Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Últimas notícias: Vinte activistas da Greenpeace estão agora em frente à sede do grupo Jerónimo Martins em Lisboa

Greenpeace Portugal

Activistas da Greenpeace penduram banner com a mensagem "Jerónimo Martins destrói os oceanos" na sede do Grupo Jerónimo Martins em Lisboa. 

Activistas da Greenpeace penduram banner na sede do Grupo Jerónimo Martins.

Ampliar fotografia

Lisboa — Vinte activistas da Greenpeace bloquearam, hoje de madrugada, parcialmente, a entrada na sede do Jerónimo Martins. Com tripés de mais de nove metros de altura à entrada do edifício e um banner gigante suspenso na fachada alerta com a mensagem “Jerónimo Martins destrói os oceanos ”, os activistas dificultaram o “business as usual” do grupo.

Há mais de um ano que a Greenpeace está a tentar entrar em contacto e até hoje sem sucesso. A organização pretende ficar no local até que o grupo assuma a responsabilidade de preservar os recursos marinhos e se comprometa a dar passos concretos para a implementação de uma política de compra e venda de peixe sustentável e transparente.

Pedidos da Greenpeace ao grupo Jerónimo Martins

O grupo de distribuição alimentar Jerónimo Martins deve reconhecer de imediato e por escrito a sua responsabilidade na preservação dos oceanos. O presidente do grupo Jerónimo Martins, Luís Palha da Silva, deve ainda concordar em reunir com a Greenpeace e passar das palavras à acção, através:

  • do compromisso em subscrever a 5 princípios de uma política sustentável de compra e venda de peixe. Entre eles, o suspender a venda de espécies de peixe ameçadas, apoiar a comercialização das espécies mais sustentáveis, melhorar a rastreabilidade e etiquetagem dos produtos, promover e implementar prácticas sustentáveis.
  • do retirar imediato das prateleiras de 3 espécies da Lista Vermelha de Peixes da Greenpeace;
  • do compromisso em rever todas as espécies de peixe que comercializa, de acordo com os princípios adoptados para uma política sustentável de compra e venda de peixe sustentável, até meados de 2010.

Jerónimo Martins - Líder de Mercado, Não de Soluções

Todos os anos são gastos, em Portugal, mais de 1.047 milhões de euros em peixe, dos quais mais 70% são gastos nas grandes superfícies. Os grupos Lidl, Sonae, Os Mosqueteiros e Aunchan já estão a dar passos para uma adoptar uma postura responsável em relação aos produtos que vendem. É inadimissível que o grupo, que se considera líder do mercado de distribuição alimentar em Portugal, seja o único que até agora ainda não mostrou preocupação pela crise que os oceanos enfrentam.

Consulte o Calendário da campanha

Esta acção, que contou pela primeira vez com a participação em grande escala de activistas portugueses em colaboração com a Greenpeace Internacional, decorre poucas semanas depois do lançamento do segundo ranking de supermercados em Portugal que coloca o grupo Jerónimo Martins - com os supermercados Pingo Doce e Feira Nova - em último lugar.

Oceanos - O Preço da Destruição

Nas últimas décadas, temos assistido à devastação rápida da vida marinha do nosso Planeta. A exploração desenfreada e insustentável dos mares e oceanos poderá conduzir, dentro de pouco anos, a uma subida inigualável do preço do peixe e transformar este recurso, tão mais valioso quanto mais escasso, numa relíquia rara a que poucos vão poder aceder.

Nos supermercados Pingo Doce e Feira Nova continuamos, por exemplo, a encontrar espécies como o tubarão - uma espécie em alto risco devido à sobrepesca e pesca acidental. Os tubarões têm uma taxa de crescimento das populações bastante lenta - para além de atingirem a maturidade reproductiva tardiamente, estes produzem poucos juvenis – tornando numa espécie capaz de ser rapidamente dizimada.

O preço da destruição dos oceanos é alto. Milhões de pessoas em todo o mundo correm o risco de ver desaparecer os recursos de que dependem - e os portugueses não são excepção.A Greenpeace alerta que é urgente acordar para esta crise sem precedentes e passar imediatamente de palavras à acção, para garantir a sobrevivência da vida marinha do nosso planeta.

 
in Greenpeace
 
publicado por portuga-coruche às 11:07
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

THE PENGUINS - EARTH ANGEL

 

 

 

 

The Penguins : Earth Angel (will You Be Mine)

 

(oh, oh, oh, oh, wah-ah-ah, oh, oh, oh, oh


Earth angel, earth angel
Will you be mine?
My darling dear
Love you all the time
I'm just a fool
A fool in love with you

Earth angel, earth angel
The one I adore
Love you forever and ever more
I'm just a fool
A fool in love with you

I fell for you and I knew
The vision of your love-loveliness
I hoped and I pray that someday
I'll be the vision of your hap-happiness oh, oh, oh, OH!

Earth angel, earth angel
Please be mine
My darling dear
Love you all the time
I'm just a fool
A fool in love with you-ou-ou

I fell for you and I knew
The vision of your loveliness
I hope and pray that someday
That I'll be the vision of your happiness

oh, oh, oh, oh, oh, oh , oh, oh, oh

Earth angel, earth angel
Please be mine
My darling dear
Love you all the time
I'm just a fool

A fool in love with you-ou (you, you, you)

 

in Metrolyrics

 

Um bonus: a versão desta música cantada pelo M.J. Fox, Marvin Berry & The Starlighters no filme "Regresso ao Futuro"

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 11:21
link | comentar | favorito

Escravizado quatro meses

O suspeito de 29 anos é residente em Espanha e foi ouvido no TIC
 

Espanha: Jovem de 18 anos submetido a trabalhos forçados e agressões

Escravizado quatro meses

O suspeito de 29 anos é residente em Espanha e foi ouvido no TICDurante quatro meses, um jovem de apenas 18 anos foi escravizado em Espanha por um homem que o sequestrou numa rua do Porto, em Agosto de 2008. Anteontem, a Polícia Judiciária deteve o suspeito, de 29 anos, residente em Espanha, mas depois de ouvido no primeiro interrogatório judicial ficou em liberdade, sujeito ao termo de identidade e residência.

 

Após ser sujeito a um vasto rol de sevícias – sendo que o suspeito o agrediu por diversas vezes –, o jovem conseguiu fugir da zona de Logroño, onde tinha também sido submetido a exploração laboral, maioritariamente em campos agrícolas. Regressou ao Porto em Novembro do ano passado.

Recentemente, o detido voltou a Portugal para, segundo o CM apurou, reencontrar o jovem e voltar a levá-lo para Espanha. Todavia, a PJ fora alertada para a presença do sequestrador junto da vítima e montou-lhe um cerco que acabou na sua captura. O suspeito é descrito como alguém com um "profundo desprezo e desrespeito pela dignidade humana", tendo feito proveito da "vulnerabilidade psicológica e sócio-cultural" da vítima.

PORMENORES

VÁRIOS TRABALHOS

O jovem foi obrigado a submeter-se a trabalhos em obras de construção civil e num parque de diversões.

ROTATIVIDADE

Durante os quatro meses, a vítima foi viajando e trabalhando temporariamente em várias cidades espanholas.

CRIMES

O suspeito está indiciado pelos crimes de tráfico de pessoas, escravidão e sequestro.

Liliana Rodrigues/ João Carlos Malta
 
in Correio da Manhã

 

Curioso! no caso do Pastor aconteceu a mesma coisa ! O raptor voltou impunemente várias vezes para levar o escravizado. Como se tivesse mentalizado uma posse.

Saiu em liberdade ?! Nem sabemos o nome nem existe foto ? Onde está a dignidade desta "justiça" ?

 

Novidades neste caso, vem agora do DN que avança com mais pormenores, aqui vai a notícia:

Jovem sequestrado e vítima de escravidão em Espanha

por ALFREDO TEIXEIRA

 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 29 anos, de etnia cigana e de nacionalidade espanhola, suspeito do crime de tráfico de pessoas, escravidão e sequestro. A vítima, um jovem de 18 anos foi levado para Espanha, obrigado a trabalhar e privado da liberdade.

O crime ocorreu entre Agosto e Novembro do ano passado. O jovem, residente no Bairro de Francos, no Porto, foi abordado na rua, tendo-lhe sido prometida uma oferta de emprego em Espanha. Na região de Logroño foi submetido a exploração laboral. Ajudou na construção da casa do detido, andou a recolher papel pelas ruas e trabalhou em recintos de diversão.

O detido foi capturado no Porto quando se preparava para resgatar de novo a vítima.

 

 
in DN
publicado por portuga-coruche às 11:06
link | comentar | favorito

Moita Flores vai continuar a levar doentes a Cuba enquanto houver "marosca" em Portugal

O presidente da Câmara Municipal de Santarém disse hoje que o acordo para operar munícipes em Cuba vai continuar “enquanto perceber que há marosca”, tanto nas cirurgias como nas consultas externas de oftalmologia.

 

Francisco Moita Flores, independente eleito pelo PSD, almoçou com o segundo grupo de munícipes operados aos olhos em Cuba, afirmando que continua atento às listas de espera.

 

“Quando perceber que existe marosca, não só nas listas de espera para cirurgia mas também nas consultas externas - basta fechar a lista das consultas para reduzir o agendamento de cirurgias -, lançarei nova provocação”, disse, sublinhando o impacto que a adesão de Santarém ao programa iniciado por outras autarquias teve no país.

 

Moita Flores criticou as razões “muitas vezes burocráticas, de poupanças até irrisórias, que levam (o Serviço Nacional de Saúde) a tratar pessoas como se fossem coisas”, frisando que o programa de operações em Cuba resulta da “preocupação com as pessoas mais velhas e mais carenciadas”.

 

O autarca disse também que o almoço com os munícipes operados visou apenas partilhar com eles a “alegria” de voltarem a ver, o que ficou espelhado no pedido que um homem lhe fez, para autografar o seu último livro, porque voltou a ler, ou de uma mulher que lhe disse ter voltado a ver o neto que não via há dois anos.

 

Maria Arminda, 66 anos, está a fazer um presépio de barro para oferecer ao presidente da Câmara Municipal de Santarém, uma forma de agradecer a operação às cataratas em Cuba, que lhe devolveu a visão.

 

Com 66 anos, há muito que tinha abandonado o passatempo de trabalhar o barro, porque a vista já não permitia.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 10:23
link | comentar | favorito

Sete pontes de Coruche estão encerradas para reparação até Agosto

As sete pontes sobre o rio Sorraia, no concelho de Coruche, vão estar encerradas para reparações até Agosto, com a alternativa de circulação a fazer-se através de uma ponte militar.

O presidente da câmara de Coruche, Dionísio Mendes, classificou as intervenções nas infra-estruturas de ferro como "prioritárias", em virtude dos equipamentos terem cerca de 70 anos, e nunca terem sido executadas obras nas pontes que servem cerca de "12 mil veículos que diariamente atravessam o Sorraia".

 

A ponte alternativa, já em funcionamento, é "uma solução temporária", enquanto as restantes travessias são "repavimentadas, substituídas as juntas de dilatação e concluídas as obras de melhoramento", explicou o presidente da câmara.

 

Na estrutura construída pela engenharia militar vão passar "veículos ligeiros, prioritários e autocarros de passageiros", enquanto que os veículos pesados de mercadorias "serão desviados para outras alternativas rodoviárias", explicou Dionísio Mendes.

 

O autarca de Coruche lamentou os incómodos aos utentes e garantiu que "até dia 05 de Agosto, as intervenções nas sete pontes existentes ao longo de dois quilómetros e meio estarão concluídas".

 

A travessia alternativa foi construída em cerca de quatro semanas pela Escola Prática de Engenharia e, de acordo com o tenente-coronel Hélder Perdigão, "é a ponte de maior vão montada pela Engenharia Militar Portuguesa", com "um vão de 51 metros e uma capacidade de carga de 23 toneladas".

 

Segundo o Exército, este tipo de pontes são montadas por vários blocos, quase como uma construção em 'LEGO', sendo que no caso da ponte de Coruche, que decorreu entre 08 e 19 de Junho, foram utilizados "232 painéis metálicos, ligados entre si por 45 vigas metálicas - totalizando um peso de 103 toneladas - e estiveram envolvidos cerca de 40 militares e 10 viaturas".

 

in O MIrante

publicado por portuga-coruche às 09:30
link | comentar | favorito

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds