Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

Continuamos à Espera



publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

França explica-se à ONU

França se defende na ONU das críticas pela deportação de ciganos

 

GENEBRA - O governo da França se defendeu nesta segunda-feira, 13, perante a Organização das Nações Unidas (ONU) das críticas por seu tratamento a ciganos da Romênia e Bulgária e pelas deportações em massa, assegurando que as medidas adotadas "estão estritamente inseridas no respeito às leis francesas e da legislação europeia".

 

"As autoridades francesas nunca estigmatizaram pessoas pertencentes a uma minoria em função de sua origem. Não há um 'problema cigano', mas cidadãos europeus mais desfavorecidos que outros, que têm dificuldades de inserção e que merecem atenção particular", afirmou o embaixador francês na ONU em Genebra, Jean-Baptiste Mattei.

 

O diplomata respondeu assim ao anterior discurso da alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, diante do Conselho. Ela disse que a atual política da França para o retorno dos ciganos, inclusive o desmonte de seus assentamentos e as deportações coletivas, "só tende a exacerbar o estigma dos ciganos e a pobreza extrema em que vivem".

 

O embaixador francês assegurou, no entanto, que "as medidas que foram adotadas estão estritamente inseridas no respeito às leis da República Francesa e da legislação europeia". "As instalações que foram desmontadas eram ilegais e seu desmantelamento foi feito sob a base de decisões adotadas com total independência pelo Poder Judiciário", insistiu.

 

Mattei afirmou ainda que, "a fim de responder ao estado de extrema precariedade econômica que caracteriza a maioria destas pessoas, entre elas cidadãos búlgaros e romenos que se declaram de origem cigana, foi proposto a cada um o benefício de uma ajuda de retorno humanitário, ou seja, uma ajuda para a reinstalação em seu país de origem".

 

O embaixador disse que as autoridades francesas estão convencidas da necessidade de realizar uma política para promover a integração social e econômica dos ciganos. "Nesse espírito, trabalhamos com os países de origem e outras nações da União Europeia".

 

in O Estadão

 

O Blogger Filomeno, sugere-nos a leitura de alguns textos sobre o impacto que esta situação está a ter em Espanha, nomeadamente um interessante texto que aparece no blog "¿Que pasa con...":

 

Sarko estoy contigo.

Medio mundo anda soliviantado con las repatriaciones realizadas por el gobierno francés, se echan las manos a la cabeza tratando al Presidente Sarkozy de racista.

A ver yo pienso que racismo seria cuando se expulsara a alguien de un país, por motivo del color de su piel, etnia o religión. Pero cuando estos sujetos expulsados llegan a un país con la sola idea en mente de vivir del sistema proteccionista y sus ayudas, nunca con la de trabajar pagar impuestos y colaborar con el mantenimiento de este sistema de bienestar.

Dicho esto si a los tres meses el gobierno ve que estos individuos viven en campamentos aislados generando solo gastos, veo justo que les digan, amigos a chupar del bote a vuestro país. Tanto derecho tienen los inmigrantes de intentar vivir del momio en este caso de Francia, como el gobierno francés mandarlos a sus respectivos países y más cuando la mayoría de ellos vive de la delincuencia.

Hace poco aquí en España salió un reportaje sobre el metro de Madrid y en él se veían bandas de rumanos, que solo se dedicaban a el robo, llevando algunos más de trescientas detenciones, ole tus cojones Sarkozy . De todas maneras siempre les queda a estos individuos venirse a vivir a Disneylandia, aquí se acepta todo, y si la Seguridad Social se va a la mierda es igual, como echamos de menos en España un Sarkozy que defendiera los derechos de los españoles y no los de los extranjeros.
publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 16 de Março de 2010

“Iam para trabalhar e caíram no inferno”

 

 

Correio da Manhã 
Dois homens, genro e sogro, estão acusados de terem escravizado três pessoas numa quinta em Logroño

Guarda: Genro e sogro escravizaram pelo menos três portugueses em Espanha

Foram aliciados com um "bom ordenado, com direito a alojamento e comida", mas quando chegaram à quinta agrícola, em Logroño, Espanha, os operários depararam com um inferno: trabalhavam de sol a sol sem nada receber, alimentavam-se mal e dormiam em condições miseráveis. A Polícia Judiciária da Guarda remeteu o processo ao Ministério Público e acusa dois homens, de 33 e 48 anos – genro e sogro –, de sequestro, tráfico de pessoas e escravatura.

 

Segundo o que o CM apurou, a PJ apenas identificou três pessoas que terão sido escravizadas pelos dois homens, mas suspeita da existência de mais vítimas. As investigações iniciaram-se em Agosto de 2009, após a denúncia de um homem, de 27 anos, que teria sido levado contra a sua vontade para trabalhar numa quinta agrícola de Logroño, na capital da província de La Rioja, em Espanha.

Após algum trabalho de campo e informações recolhidas junto das autoridades espanholas, a PJ conseguiu localizar os dois suspeitos e aperceber-se das "condições infra-humanas" a que os operários portugueses estiveram sujeitos. "Os três trabalharam na apanha da fruta durante quatro meses e não receberam. Comiam mal e dormiam em barracões ou numa carrinha abandonada na quinta. Caíram num inferno", descreveu ao CM fonte policial. Além disso ficaram sem documentos e eram ameaçados no caso de tentativa de fuga.

Após várias tentativas falhadas, as vítimas – o jovem da Guarda e um casal de Mangualde – conseguiram fugir e apresentaram queixa às autoridades.

Nos últimos seis meses, a PJ concluiu a investigação de três casos de escravatura em Espanha. O mais grave foi o de oito operários que durante dois anos trabalharam sem nada receber e de noite eram acorrentados. "Fui para sair da pobreza e encontrei uma vida de animal. Espancaram-me várias vezes porque quis fugir", contou ao CM uma das vítimas.

PORMENORES

Suspeitos à solta

Os dois suspeitos aguardam julgamento em liberdade, com termo de identidade e residência.

64 libertados

Em Novembro último, a Guardia Civil de Navarra soltou 64 portugueses que foram escravizados por 10 cidadãos lusos.




 

Luís Oliveira
 
in Correio da Manhã
 
A falta de meios das autoridades de Portugal e Espanha para agir mais rapidamente e resolver estas situações exemplarmente e de vez está mais que comprovada. Quando falo em meios não é só recursos, tecnologia e pessoas ! Refiro-me aos meios legais. Como é possível que dois criminosos conhecidos por escravizar pessoas estejam em liberdade com termo de identidade e residência? Pessoas com uma moral assim, com uma personalidade virada para o tratamento dos outros como se fossem animais, que não dão valor à vida humana nem respeitam a liberdade .....

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

UE condena enforcamentos no Irão

 

 
AFP 

No Irão

UE condena enforcamentos

A presidência francesa da União Europeia (UE) denunciou esta terça-feira a execução simultânea de 29 traficantes de droga, assassinos e violadores, realizada no passado domingo, pelas autoridades iranianas.

A UE “considera que a encenação destas execuções pelo regime iraniano e o facto de fazer destas o centro de interesse dos ‘media’ é uma afronta à dignidade humana”.

 

Assim sendo, em comunicado, a comunidade europeia “condena nos termos mais fortes as 29 execuções simultâneas na prisão de Evine no Irão”.

 

Nos últimos meses tem-se assistido a um crescente recurso à pena de morte naquele país, facto que está a inquietar a UE, que se opõe por princípio à pena capital, apelando às autoridades iranianas que ponham um termo às “condenações à morte”.

 

Em causa está o enforcamento de 29 pessoas no domingo. O Irão ressalva este acto, alegando que este número recorde de execuções revela a vontade que o país tem de lutar contra a criminalidade que tem registado um acréscimo nos últimos anos.

 

Desde o início do ano, pelo menos 158 pessoas foram enforcadas no Irão. A Amnistia Internacional (AI) afirma que as autoridades iranianas determinaram em 2007 a execução de 317 pessoas, o que coloca o Irão no segundo lugar da lista dos países onde a pena de morte é mais aplicado, a seguir à China.

 

 

in Correio da Manhã online

 

Os "Direitos Humanos" só se deviam aplicar aqueles que os respeitam. Os assassinos, traficantes, pedófilos e violadores negaram-nos às suas vitimas. A UE geralmente defende esta gente porque se reveem mais neles do que nas vitimas. Cambada de tecnocratas que acha e sente-se no direito de nos representar mesmo sabendo que defendemos exactamente o contrário do que eles fazem. Esta gentinha representa-nos sem sequer os elegermos. Não foram escolha nossa nem nunca serão. No entanto governam como uma família real, sem sequer terem reino. Quando é que esta palhaçada irá acabar ?!

publicado por portuga-coruche às 10:42
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Continuamos à Espera

. França explica-se à ONU

. “Iam para trabalhar e caí...

. UE condena enforcamentos ...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds