Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Presidente da Câmara de Loures nega ter sido responsável por tirar famílias ciganas

Operação da PSP
Presidente da Câmara de Loures nega ter sido responsável por tirar famílias ciganas 
 
O presidente da Câmara Municipal de Loures negou ter sido responsável pela operação que retirou as famílias ciganas do jardim junto à autarquia. As famílias da Quinta da Fonte foram forçadas a sair pela Polícia de Segurança Pública (PSP) numa operação que ocorreu de manhã.

"A PSP fez aquilo que tinha de fazer, uma vez que se tratava de uma concentração ilegal. Os ciganos estavam a ocupar um espaço público impossibilitando a população de usufruir do jardim", disse Carlos Teixeira.

Cerca de 50 famílias ciganas estavam acampadas no jardim em frente à Câmara de Loures e recusavam-se a regressar à Quinta da Fonte. Exigiam a atribuição de casas noutro local, alegando não terem condições de segurança após os confrontos violentos da semana passada entre as comunidades africana e cigana que vivem no bairro.

Quanto à possibilidade da comunidade cigana convocar uma concentração nacional para Loures, Carlos Teixeira respondeu que ficará "satisfeito se esta for com o objectivo de pagar as rendas em atraso ou para se inscreverem num centro de emprego".

"Eles têm dívidas de água no valor de 145 mil euros e vão ter de as pagar", garantiu.

"Sempre defendi os interesses de todos, todos têm direitos e deveres e têm de respeitar a Constituição", disse.

O autarca socialista adiantou ainda que a população de Loures não estava a gostar da presença das famílias ciganas no jardim. "Recebemos centenas de e-mails e faxes a apoiar a decisão da câmara municipal" de não ceder às reivindicações das famílias no sentido de as realojar num novo bairro. Segundo Carlos Teixeira, alguns elementos da comunidade vandalizaram o monumento que se encontra no jardim, em memória dos combatentes da I Guerra Mundial.

O autarca está convicto que as famílias podem regressar em segurança à Quinta da Fonte. Vê isso "nos sinais claros de incentivo expressos pela marcha da Paz", que juntou na segunda-feira cerca de duas centenas de pessoas nas ruas da Apelação.

As famílias retiraram-se do jardim ao fim da madrugada de hoje, na sequência de uma operação policial. Foram escoltados pela polícia até à Quinta da Fonte, mas recusaram-se a permanecer no bairro estando agora junto à ponte de Frielas.
in Publico online
 
Grande Presidente! Não é que acertou mesmo na "moche" ?! Eis a minha frase preferida:
"Quanto à possibilidade da comunidade cigana convocar uma concentração nacional para Loures, Carlos Teixeira respondeu que ficará "satisfeito se esta for com o objectivo de pagar as rendas em atraso ou para se inscreverem num centro de emprego".
É claro que eles não se vão inscrever! Decerto este debate acabará com um ministro que vive num condomínio fechado a decidir dar tudo o que é reivindidcado pelas famílias ciganas.
publicado por portuga-coruche às 09:28
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Zé da Burra o Alentejano a 24 de Julho de 2008 às 14:09
Devemos evitar a referência a etnias, raças, nacionalidades, cor da pele sob pena de podermos ser apelidados de racistas ou xenófobos. Mas isso não quer dizer que haja a chamada "discriminação positiva" que desresponsabiliza e desculpabiliza os actos criminosos.

Uma lei muito simples poderia ser implementada, e que NEM SEQUER PODERIA SER CONOTADA COM QUALQUER TIPO DE DISCRIMINAÇÃO RACISTA OU XENÓFOBA: Porque não cria o Governo (ou a própria Câmara Municipal) uma lei que expulse automaticamente dos bairros sociais todos os indivíduos condenados por certo tipo de crimes, como: por tráfico de droga, de armas, assalto à mão armada? Acho, além disso, que o vandalismo contra o património público também deveria ser um motivo para expulsão de bairros sociais.

A medida serviria simultaneamente para melhorar o ambiente dos bairros sociais e reduzir o crime em geral: dentro e fora dos bairros. É indigno que algumas pessoas já recebam a nossa solidariedade e depois se portem como muitas vezes todos nós constatamos.

Há muita gente honesta e trabalhadora nos bairros sociais que está neste momento "refém" dos bandos e grupos de criminosos (não importa referir a etnia ou raça).

Quando acontece um crime no bairro ninguém sabe de nada; ninguém viu nada. Sabem porquê? Será falta de solidariedade? Não! É medo, medo de represálias.

Os criminosos não devem ser premiados com uma habitação social; quanto muito uma cela seria o "prémio".

Zé da Burra o Alentejano

Comentar post

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds