Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

Risco de tumultos e barricadas. Governo já prepara plano B

O executivo teme o pior e actua em conformidade: já há plano anti-contestação social

 

 

 

A presidência do Conselho de Ministros está a preparar um plano de contingência para fazer frente a possíveis tumultos na sequência do agravamento da crise económica, soube o i. Os riscos de uma explosão social que possa vir a assumir contornos violentos estão a ser medidos pelo governo, numa altura em que a maioria dos observadores admite que a contestação pode disparar, à semelhança do que aconteceu na Grécia.

O plano de contingência contempla o risco de alguns ministérios – nomeadamente os mais sensíveis numa época de austeridade, como as Finanças e a Economia ou a própria residência oficial do primeiro-ministro – poderem vir a ser barricados por manifestantes.

A hipótese de que venha a ser impedida a entrada dos funcionários e membros do governo nas sedes dos ministérios também está considerada no plano de contingência do governo. Se isso vier a acontecer, o executivo está a arranjar planos B para que o trabalho normal do governo possa decorrer em outro lugar, sem prejuízo do trabalho normal.

O governo não quer ser apanhado de surpresa relativamente a possíveis tumultos e está a preparar-se para a possibilidade de cortes de estradas e dos acessos a Lisboa, Porto e Braga. Os riscos estão a ser avaliados em função dos relatórios que têm sido feitos pela polícia e pelos serviços de informações. A existência de uma rede de telecomunicações alternativa aos telemóveis utilizados habitualmente pelos membros do governo e restante pessoal dos gabinetes também está contemplado no plano de contingência.

O risco de tumultos em Portugal, à semelhança dos que ocorreram na Grécia, foi admitido pelo primeiro-ministro logo no princípio de Setembro, na rentrée do PSD realizada na Universidade de Verão, em Castelo de Vide.

Horas antes, em Campo Maior, Passos Coelho já tinha falado na possibilidade de motins. "Em Portugal, há direito de manifestação, há direito à greve. São direitos que estão consagrados na Constituição e que têm merecido consenso alargado em Portugal", disse Passos Coelho, avisando: "Nós não confundiremos o exercício dessas liberdades com aqueles que pensam que podem incendiar as ruas e ajudar a queimar Portugal".

Na sua intervenção na Universidade de Verão do PSD, Passos Coelho admitiu que "pode haver quem se entusiasme com as redes sociais e com aquilo que vê lá fora, esperando trazer o tumulto para as ruas de Portugal". "Nunca iremos por aí", afirmou o primeiro-ministro, numa espécie de aviso prévio "àqueles que pensam que podem agitar as coisas de modo a transformar o período que estamos a viver numa guerra com o governo", quando o que existe é "uma guerra contra o atraso, a dívida e o desperdício".

Num estudo feito pela Organização Internacional de Trabalho (OIT), Portugal estava entre os países do mundo com risco mais elevado de "tumultos sociais", em consequência dos sacrifícios impostos pela crise e pelo desemprego. Além de Portugal, há outros seis países europeus com risco elevado: Grécia, Espanha, França, Estónia, Eslovénia e Irlanda. Em todos estes países, mais de 70% dos inquiridos pela Organização Internacional do Trabalho estão descontentes com a situação laboral.

 

 

Por António Ribeiro Ferreira e Ana Sá Lopes,

in iOnline

 

comentários mais interessantes:

 

by Anonymous (não verificado) | 14 Novembro, 2011 - 11:02
A PSP e os serviços de informações deveriam preocupar-se com o tráfico de droga, tráfico de armas, tráfico de seres humanos, lavagem de dinheiro, e não com a hipotética situação de tumultos sociais uma que as pessoas se forem para a rua será para lutar pelo pão para a boca dos filhos...a PSP e SIS deveriam era ir buscar quem defraudou o país e nos colocou nesta triste situação...e como disse um outro comentador "(...) enquanto houver pinga e bola (...)"...


by Utilizador Anónimo (não verificado) | 14 Novembro, 2011 - 08:53
É um triste esse passos (sim letra minúscula, não foi engano)! Olha lá pá enquanto houver bola e pinga não se passa nada neste país pessoas realmente tristes. Dorme descansado e continua a roubar aos pobres como tens feito... não pode é faltar o tintol!!!!!


by Utilizador Anónimo (não verificado) | 14 Novembro, 2011 - 11:56
Concordo perfeitamente com esta tomada de posição do Governo. É óbvio que as forças de segurança com a colaboração de outras entidades internacionais controlem a hipotese de existirem tumultos, que supervisionem mensagens entre grupos de desordeiros que mais não fazem do que infliltrarem-se no meio das manifestações de gente ordeira e descontente que por isso mesmo se manisfesta dentro dos parametros que a liberdade lhes permite. O que será de evitar é a possibilidade de que em Portugal se repita o mesmo que em Itália, com grupos de desordeiros que préviamente pararam carrinhas ao longo dos trajetos das manifestações. Essas carrinhas tinham no seu interior barras de ferro, cockailts molotov, combustíveis, pedras, etc. Quando a policia repelia o ataque numa determinada zona, mais à frente organizava-se outro grupo, que nada tinha a ver com os manifestantes ordeiros e utilizavam os materias que estavam previamente guardados dentro das carrinhas, para destruirem tudo e causar o caos.São grupos de "profissionais" cujo objetivo é apenas e só causar o caos e dar a imagem através da comunicação social que as manifestações são constituídas por gente rebelde que quer partir e destruir tudo à sua passagem, quando isso não é verdade. É a esses grupos que a policia está atenta e que deve repelir com a mesma violência que eles utilizam. Chamo a atenção que são grupos treinados, muitas vezes na Grécia, e que conseguem perante as camaras, fazer figura de coitadinhos, para impressionar a população. Todos eles sabem como agir, em que altura e como se comportarem quando a policia os prende em frente aos jornalistas. De resto vamos manifestarmo-nos,ordeiros, contra toda esta cambada que está a dar cabo do nosso futuro.

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:15
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds