Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Justiça reabre processo de Natascha Kampusch

Áustria

Justiça reabre investigação sobre Natascha

por PEDRO CORREIA

Justiça reabre investigação sobre Natascha

O caso da jovem que esteve sequestrada entre 1998 e 2006 continua cheio de "pontas soltas", como reconhecem as autoridades. Natascha Kampusch, hoje com 21 anos, isolou-se do mundo.

O ministério público da cidade de Graz, na Áustria, decidiu reabrir a investigação ao caso Natascha Kampusch, a jovem hoje com 21 anos que foi libertada em 2006 após um longo sequestro. Segundo as autoridades policiais, citadas na edição de ontem do jornal espanhol El País, existem "demasiadas pontas soltas" no processo, que continua a intrigar os austríacos, sobretudo desde há um ano, quando Natascha voltou a abandonar a luz dos holofotes, refugiando-se no seu apartamento de quatro divisões no centro de Viena, onde vive praticamente como uma eremita.

Uma das convicções do ministério público é que o sequestrador de Natascha, Wolfgafd Priklopil, não agiu sozinho. De resto, segundo o testemunho de uma colega de escola de Natascha, que foi testemunha dos acontecimentos no dia 2 de Março de 1998, a então estudante de dez anos foi raptada em plena rua, perto da casa onde vivia nos subúrbios de Viena, por dois homens que a conduziram ao interior de uma furgoneta Mercedes, de cor branca. Um deles, sabe-se hoje, era Wolfgang Priklopil. O outro, ainda ninguém faz ideia quem é. Natascha sempre garantiu que não havia mais ninguém envolvido no seu sequestro.

Mas a polícia e o tribunal acreditam que a jovem nunca contou tudo quanto sabe. A síndroma de Estocolmo, que faz a vítima sucumbir ao desejo de posse do seu captor, pode explicar muita coisa. Mas talvez não explique por completo as lágrimas copiosas que Natascha chorou ao saber que Wolfgand se suicidara atirando-se para uma linha de comboio oito horas após a jovem ter conseguido fugir da residência onde esteve sequestrada entre 1998 e 2006. Natascha fez questão de reconhecer o corpo na morgue e acabou por adquirir a casa de Strasshof, onde viveu reclusa durante oito anos.

"A nossa prioridade é passar em revista todas as provas acumuladas em torno deste caso e, a partir daí, interrogar todas as pessoas necessárias", declarou ao El País o magistrado Thomas Muehlbacher, que está a investigar o caso, admitindo que Natascha possa voltar a ser interrogada.

Um dos pormenores que merece investigação mais profunda é a revelação, feita pela revista alemã Stern, de que Natascha e o raptor passaram um período de férias juntos nos Alpes. Por outro lado, uma antiga vizinha da mãe de Natascha assegura que Brigitta Sirny-Kampusch, hoje com 59 anos, conhecia perfeitamente Wolfgang Priklopil, um técnico de electrónica que trabalhou na multinacional Siemens e chegou a ter negócios na área da construção. Por outro lado, um ex-sócio dele, Ernst Holzapflelt, revelou à polícia que Wolfgang - que tinha 44 anos quando se suicidou - era visita da casa de Natascha, filha de pais separados. Falta ainda saber com pormenor o que aconteceu nas horas que antecederam o rapto. Brigitta já confessou que nesse dia deu uma bofetada à filha, por alegado mau comportamento da pequena. As relações entre mãe e filha permanecem distantes, como todos os jornalistas que acompanharam o caso puderam testemunhar.

"Vivo como uma eremita, tenho ataques de ansiedade", declarou a jovem, há cerca de um mês, ao diário alemão Süddeutsche Zeitung, revelando que o seu maior objectivo na vida, actualmente, é passar tão despercebida quanto lhe for possível. Evita até sair à rua: a aura de celebridade que a rodeou há três anos produziu maus resultados. Segundo Natascha, é frequente cruzar-se com pessoas que a insultam na via pública e a responsabilizam pela morte de Wolfgang. As suspeitas de que o captor estaria relacionado com redes pedófilas chegou também a ser investigada, embora sem êxito. Neste caso continuam a ser muito mais as sombras do que as luzes.

 

in DN

 

publicado por portuga-coruche às 10:20
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds