Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013

Traficante transportava 70 gramas de cocaina

CONDUTOR APANHADO COM MAIS DE 1000 DOSES DE DROGA

 

 

A GNR de Coruche deteve um condutor que transportava no seu carro cocaína suficiente para 558 doses individuais e 655 doses de haxixe, na noite de terça-feira, 29 de janeiro.

O homem, de 33 anos e residente em Benavente, foi apanhado após tentar fazer uma inversão de marcha na Estrada Nacional 10, de forma a evitar parar numa operação STOP que decorria junto ao posto de combustível do Biscainho, concelho de Coruche.

O indivíduo acabou por ser perseguido e mandado parar algumas centenas de metros mais à frente, tendo-se mostrado bastante nervoso quando foi abordado pela patrulha.

Ao revistar o interior da viatura, os militares encontraram não só a elevada quantidade de estupefacientes e ainda três navalhas e 390 euros em dinheiro, tendo apreendido também o carro em que seguia.

O sujeito, um operador de Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR's), passou a noite detido no posto da GNR de Coruche e foi transportado durante a tarde de quarta-feira, 30 de janeiro, ao Tribunal de Santarém, onde foi presente a um juiz de instrução criminal.

O arguido vai aguardar julgamento em prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Leiria.

 

 

Foto: GNR - Comando Territorial de Santarém

in Rede Regional

 

A GNR cumpre a lei, mas estas medidas, a meu ver, não resolvem os problemas nas suas variadas dimensões.

Os problemas são:

1 - A dependência dos consumidores, com impacto e consequências na saúde do consumidor e na sua vida familiar e comunitária. 

2 - Criminalidade devido não só ao custo do produto como aos problemas em obtê-lo por ser um produto ilegal. O dependente não consegue suportar os elevados custos do produto que consome e levado pelo sofrimento da abstinência tenta vender não só pertences familiares como todo aquilo a que pode meter a mão. Acumula não só os problemas familiares que acarreta a situação como os problemas judiciais, com as forças policiais e com os tribunais.

3 - Por ser um produto ilegal e caro é distribuído por pessoas sem escrúpulos e que, muitas vezes não se inibem de inserir produtos perigosos   para os consumidores de modo a obterem ainda mais lucros com o produto. As consequências são as mais variadas e são comuns as hepatites e infecções variadas.

4 - Devido ao estado alterado resultante ou da dependência ou do consumo de drogas os consumidores tornam-se também num problema social, não só porque a dependência altera as suas prioridades em termos sociais e pessoais. Nalguns casos o dependente deixa de cuidar da sua higiene e abandona o comportamento habitual do cidadão normal que procura criar uma imagem de pessoa de bem, de confiança e amabilidade. O dependente é um escravo químico e psicológico, um oprimido e um doente físico e mental que destrói a sua vida, a vida daqueles daqueles que lhe são próximos e, devido não só á sua dependência mas à ilegalidade do que consome é levado a praticar vários crimes.

 

Seria necessário uma alteração legal a nivel mundial de modo a passarem a ser os serviços de saúde a distribuir as substâncias, com qualidade e de uma forma digna. Só assim se impedia uma emigração para os países despenalizadores. Por outro lado, com a intervenção do estado deixaria de haver tráfico e, numa fase seguinte poderia-se fazer então algum trabalho na reabilitação dos dependentes, prevenção de futuros etc...

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2012

GNR de Coruche prende quatro traficantes de droga

O Núcleo de Investigação Criminal de Coruche deteve quatro homens, por tráfico de estupefacientes, na quinta-feira, 6 de dezembro.
Segundo a GNR, estas detenções realizaram-se no âmbito de um inquérito por tráfico de estupefacientes a decorrer neste Núcleo de Investigação Criminal, no cumprimento de mandados de busca domiciliária, foram realizadas buscas às residências dos suspeitos sitas no Porto Alto e em Vialonga. A GNR apreendeu aos quatro traficantes 1.565 doses de cocaína, 7.518 doses de haxixe, 74 doses de Cannabis Sativa, uma grande quantidade de sementes de Cannabis, 685 euros em dinheiro, 15 telemóveis, uma pistola de alarme, duas balanças digitais, um moinho e vários sacos para acondicionamento de estupefacientes.
Nesta operação foram empenhados 76 militares de diferentes unidades e valências, designadamente do Núcleo de Investigação Criminal de Coruche, militares do Comando e dos Postos Territoriais do Destacamento de Coruche, do Núcleo de Apoio Operativo e Núcleo de Apoio Técnico do Comando Territorial de Santarém e ainda, militares do Grupo de Intervenção de Operações Especiais, Grupo de Intervenção de Ordem Pública e Grupo Intervenção Cinotécnica da Unidade de Intervenção da GNR.
Presentes a Tribunal, três dos detidos  ficaram em prisão preventiva e ao quarto indivíduo  foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais no Posto da GNR da sua área de residência.

 

 

Por: João Baptista

in O Ribatejo

 

tags: , ,
publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

Detidos em Coruche por tráfico de droga

Coruche

Detidos dois suspeitos e identificados cerca de 20 por tráfico de droga

 

 
A Polícia Judiciária anunciou a detenção de dois suspeitos por alegada produção e tráfico de estupefacientes e posse ilegal de várias armas de fogo.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira  a detenção de dois suspeitos de 25 e 37 anos, por alegada produção e tráfico de estupefacientes e posse ilegal de várias armas de fogo.

Na operação, denominada de "BD", a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) realizou 12 mandados de busca domiciliária e mais de duas dezenas de buscas em viaturas, na zona de Coruche, tendo sido identificadas cerca de 20 pessoas.

 

Em comunicado, a PJ adianta que apreendeu 60 plantas de cannabis, duas placas de haxixe, duas espingardas caçadeiras, duas pistolas (uma de alarme), diversos tipos de armas brancas, munições e cartuxos.

Além deste material, foram também confiscados telemóveis, computadores portáteis, máquinas fotográficas, 4 mil euros em dinheiro e documentação diversa.

A acção policial decorreu na zona de Coruche e contou com a participação de elementos da PJ e de um dispositivo da GNR, que incluiu elementos de intervenção de ordem pública, operações especiais, equipas cinotécnicas dos Destacamentos Territoriais de Santarém e Coruche.

Os suspeitos serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coacção.

 

 

 

in Correio da Manhã

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

Coruche – Identificado por posse de haxixe

Um jovem de 16 anos foi identificado, esta madrugada (dia 29), pela GNR de Coruche, por posse de estupefaciente.
O indivíduo, que foi interceptado pelos militares na via pública, estava na posse de 30,5 doses de haxixe. Foi sujeito a Termo de Identidade e Residência.

 

Data de Inserção: 29/Dez/2011
Fonte: DCRP
 
in GNR
 
 
O trágico nem é o jovem ter haxixe e ter que ir a tribunal, afinal devam passar uns quilitos da "branca" por dia em Coruche e as autoridades passam o dia na caça à multa e a noite a levar putos com haxixe a tribunal (esta até é a parte cómica)?! O trágico, a meu ver, é alguém de 16 anos andar de madruga na rua e os pais não irem a tribunal ou o jovem não ser encaminhado para uma atenção profissional! Com 16 anos, de madrugada e nas ruas? Caramba! Neste aspecto, é meritório o trabalho da GNR mas falham as autoridades judiciais graças ao vazio legal que em vez de resolver a situação procura o aspecto punitivo, se isso se pode chamar apresentar-se regularmente no Posto de Coruche! As autoridades em conjunto com a família deveriam procurar um compromisso para resolver esta questão de uma vez por todas!
 
publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Calda de ananás trazia ‘coca’ da Colômbia

Droga vinha em nome de empresário português, Belarmino Manuel, de Torres Novas

 

Droga estava em latas com calda

Nas 4200 latas de ananás que chegaram ao porto de Lisboa há uma semana, provenientes da Colômbia, vinha a inscrição ‘O Sabor do Campo’, mas 38 delas tinham antes cocaína diluída na calda, num total de 56 quilos daquela droga.

 

Numa acção conjunta entre a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ, bem como da polícia e alfândegas de Espanha, foi possível detectar esta carga dissimulada através de um método inédito.

Um empresário português de Torres Novas, Belarmino Manuel, era o destinatário da droga, que depois teria como destino Espanha, onde foi detido o cabecilha da rede, um colombiano, e dois espanhóis. Segundo Ricardo Macedo, coordenador da PJ, "este método é novo e de difícil detecção", estando ainda a ser abertas muitas embalagens. A este grupo criminoso já tinham sido apreendidos, em Outubro de 2010, no Equador, 472 quilos de cocaína escondidos em peixe congelado.

 

 

Por:J.T.

in Correio da Manhã

 

 

 

As reacções não se fizeram esperar: Muitos tem sido os consumidores que em protesto ameaçam passar a consumir heroína.

A principal razão do protexto prende-se com o facto das autoridades deixarem passar a coca dentro de peixe, nas tripas de alguns correios de droga e até misturada com adubos, agora, que vinha com um paladar agradável é que se lembraram de interceptar a carga. Isso não se faz!!!!

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

GNR de Abrantes deteve indivíduo com grande quantidade de droga

 

 

A GNR de Abrantes deteve na sexta-feira, 14 de Janeiro, um indivíduo de 27 anos que tinha na posse de 190 gramas de heroína e 147 gramas de cocaína.

Além dos estupefacientes, o suspeito transportava consigo mais de 21 mil euros em dinheiro, 100 francos suíços, vários objectos em ouro, dois telemóveis e um computador portátil, artigos que foram apreendidos pelos militares.

O detido foi interceptado por volta das 15 horas, pela Equipa de Intervenção da GNR de Abrantes, ao volante de um BMW topo de gama, e não possui carta de condução, tendo a viatura sido também apreendida.

O homem, de etnia cigana e residente no problemático bairro de Vale das Rãs, Abrantes, andava já a ser investigado no âmbito de um inquérito em curso por tráfico de estupefacientes.

“Pensamos ter conseguido travar um dos principais abastecedores do mercado da cidade e dos arredores”, disse ao nosso jornal fonte do Comando da GNR de Santarém, tendo em conta “a quantidade apreendida, pois 337 gramas é um número elevado em relação ao que costumamos apanhar nesta zona”.

O detido foi presente no sábado de manhã ao Tribunal Judicial de Abrantes, tendo o juiz determinado que deve aguardar julgamento em prisão preventiva, no Estabelecimento Prisional de Torres Novas.

 

Por João Nuno Pepino

in O Ribatejo

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:05
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Dezembro de 2010

Suspeito de homicídio qualificado detido em Espanha

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou sexta-feira a detenção, pelas autoridades policiais espanholas, de um homem de 35 anos suspeito do crime de homicídio qualificado cometido a 23 de Outubro em Alcanena.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ informa que “desenvolveu uma difícil e complexa investigação relativa a um crime de homicídio qualificado cometido de forma especialmente violenta”, que permitiu “a identificação do seu presumível autor e a consequente emissão de mandados de detenção europeu e internacionais”.

Segundo a PJ, o suspeito foi detido precisamente um mês depois do crime “na zona de Badajoz, onde se tinha refugiado logo após a prática do crime, com o apoio de familiares, usando identidade falsa com o objectivo de se furtar à acção da justiça portuguesa”.

“Após ter sido prontamente extraditado para o nosso país pela Audiência Nacional de Madrid”, o arguido foi presente a um juiz de instrução criminal que lhe determinou a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, refere o mesmo comunicado.

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que no decurso da investigação foi apreendido, em Coimbra, o veículo usado no crime e, em Coruche, uma arma de fogo e 25 munições, concelho onde foram detidas duas mulheres – irmã e prima do alegado homicida.

A mesma fonte esclareceu que as arguidas, que aguardam o processo em liberdade condicionada a apresentações semanais às autoridades policiais, “faziam visitas regulares a Espanha”, onde se encontrava o presumível homicida.

O responsável da Judiciária explicou que se tratou de um crime especialmente violento dado que o suspeito “disparou seis tiros nas pernas e outro nos testículos da vítima”, que ainda sofreu agressões na cabeça com “uma moca de madeira”.

“O arguido, sem ocupação profissional, tem registos criminais por tráfico de estupefacientes”, crime que a PJ admite possa ter sido o móbil do homicídio.

A vítima estava ligada à construção civil e teve um estabelecimento de diversão nocturna, acrescentou esta fonte.

 

in O Mirante

 

 CM dá mais alguns pormenores....

 

Alcanena: Antes deu oito tiros à vítima abaixo da cintura

Tortura com moca

Por desavenças relacionadas com negócios de droga, um homem, de 35 anos, atraiu um ex-empresário da noite de Santarém para uma cilada, e num local ermo baleou-o com oito tiros, todos da cintura para baixo.~

 

Por:Luís Oliveira

 

 

O corpo do empresário Luís Rosário, de 40 anos, foi encontrado numa poça de sangue em via de terra batida

De seguida, e num cenário que a Polícia Judiciária descreve como sendo "especialmente violento", torturou-o com pancadas desferidas com uma moca. Até à morte.

O homicídio ocorreu no dia 23 de Outubro, em Alcanena. A vítima, Luís Rosário, de 40 anos, foi encontrada morta por um popular que passava de motorizada.

Segundo apurou ontem o CM junto de fonte policial, na origem do homicídio estão questões relacionadas "com negócios de droga". "Alguma coisa correu mal entre os dois, o que acabou por resultar na morte do homem", explicou a mesma fonte, salientando que o suspeito atraiu a vítima "para o seu carro e levou-o para um local onde concretizou o homicídio".

Tal como o CM noticiou no passado sábado, após o crime, o suspeito pôs-se em fuga para Espanha, mas os investigadores da Polícia Judiciária de Leiria localizaram-no de imediato e seguiram-lhe os passos até ser detido, no dia 23 de Novembro, pela Guarda Ci-vil em Villafranca de los Barros, na zona de Mérida,Espanha.

O suspeito esteve detido no Centro Penitenciário de Soto del Real (Madrid), até ser extraditado para Portugal, na passada segunda-feira. Foi presente ao juiz do Tribunal de Alcanena que lhe determinou prisão preventiva.

Segundo a PJ, durante as investigações foram constituídas arguidas duas mulheres – a esposa do suspeito e outra familiar, de 30 e 21 anos – que "auxiliaram o detido na fuga, visitaram-no várias vezes e dificultaram" o trabalho dos investigadores. Foram interrogadas judicialmente e ficaram sujeitas a apresentações semanais no posto policial da área da sua residência.

 

in Correio da Manhã

 

publicado por portuga-coruche às 09:06
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Tráfico de droga e alcoolismo nas escolas de Benavente

Tráfico de droga e alcoolismo à porta das escolas do concelho de Benavente preocupa pais e professores

Diversos casos de alcoolismo e toxicodependência dentro e fora de vários estabelecimentos de ensino do concelho de Benavente estão a preocupar pais, professores e autarcas. O tráfico de droga às portas das escolas continua a ser feito durante o dia por homens que conseguem sempre fugir antes que os funcionários dos estabelecimentos de ensino consigam contactar a Guarda Nacional Republicana.

 

Os programas especiais da GNR (como é o caso da Escola Segura) mantêm-se, mas o tráfico continua. Quando a Guarda consegue actuar, como aconteceu na última semana, apreende mercadoria, muitas vezes dentro dos muros da escola. “Há alunos a consumir e a distribuir droga dentro das escolas, inclusive nas casas de banho, especialmente em Samora Correia e Benavente. Não esquecendo o consumo de álcool, que também se verifica muito”, garante fonte da GNR a O MIRANTE, acrescentando que estão em curso “investigações” que poderão levar a detenções futuras.

 

“Há pessoas ligadas à venda de droga às portas das escolas. Recorde-se que a GNR apreendeu droga nos cacifos dos alunos em Samora”, informou o vereador José da Avó (PSD) na última reunião pública do executivo de Benavente, realizada na tarde de 18 de Outubro.

 

As preocupações ganham outra dimensão pouco tempo depois de dois jovens, com idades entre os 12 e os 13 anos, provenientes do Porto Alto, terem sido transportados para o Hospital de Vila Franca de Xira em coma alcoólico, depois de terem estado, na companhia de um outro aluno de 16 anos, a consumir bebidas “duras” a poucos metros da EB 2,3 Professor Fernandes Pratas, em Samora Correia. Neste caso foi o porteiro que deu o alerta. O jovem de 16 anos aguardou no posto da GNR a chegada dos pais.

 

“Isto é algo que nos deve preocupar a todos e penso que deveria ser criado um programa de erradicação destas práticas. Devemos começar a trabalhar em colaboração com várias entidades, incluindo o Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT)”, defendeu o autarca. Em resposta o presidente da Câmara Municipal, António José Ganhão (CDU) foi mais longe, dizendo que existem “dealers” - vendedores de droga - dentro das escolas.

 

“Tenho consciência que este é um problema muito sério que temos pela frente. Se passar perto de uma escola básica dos 2º e 3º ciclos encontrará à porta pessoas estranhas à escola, pessoas essas que estão ligadas ao problema da droga. Hoje em dia temos “dealers” dentro da própria escola”, lamentou.

 

O edil acrescentou também que “compreende” a dificuldade da GNR “em afastar toda a gente estranha dos portões de todas as escolas” e lamentou que “não tenha capacidade para actuar”. A vereadora comunista Gabriela Santos explicou entretanto que estão a decorrer em todo o concelho acções conjuntas com o IDT. O objectivo é identificar casos de risco, acompanhá-los e reabilitá-los. O tráfico e consumo de droga e a ingestão de bebidas alcoólicas são os problemas mais assinalados. O director do Agrupamento de Escolas de Samora Correia, César Gabriel Barreira, reconhece o problema e diz que “não é por acaso que a maior apreensão de sempre de Ecstasy em Portugal foi feita em Samora Correia há quase cinco anos”.

 

Na opinião do responsável está a falhar o acompanhamento dos pais em casa. “Os alunos estão entregues a si próprios sem que os pais consigam controlar a vida dos filhos. Como pai, professor e cidadão isso preocupa-me”. Em declarações a O MIRANTE o director do agrupamento confessou já ter recebido ameaças à integridade física por estar “a marcar presença contra este problema” da toxicodependência nas suas escolas.

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010

INSEGURANÇA EM ABRANTES - Intervenção pública de Fernando António Dias Correia

Recebi por mail, a seguinte mensagem que transcrevo. Foi apresentada na Assembleia Municipal pelo Mestre Fernando Correia deficiente auditivo instrutor, professor de Judo e osteopata conhecido por toda a cidade, um homem com coragem.
Eu tenho filhos que saiem à noite com os amigos e também já tiveram destes problemas (sem consequências, felizmente). Apoio e subscrevo tudo o que foi dito.

Neste BLOG pode saber-se mais sobre o Mestre Fernando Correia

"Caríssimos Abrantinos:
Senhora Presidente da Câmara, Senhores Vereadores:
Senhor Presidente da Assembleia Municipal:
Sua Excelência,
Sr. Ministro do Governo, aqui presente,
Dr. Jorge Lacão:

_____________________________________________________
O Terror instalou-se em Abrantes:

Devo dizer que como surdo-profundo, não me foi fácil perceber a realidade do que se passa nesta cidade, antes de ter mergulhado nela.

Enquanto todos sabem e comentam, as necessidades especiais de comunicação que tenho, que obrigam o interlocutor a escrever num papelinho a sua comunicação, eu pouco sabia…

… até que o meu filho Hugo foi vitima de espancamento, ameaças de morte, extorsão, destruições nos seus bares e perseguição constante para entregar uma mala com dinheiro e um carro…

Não tenho nada contra os ciganos, porque sei que os há bem formados, com licenciaturas e uma vida normal de trabalho, e com boa integração na vida social.

Acontece que, em Vale de Rãs, Abrantes, existe uma comunidade cigana que alberga um grupo de criminosos que aterroriza toda a cidade.

Pois foram estes que cercaram o meu filho, junto de um dos seus bares, cerca de 15 a 20 delinquentes, exibindo armas, e lhe bateram, e… pasme-se… até o avisaram de que se contasse ao pai, eu que estou aqui presente, quase com 65 anos de idade," lhe cortavam as orelhas e o matavam"…

Pois o terror instalado na mente do meu filho foi tal que, nada me contou, saindo da cidade, em férias antecipadas, levando a esposa, sem nada lhe dizer.

Vim a saber o que se passava por uma senhora da cidade que ouviu falar e me contou.

Procurei o meu filho, já ele estava em casa; e notei nele um olhar tal que parecia saído do fundo de um poço.

Disse-me que não me queria contar o pormenor de me cortarem as orelhas, mas para eu ter cuidado.

Devo dizer que, no fim da tarde do dia seguinte, numa situação muito perigosa, pois nem a Policia lá vai, fui ao bairro dos ciganos e mandei chamar o chefe do bando, conhecido por Calão; e o Chefe do clã, conhecido por Chico-Cigano; e lhes disse que não se metessem mais com o meu filho, pois qualquer assunto, seja o que for, de futuro, é tratado comigo e não com ele. Se querem problemas, não se metam com ele; metam-se comigo. Pois se se meterem com ele, estão a meter-se comigo e é comigo que qualquer assunto desta natureza tem de ser tratado.

Eu, que já tive 4 Car-Jacking na forma tentada; e, há 5 semanas, uma tentativa de um 5º Car-Jacking; para além me ver na contingência de atacar um gang de 5 ou 6 elementos, que na noite de Lisboa espancava um taxista, libertando este; desarmado mas não desautorizado, pois o bando fugiu…

Eu que tenho a idade com que o meu pai morreu, tenho de superar a Policia.. e quantas vezes… fui a Policia, nesta cidade e noutras em que tive mesmo de salvar a Policia…

…consegui parar a violência sobre o meu filho, mas não a violência que crassa na cidade.

A violência, com mortes, assaltos, roubos, extorsões e espancamentos por motivos fúteis e pura diversão, são uma constante.
Por ora, não há militares, sejam Soldados, Sargentos ou Oficiais a sentirem-se seguros numa visita à cidade de Abrantes.

Mesmo em grupos numerosos, os militares, são provocados, intimidados, ameaçados, e espancados, perante numerosas armas apontadas.

O 2º CMDT dos Páras de Tomar, consta que também foi espancado na cidade de Abrantes.

Policia, Bombeiros, pessoal do INEM, vários empresários da cidade, seguranças e vários cidadãos já foram vítimas de espancamentos, alguns praticamente até o estado de coma.
É óbvio que a Câmara Municipal de Abrantes, se veja preocupada com o possível encerramento do Parque Urbano de São Lourenço, a saída de famílias que já foram vitimas deste grupo, o encerramento de discotecas, e a exclusão da cidade como meio acolhedor para viver, investir e visitar.
Há que tomar medidas.

_____________________________________________________
Propostas:

Levantamento exaustivo de todas as situações, mesmo que passado que seja o prazo para apresentação legal de queixas.
Reunião com os Comandos Militares da Região, para obter um levantamento exaustivo de todos os casos ocorridos, mesmo que sem participação.
Avançar com uma proposta de estado de sítio…

…e pedir ao Governo uma intervenção militar em força, que controle todos os movimentos suspeitos e faça detenções para revistas.
Possível cerco ao bairro onde se acoita o grupo, com uma duração indeterminada de meses e controle de entradas e saídas.
Rusgas minuciosas para encontrar a droga e as armas que traficam e frequentemente exibem; sem nunca serem encontradas pelos GOES.
Escutas a pessoas chave, mas insuspeitas, que podem estar transmitindo informações confidenciais a estes marginais.
Trabalho comunitário obrigatório para quem goza de subsídios de inserção social mas nada faz nem sequer se inscreve no Centro de Emprego.
Controle apertado de todas as situações de gozo deste subsídio.
E que mais?

Arranjem uma sala e um grupo de pessoas interessadas em receber formação para, caso se vejam envolvidas, saberem lidar com estas situações, pois o problema é o medo que se instalou e torna as pessoas ainda mais vulneráveis.
Eu serei o Líder dessa formação.

E que mais? Ficamos por aqui?
Cabe uma palavra ao poder executivo!

Em força, já!...

_____________________________________________________
Assembleia Municipal de Abrantes - 27/09/2010 - Intervenção pública de
Fernando António Dias Correia

 

in Blog "Abrantes e não só"

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Insegurança em Abrantes denunciada na assembleia municipal

Cidadão entrega carta a Jorge Lacão onde relata caso de violência de que foi vítima um filho

 

 

Oposição exige das autoridades medidas que salvaguardem a segurança de pessoas e bens.

 

 

A denúncia da insegurança que se tem sentido em Abrantes ganhou novo rosto na última sessão da assembleia municipal quando um habitante da cidade reforçou as queixas que alguns políticos e residentes já vinham fazendo há algum tempo. Fernando Correia entregou ao presidente da assembleia municipal, o também ministro Jorge Lacão, um texto onde conta na primeira pessoa uma situação exemplificativa da violência a que foi sujeito um familiar.

Segundo escreve o cidadão abrantino, o seu filho foi “vítima de espancamento, ameaças de morte, extorsão, destruições nos seus bares e perseguição constante para entregar uma mala com dinheiro e um carro”. As agressões e ameaças, refere, dizem ter partido de indivíduos de etnia cigana que habitam numa comunidade em Vale de Rãs.

Fernando Correia, que é praticante de judo, soube que quando o seu filho foi agredido recebeu o aviso de nada contar ao pai, caso contrário “lhe cortavam as orelhas e o matavam”. O que o levou a dirigir-se ao bairro onde vive a comunidade e a pedir que não se metessem mais com o filho. “Se querem problemas, não se metam com ele, metam-se comigo. Pois se se meterem com ele estão a meter-se comigo e é comigo que qualquer assunto desta natureza tem de ser tratado”, escreve no texto que já foi amplamente difundido via Internet.

O munícipe garante que não toma a parte pelo todo e assegura nada ter contra os ciganos, dando conta que a violência por parte desse grupo restrito já atingiu polícias, bombeiros, pessoal do INEM, empresários da cidade, seguranças e vários cidadãos, “alguns praticamente até ao estado de coma”.

Na mesma sessão da assembleia municipal, a bancada do PSD disse que “é uma vergonha que os poderes públicos consintam que os abrantinos continuem a ser vítimas, anos a fio e cada vez com maior gravidade, de esquemas de extorsão, através de coação e intimidação física”.

“De facto, ninguém consegue compreender a passividade com que a câmara assiste ao lavrar do incêndio pela cidade, sem um gesto público de indignação e sem ser capaz de liderar a comunidade abrantina que clama pelo direito de viver em paz e em segurança. Para mais, quando o presidente da assembleia municipal é um dos ministros com mais peso político no actual Governo”, realça o PSD.

A eleita do CDS Matilde Lino Netto também tomou posição. “Segurança não é ter de a pagar a estes indivíduos que nos vêm extorquir dinheiro e vender a sua própria segurança para não partir tudo. Segurança é esperar que as autoridades que são pagas com o dinheiro dos nossos impostos nos protejam e que possam efectivamente fazê-lo”, afirmou a deputada municipal acrescentando que “a venda de todos os tipos de droga é feita livremente e à descarada” e que os traficantes “se exibem em carros de alta cilindrada.

 

PSP e presidente da câmara desvalorizam

O sub-comissário Jorge Soares, responsável pelas relações públicas do Comando Distrital da PSP, diz que em termos de ocorrências não têm registado nada de anormal, adiantando que o procedimento criminal depende de queixa. O oficial afirma que a esquadra de Abrantes tem os meios considerados suficientes.

Recorde-se que a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque (PS), em declarações ao nosso jornal (ver edição de 30 de Setembro), referiu que tudo não passa de alguma especulação que está a ser feita em torno de casos pontuais. “Temos que manter algum distanciamento e contribuir para que o trabalho da PSP possa ser mais eficaz”, considera.

Em reacção aos vereadores do PSD, que exigiram que a Câmara de Abrantes tomasse medidas para que “a paz pública e a segurança retornem à cidade”, Maria do Céu Albuquerque respondeu assim: “Gostava de desmistificar esta questão porque as questões de insegurança em Abrantes são idênticas ao que se passa em outros concelhos. São casos pontuais, perfeitamente identificados e os dados que temos não nos permitem dizer que temos insegurança em Abrantes”.

 

in O Mirante

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:05
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Traficante transportava 7...

. GNR de Coruche prende qua...

. Detidos em Coruche por tr...

. Coruche – Identificado po...

. Calda de ananás trazia ‘c...

. GNR de Abrantes deteve in...

. Suspeito de homicídio qua...

. Tráfico de droga e alcool...

. INSEGURANÇA EM ABRANTES -...

. Insegurança em Abrantes d...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds