período e da recuperação de desvios tarifários de anos anteriores.

De acordo com o comunicado enviado à CMVM, o EBITDA da Energias do Brasil em moeda local retraiu 6% para R$1.103M suportado pelo EBITDA mais baixo na distribuição devido à venda da Enersul e um abrandamento no crescimento do volume de energia vendida a clientes, que não foi compensado pelo crescimento no EBITDA da produção, suportado
pelo aumento de capacidade.

Por outro lado, os custos operacionais da Energias do Brasil diminuíram 13% face aos nove primeiros meses de 2008, reflectindo principalmente o impacto da operação de troca de activos.

As acções próprias da EDP no Brasil aumentaram de 3,5% para 9,9% do capital devido à aquisição de 6,2 milhões de acções num programa de recompra de acções concluído em abril de 2008.

Neste processo, em Outubro de 2008, a Energias do Brasil comunicou o cancelamento de acções detidas (6,2 milhões de acções); também em Outurbo de 2008, a permuta de activos entre a Enersul/Lajeado implicou a compra de acções aos minoritários devido a regras de regulação, que se reflectiram na aquisição de 13,1 milhões de acções pela Energias do Brasil a R$23,82/acção

 

in Portugal Digital

 

Será justo uma empresa que possui o monopólio electrico em Portugal fazer os preços que faz e depois tem estes lucros, sabendo que custa bastante aos portugas pagar e fazer face aos constantes aumentos sob o argumento de que a energia custa mais porque vem do estrangeiro. Não digo que a EDP não deveria ter lucros, digo é que a regra da oferta e da procura não se devia aplicar numa situação de monopólio como esta e ainda mais quando me parece que afinal os lucros se baseiam na necessidade vital que todos temos da energia eléctrica, pois hoje em dia não existe casa que consiga passar sem ela.

Temos os economistas a esfregar as mãos por termos uma empre forte e sólida que tem excelentes resultados, mas, na verdade o que eu vejo é que esta solidez tem uma só origem: A Exploração dos portugueses e brasileiros, dos pobres. Estes lucros cheiram a exploração e transandam a abuso. Possivelmente os directores vão receber chorudos prémios para engrossar os seus já gordos ordenados enquanto muitos clientes levam a sua energia cortada e só reposta após boa cobrança e pagamento de multa. Deiam de ter vergonha.

Os serviços básicos como a luz, a água e o gás deveriam ter um valor menor e toleravel porque são vitais para que as pessoas mantenham a sua dignidade. Pelo que me aperebo a tendência é precisamente ao contrário e até sob o argumento que se fossem baratos as pessoas abusavam, quando sabemos que quem abusa são aqueles que mais dinheiro tem e esses podem pagar qualquer preço. Não é o pobre que tem piscinas e jacuzis, não é o pobre que possui vivendas que consomem mais num dia que uma simples e humilde casa num mês.

tags: ,
publicado por portuga-coruche às 11:20
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds