Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Este fim de semana vamos para Vila Franca de Xira

Feira Anual abre a 30 de Setembro e Salão de Artesanato marca a inauguração do Novo Pavilhão Multiusos

 

Vila Franca de Xira recebe, de 30 de Setembro a 9 de Outubro, mais uma edição da Feira Anual no Parque Urbano. Além das diversões, tasquinhas e tendas de venda para todos os gostos e bolsas, o destaque vai para o 31.º Salão de Artesanato que marca também a inauguração, no dia 1 de Outubro, pelas 15h00, do novo Pavilhão do Parque Urbano. A proposta é para apreciar a arte manufacturada do mais variado tipo de peças, que artesãos de todas as regiões do País trazem até aqui. Em alguns casos, o trabalho poderá ser apreciado ao vivo. A Tauromaquia, como não podia deixar de ser, é outra das vertentes desta festa, com as tradicionais largadas e esperas de toiros nas ruas da cidade e, ainda, as corridas na Praça Palha Blanco

Horários e Artesãos Participantes

 

 

Esperas de Toiros
1 de Outubro (Sábado) - 16h30
2 a 5 de Outubro (Domingo, Segunda, Terça e Quarta-feira) - 10h30


Corridas de Toiros na Praça Palha Blanc
o
30 de Setembro (sexta-feira) – 22h00
2 de Outubro (Domingo) – 17h00
4 de Outubro (terça-feira) – 22h00

http://www.cm-vfxira.pt/files/3/documentos/20110927141200828294.pdf

 

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 17:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Comunicado do MIC

 
Rescaldo das últimas Assembleias Municipais

Gonçalo Ramos Ferreira
Deputado Municipal eleito pelo
MIC - Movimento Independente de Cidadãos por Coruche

 

No rescaldo do Verão e em vésperas de mais uma Assembleia Municipal, cabe fazer o balanço das duas últimas que, sem grande história, serviram para os vogais comunistas, socialistas e sociais-democratas fazerem o habitual: passarem boa parte das noites com a única preocupação de fazer o elogio do 25 de Abril e dos seus senhores.

Contudo, assistimos a discursos frouxos e palavras gastas, que já não conseguem esconder a desilusão com o golpe que colocou Portugal na actual situação de falência, na bancarrota, às ordens de nações estrangeiras e na mão de organismos como o «FMI».

Não notámos apenas menor fulgor nas comemorações. Reparamos também que hoje já não existe medo por parte dos técnicos da câmara de basear os seus pareceres oficiais em diversas citações do Professor Marcello Caetano que, em estilos pouco ortodoxos mas reveladores de atitudes sem complexos, escrevem assim: “a este respeito veja-se o que nos ensina Marcello Caetano” (sic).

No entanto, e a certa altura, os leitores usavam a palavra liberdade; mas de que liberdade falam?
Uma liberdade que encheu com milhares de cidadãos as vazias prisões Portuguesas? Ou de uma liberdade que permitiu atraiçoar e matar pelas costas milhares na Guiné? Ou será uma liberdade que, mediante os gritos e a exultação socialista, fez morrer de apedrejamento centenas nos estádios de Angola?

A seguir ao 25 de Abril, aqui mesmo e sob o efeito de baixos instintos, foram torturados Portugueses, sendo que outros foram mortos de forma cobarde e a sangue frio com tiros na nuca; inclusive morreram crianças às mãos dos crimes dos bons. Hoje, muitos desses “libertadores” estão bem instalados, auferem chorudas reformas e cantam vivas a uma liberdade apenas para se legitimarem e para melhor nos tirarem o pão da boca.

  • O pouco recomendável estratega do 25 de Abril, Otelo Saraiva de Carvalho, mostra-se arrependido de ter realizado o golpe por meras questões corporativas e recorda da necessidade de um estadista inteligente e honesto como o Dr. Oliveira Salazar.
  • Jacinto Barbosa, presidente da Junta de Freguesia de Coruche numa clarividente e inspirada alocução na AM, relembra como o homem de Santa Comba Dão conhecia bem os Camaradas e do que seria de Portugal às suas mãos.

Prometeram mundos e fundos, mas hoje milhares de famílias Portuguesas passam fome e engane-se quem pense que a situação não vai piorar ainda mais.

Alguns enchem o peito para falar de soberania nacional, combate litoral interior e declínio nacional, esquecendo-se que, se perdemos a nossa independência, se somos hoje um país que despreza o seu interior, se perdemos a nossa indústria, a nossa agricultura e as nossas pescas, é porque todos eles nos desgovernam desde há 37 anos, sem estratégia e sem rumo. Hoje, nem sequer produzimos a comida para colocar nas mesas dos nossos filhos, limitando-nos apenas a chutar as nossas dívidas para os nossos netos. Que dirão eles das gerações antecessoras?

Praticamente todos os melhoramentos do nível de vida nas últimas quatro décadas são atribuídos às propriedades mágicas desta data, esquecendo que em 37 anos (com algumas excepções) a generalidade dos Países demandou inúmeros avanços.

Uma das ideias mais ficcionadas, relaciona-se com a redução da taxa de mortalidade infantil, que é um dos principais indicadores de desenvolvimento de um País. No quadro abaixo, podemos constatar que o decréscimo dessa mesma taxa não é acelerado, nem é fruto de qualquer propriedade mágica ou da introdução de qualquer medida pelos governos pós-25.

 

 

 http://www.miccoruche.org/images/stories/rescaldoAssembleias/mortalidadeinfantilportugal.png

gapminder.org

http://www.youtube.com/watch?v=E22LEBVHDO8&feature=player_embedded

Um manicómio em autogestão, com a liberdade a não se limitar ao encher das prisões.

 
Somos governados por pessoas que mentem compulsivamente na senda de comprar votos e perdemos a capacidade de sermos o que quisermos. Foi-nos roubada a capacidade de sonhar.
 
Quem pretende celebrar constantemente o Abril que não se cumpriu, vê a história apenas com o olho esquerdo. Mas quando se provoca a história ela provoca de volta. Ou não sabiam?

No final do verão e numa altura em que somos novamente chamados (ad eternum) a comemorar datas ultrapassadas como o 5 de Outubro, ficamos a saber pelo Sr. Presidente da Câmara que o novo Centro Escolar vem substituir uma série de edifícios com mais de 50 anos, que durante gerações serviram a população do concelho de Coruche. Nada a acrescentar.

Em jeito de reflexão e numa altura em que se fala tanto de rentabilização de recursos e em que se pedem esforços a todos os portugueses não fará sentindo reduzir o número de vereadores no executivo municipal? Será que três vereadores não conseguem fazer o trabalho de 5? Nós mesmos no passado já mostramos que com pouco é possível fazer muito e este executivo também o pode fazer, mesmo mantendo o muito do bom trabalho que também tem realizado em várias matérias. Despartidarizar o aparelho aqui e ali também é essencial.

 

Continua…

 
«Vou estar de baixa médica quanto tempo eu quiser! Fui um capitão de Abril, não tenho medo!»
 
 
publicado por portuga-coruche às 07:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O homem que via passar as vacas

Quando fui informado que o nosso Presidente ia aparecer na televisão pensei que Aníbal ia falar sobre o fim das touradas na Catalunha.
 
Quando fui informado que o nosso Presidente ia aparecer na televisão pensei que Aníbal ia falar sobre o fim das touradas na Catalunha. Tenho a opinião de que Cavaco devia largar o Facebook e passar a publicar as suas ideias no almanaque "Borda D'Água".

Quando ouvi a entrevista, percebi que o nosso Presidente, desta vez, ia fugir aos temas bucólicos e que considerava encerrado o dossiê sobre a poda do fruto da árvore graviola. Surpreendentemente, Aníbal vinha anunciar o Plano Cavaco para a Europa.

O que se passou é fácil explicar. Cavaco viu Passos Coelho na ONU, Durão no Estado da União e (ó ignomínia!!!) Portas aos beijos a Hillary Clinton, e não aguentou. Ele quer-nos fazer crer que é a rainha de Inglaterra mas não quer ser tratado como tal.

Cavaco deu esta entrevista porque precisava de um espaço para expor a sua teoria para a resolução da crise financeira europeia. Também queria os seus 15 minutos de fama. A TVI, e a Judite Sousa, foram o "Speaker's Corner" de Aníbal; até havia imenso barulho de fundo de trânsito e tudo.

Aníbal também tem um plano que põe o BCE a fazer mais do que já faz e outras coisas que poucos perceberam - Portugal tem um professor de economia e finanças como Presidente quando precisava de um padre. "Infelizmente", o discurso do estado da União Europeia e as propostas de Cavaco têm o mesmo impacto, e sucesso, na UE , que a nossa canção no eurofestival da canção.

Há pouco mais a acrescentar. Questionado sobre a Madeira, fugiu para Valpaços - é muito mais zen - uns falam de mais sobre a Madeira, outros de menos.

Quis, de certa forma, acalmar os portugueses em relação ao futuro do País. Mas como diz "desvio de dois biliões", em vez dos habituais dois mil milhões, as pessoas entram em pânico porque parece muito mais dinheiro.

Voltou a repetir que nos alertou, em escritos, desde em 2005, para o que ia acontecer com o País, mas acrescentou que ficou surpreendido com o desvio da Madeira; e só soube a quando do relatório do INE. Será que o "dedinho que adivinha tudo" de Cavaco só tem rede no continente?

Disse, também, que a troika talvez tenha ido longe demais nas exigências… aos pobres? à classe média? aos reformados? Errado (só tinham três tentativas). Cavaco acha que foram longe demais com as exigências à banca, essa classe tão desprotegida. Até foram capazes de, imagine-se, fazer exigências aos bancos portugueses que não fazem aos bancos de outros países… Os bancos na Alemanha têm a vida mais facilitada que os nossos, como é que é possível?! Eu, às vezes, pobre português reduzido a lixo, entro numa dependência do BCP só para ficar a cheirar a triple A.

A certa altura afirmou que demitiu o primeiro-ministro - é o que Angela Merkel chamaria um "Fehlleistung", ou lapso freudiano.

Terminou sossegando-nos a todos, com o anúncio que, dada a situação do País, vai convocar o Conselho de Estado para Outubro - que pena já lá não estar o Dias Loureiro, era dos poucos que sabia como arranjar dinheiro em pouco tempo.

Se fosse obrigado a destacar uma frase da entrevista do nosso presidente, escolhia - 2012 é um ano de resistência - aí, finalmente, é capaz de ter razão…



9 vacas magras

1.
Segundo a contagem do PSD, faz 100 dias de Governo e 93 que começou a crise europeia.
2. Estou a actualizar o meu humor: "estava um alemão, um francês e um portuguesinho …"
3. Suicidas não confiam na velocidade anunciada para o novo TGV.
4. O PSD tem discurso neutrino: regressam facilmente ao tempo de Sócrates, e daí para a situação actual, saltando o tempo de campanha eleitoral.
5. Estado corta 500 euros aos melhores alunos - PT paga a idiota que anda de skate na estrada para fazer anúncios. Espero que as empresas estejam atentas ao cancelamento da verba agora que o Estado promete 420 a quem empregar.
6. Espero que diminuam a TSU das empresas do empresário das orgias, porque ele arranja emprego a muita gente.
7. Para mim, o melhor membro do Governo, até agora, foi o Eduardo Bairrão.
8. A entrevista do "trader" da "City" Alessio Rastani à BBC deu que falar - é claramente um personagem inventado: o nó da gravata é uma tentativa falhada de um príncipe de Gales, que os "traders" dominam.
9. Cada vez que vejo uma estrela cadente desejo que o Rastani não sonhe com a recessão.
 
 
 
 
Por João Quadros
 
 
 
 
publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Setembro de 2011

"Goldman Sachs manda no mundo"

O corretor Alessio Rastani disse, em entrevista à BBC, que "os governos não mandam no mundo, o Goldman Sachs é que manda no mundo". Entre as declarações surpreendes, revelou que sonha todos os dias com uma nova recessão, pois é uma oportunidade para fazer dinheiro. Veja o vídeo.

 

 

 

As declarações de Alessio Rastani, numa entrevista de três minutos à BBC, em directo, estão a causar polémica.

O corretor da Goldman Sachs assegurou que "a crise é uma oportunidade para ganhar dinheiro" e confessou que sonha "com este momento há três anos". "Quando vou para a cama, sonho com uma nova recessão, um outro momento como este."

Por outro lado, considerou que "a crise é como um cancro" - "Se as pessoas esperam e esperam por ele para passar será tarde demais". Neste sentido, defendeu que não se pode ficar à espera das decisões dos governos, "porque os governos não mandam no mundo. A Goldman Sachs é que manda no mundo".

"A Goldman Sachs não se importa com o plano de resgate, nem os investidores muito dinheiro", acrescentou, em relação à situação europeia e à crise das dívidas soberanas. O corretor concorda com as teorias mais pessimistas e não hesitou em afirmar que "o euro vai cair, porque os mercados são regidos pelo medo".

Alessio Rastani aconselhou ainda as pessoas salvarem os seus activos, porque "em menos de 12 meses, a poupança de milhões de pessoas desaparecerão. E é só o início. Preparem-se e façam algo agora. O maior risco que podemos correr é não agir. "

 

 

Artigo Parcial, leia o artigo completo nas edições impresso ou digital do jornal

 

in Jornal de Notícias

 

O descaramento é tal que não só mandam no mundo como ainda se gabam e confessam que desejam a nossa ruína.

Infelizmente só temos cobardes à frente deste país senão alguém já tinha sido preso por ter comprometido a soberania nacional. Não me venham dizer que quem lidou com os empréstimos não sabia os riscos em que colocava o país.

 

 

Existem alguns comentários bastante interessantes que não posso deixar de postar aqui:

 

Pandora
27.09.2011/14:00
O episódio do Goldman Sachs ocorrido no ápice da bolha imobiliária, mostra exactamente o cinismo e excesso de confiança revelados por Alessio Rastani. Em e-mails revelados pelo Congresso americano, executivos do banco comemoraram os ganhos de um bilhão de dólares com a atração de investidores para apostas na continuidade do ciclo de ganhos do mercado enquanto a própria instituição colocava dinheiro grosso em operações que presumiam a hipótese contrária, isto é, de estouro da bolha!

Pandora
27.09.2011/14:03
A lista de episódios de falta de lisura do Goldman Sachs é longa e inclui um episódio recente. Ao lado de outros bancos, ajudou o governo da Grécia a mascarar a verdadeira extensão do seu déficit, com o uso de derivativos, para contornar os limites de déficit aceitos para países integrantes da União Europeia. Os gestores da dívida da Grécia fecharam negócio com o Goldman Sachs em 2002. A operação envolveu os chamados cross-currency swaps, nos quais a dívida do governo emitida em dólares e yens é trocada por uma dívida em euros para ser reconvertida nas moedas originais depois de um certo prazo. Diversos países europeus obtém normalmente fundos de investidores ao redor do mundo com esse tipo de operação. (Continua)

Pandora
27.09.2011/14:09
(Continuação) No caso da Grécia, segundo a revista alemã Der Spiegel, o Goldman Sachs e outros bancos americanos inventaram um tipo especial de swap com "taxas de câmbio ficcionais".A inovação possibilitou que a Grécia recebesse "uma soma muito mais alta do que o valor efetivo no euromercado, de dez bilhões de dólares ou yens". Por meio desse expediente, o Goldman Sachs conseguiu secretamente um crédito adicional superior a um bilhão de dólares para a Grécia. Esse crédito, disfarçado como swap, não aparece nas estatísticas de endividamento do país.As regras de Maastricht, definidas pelos países da União Européia, puderam ser tranquilamente contornadas dentro da lei através desse tipo de swap!

Pandora
27.09.2011/15:56
Primeiro há que compreender várias coisas: 1) O perdão da dívida (total ou parcial) ou o repúdio da dívida (a que se seguiram períodos de prosperidade) não são tão invulgares como parecem! No 1º caso, a Alemanha teve-o várias vezes e, no 2º caso, os EUA recorreram a ela inúmeras vezes 2) O sistema capitalista vive da dívida mas não pode existir sem o crescimento (o desaparecimento da UE não favoreceria isso) 3) Os políticos e especialistas já fizeram o diagnóstico da crise e sabem perfeitamente o que a causou e o que há a fazer! Na UE, a abordagem actual é: a) trabalhar para que os países não fiquem em dívida para não serem reféns da Finança b) tornar mais transparentes as operações financeiras c) lutar contra a evasão fiscal.

Pandora
27.09.2011/16:21
Partilhar: Email | Facebook | Twitterdenunciar este comentário »No que respeita a Grécia, é preferível uma reestruturação da dívida a 50% do que um “default” descontrolado ou uma saída do Euro. O contágio e os custos faraónicos do desmantelamento da zona Euro seriam catastróficos. Por isso, há que facilitar o pagamento da dívida: prazos mais longos, juros menores, etc. bem como diminuir o preço do dinheiro: não me surpreenderá que a taxa do Euro volte a 1%! Os Eurobonds só farão sentido qdo as finanças estiverem saneadas (senão, seriam incentivo a mais endividamento)! Insiste-se num maior controle dos orçamentos nacionais exactamente para isso! Por outro lado, austeridade não rima com crescimento e é evidente que a recessão paira no horizonte e o caos espreita a cada esquina!

 

 jakim
27.09.2011/13:39
vi o filme "Inside Job" e deu para ficar a perceber que é exactamente como diz este tipo. vivemos como marionetas nas mãos destes especuladores.

 

Nuno
27.09.2011/15:07
Está toda gente chocada e surpreendida com as declarações deste gajo, mas ele no fundo não disse nada que já não se sabia, acho que até é de louvar o facto de ele ser corretor e ter "tomates" para fazer estas declarações na TV. E depois criticam-no por ele sonhar com uma nova recessão, claro criticamos, porque não estamos no lugar dele e não somos corretores, porque se fossemos também sonharíamos com o mesmo! A grande questão é como impedir que acontece uma nova recessão numa economia global se os governos permitem a desregulamentação de mercados.... e também como é que não hão de permitir se antigos CEO's e chairman's da Goldman Sachs e outros grandes bancos de investimento são os gajos que estão nos governos......

 

 Revoltado
27.09.2011/16:21
Sim chocada com um membro de uma assossiação de criminosos que até se dão ao luxo de impunemente dar declarações públicas!Chocado, porque uma recessão implica, mais pobreza, mais miséria e milhões de mortes, especialmente crianças, com a fome e doenças que a recessão inevitávelmente conduz, e quando um membro dessa associação vem a público dizer que sonha com a recessão e a forma de a provocar para ganhar dineiro, muito dinheiro é o quê? Só pode ser um criminoso que comete crimes contra a humanidade, tão ou mais idiondos que um Hitler, Pinochet e outros que foram acusados de tal aos quais foram emitidos mandados de captura. Logo, porquê esperar? Capturar estes selvagens e fazê-los pagar pelo que estão a causar ao Mundo.

 

Outra perspectiva:
27.09.2011/14:54
Em parte ele tem razão mas nota-se que ele tá a falar mal do euro porque sabe que o dólar tá igual ! Não é com medidas de aumentar o limite a divida dos EUA que conseguimos fechar o saco. Por isso é que a Europa parece tão frágil, porque quer deixar de continuar com a hipocrisia!Está é a demorar muito tempo a reagir e em ser eficaz!!! Quem fala assim em publico a desvendar os podres da economia, ou tem os dias contados, ou faz jogo...

 

Anti- Illuminati
27.09.2011/15:02
Ele muito provavelmente tem os dias contados... mas não saberás de nada. ele acabou de revelar que somos governados por um punhado de tipos sem escrúpulos que só querem dinheiro e até deu DATAS... prepara-te

 

LS
27.09.2011/14:48
eu disse que Outubro e Novembro iam ser interessantes.. vem ai muito mais meus amigos.. isto são apenas as primeiras revelações dos

 

Illuminati
ResponderCancelar Resposta
Comentário Caracteres disponíveis: 750 Aparecer como Anónimo Lembrar-se de mimenviar »Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.
Se tem conta,Faça LoginSe não tem conta,Registe-se aqui


 Anti- Illuminati
27.09.2011/14:45
MAS QUE NOVIDADE! mas eu sei que mesmo assim ainda há cabeças duras que acham que não existe uma Elite de maldosos! esta noticia VALE OURO! ACORDEM!

 

Empale-se o gajo!
27.09.2011/14:04
Este cavalheiro sonha todos os dias com uma nova recessão. Eu, pelo contrário, sonho com o dia em que estes especuladores que levaram o Ocidente à miséria serão empalados em praça pública!

 

MJesus
27.09.2011/12:02
Mas alguem tinha dúvidas sobre isto? a quem pertence a Golden Sachs? A comunidade que possui o dinheiro, quem são eles ? Espalhados por vários países, dominam a vida económica desses países e criam as crises, provocam colapsos económicos e dominam as decisões de governos de grandes potencias como os EUA. Basta ver o que vai acontecer com o pedido de adissão da Palestina nas ONU que vai ser vetado pelos USA, para compreender como isto se processa.


MJesus
27.09.2011/12:15
A golden Sachs foi quem ajudou os gregos a fintarem os regulamentos da UE para poderem aceder a moeda única e os gregos já retribuiram, metendo na prisão comandantes dos navios que se preparavam a romper o bloqueio à faixa de Gaza. É facil de compreender. Só não vê quem não quer ver

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:30
link do post | comentar | favorito

Morreu jogador que marcou penálti de calcanhar

Theyab Awana, jogador internacional de futebol dos Emirados Árabes Unidos, morreu na sequência de um acidente automóvel. Tinha 21 anos e ficou famoso, há uns meses, por ter marcado um penálti de calcanhar. Veja o vídeo.

A viatura em que seguia Awana colidiu com um veículo pesado, quando o jogador regressava de um treino da selecção, que se prepara para o próximo jogo da qualificação para o Mundial 2014.

 

 

O jogador não resistiu aos ferimentos e faleceu no local do acidente. O seu irmão, que também seguia no automóvel, está internado nos cuidados intensivos.

O momento que tornou Awana famoso aconteceu num particular com o Líbano, que os Emirados venceram por 6-2, quando marcou uma grande penalidade com o calcanhar. O vídeo que mostra o feito correu mundo e foi um sucesso no Youtube. O episódio foi notícia nos dias seguintes porque os adversários consideraram a atitude de Awana desrespeitosa e o seleccionador, Srecko Katanec, chegou mesmo a repreendê-lo.

Awana foi considerado um dos jogadores mais talentosos do país e desempenhou um papel importante na consagração de vice-campeão conseguida pelos Emirados Árabes Unidos em 2010 no Jogos Asiáticos em Guangzhou, China.

 

 

in Jornal de Notícias

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:20
link do post | comentar | favorito

Homem detido em Coruche por roubar dez quilos de cobre

Um homem residente num acampamento de Azervadinha, Coruche, foi detido pela GNR e constituído arguido com termo de identidade e residência, pelo furto e posse de cerca de dez quilos de cobre provenientes de cabos de postes da EDP e da PT.

 

Leia a noticia completa no Jornal "O Mirante"

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:15
link do post | comentar | favorito

Bienal de Coruche

Bienal de Coruche - De 30 de Setembro a 16 de Outubro - Antiga escola EB1 de Coruche

 

 

 

 in Museu de Coruche

 

 

Arte, Gastronomia e Cultura - De 30 de Setembro a 16 de Outubro

 

 

in Coruche Inspira

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Merkel sugere perda de soberania para países incumpridores

Defende permanência da Grécia na zona euro

 

 Merkel alertou para os riscos de contágio de outros países em dificuldades, como Portugal e a Irlanda, caso a Grécia entre em incumprimento

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu, no domingo, o agravamento de sanções a países da zona euro que não cumpram os critérios de estabilidade, incluindo a perda de soberania, em entrevista no domingo à televisão pública ARD.

 

"Quem não cumprir, tem de ser obrigado a cumprir", afirmou a chefe do governo alemão, sugerindo ainda alterações aos tratados europeus para que os países prevaricadores possam ser processados no tribunal europeu de justiça, se necessário.  

 

O Tratado de Maastricht impõe um limite de três por cento para o défice orçamental e um limite máximo de endividamento de 60 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) aos países da União Europeia.  

 

Portugal por exemplo, teve um défice orçamental de 9,1 por cento em 2010, que tenciona baixar para 5,9 por cento este ano, e traçou a meta de voltar a cumprir o limite de três por cento em 2013.     

 

Merkel disse ainda que a crise das dívidas soberanas "é muito séria", advogando a permanência da Grécia na zona euro, pelo menos enquanto a União Europeia e o FMI, através da chamada 'troika', atestarem que Atenas cumpre o programa de ajustamento económico.   

 

A chanceler alemã alertou ainda para os riscos de contágio de outros países em dificuldades, como Portugal e a Irlanda, caso a Grécia entre em incumprimento, apesar de esta solução ser defendida por muitos economistas 

 

Por:CM / Lusa

in Correio da Manhã

 

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | favorito

Manifesto defende gestão pública da água

 
Um conjunto de organizações nacionais lançou um manifesto para defender a gestão pública da água

Organizações estão a preparar uma proposta de iniciativa legislativa para impedir a privatização dos serviços

 

Um conjunto de organizações nacionais lançou um manifesto para defender a gestão pública da água e está a preparar uma proposta de iniciativa legislativa de cidadãos para impedir a privatização dos serviços.

 

José Manuel Marques, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL), uma das entidades que subscreve o manifesto, explicou que o caminho seguido "já é longo, passou pela concessão de diversos serviços municipalizados a empresas privadas, pela concentração dos sistemas multimunicipais de águas nas mãos do grupo Águas de Portugal".  

Quando o Governo anunciou a privatização da Águas de Portugal, este grupo, que inclui vários sindicatos, a CGTP, o Conselho Português para a Paz e Cooperação e algumas autarquias, decidiu reactivar uma campanha que tinha terminado em 2010.  

"O que vai acontecer é um crime tremendo contra a sociedade portuguesa e contra o património do Estado", afirmou José Manuel Marques.  

Além do "quadro de empobrecimento e recessão, em que as pessoas sentem mais dificuldade", o sindicalista alertou para que se trata de "tomar uma medida que, poderá resolver momentaneamente alguns problemas financeiros do Estado, mas que a longo prazo despoja o Estado do controlo deste monopólio natural".  

Aliás, "em regra" o sistema de serviços de água "é auto-sustentável, as contas dos serviços de água de Portugal são positivas, são milhões de lucro e [devemos] olhar para este sector como um sector em que o Estado tem por obrigação investir", afirmou José Manuel Marques.

O movimento está já a recolher assinaturas e prepara uma iniciativa legislativa para entregar na Assembleia da República a apresentar uma proposta para que se pronuncie sobre a impossibilidade de privatização de serviços de água, um documento a apresentar a 29 de Outubro, em Lisboa.  

As organizações subscritoras do manifesto consideram que "a privatização de facto verifica-se em várias frentes, que vão da captação da água na natureza, passando pelas margens e leitos dos rios, pelos recursos pesqueiros marinhos, pelas infra-estruturas públicas como portos e barragens, até aos serviços  públicos de abastecimento de água e saneamento de águas residuais", e provocam  o aumento dos preços da água, em tarifas e em taxas e sobretaxas.  

"A água é um bem comum, parte integrante e fundamental do constante movimento e evolução da natureza, determinante da composição atmosférica, do clima, da morfologia, das transformações químicas e biológicas, das condições de toda a vida na Terra", e o direito a ela é reconhecido pelas Nações Unidas como um direito, defendem as associações.

 

in Correio da Manhã

publicado por portuga-coruche às 07:07
link do post | comentar | favorito

“OS VERDES” QUEREM ESCLARECIMENTOS SOBRE ENCERRAMENTO DOS CTT NO CONCELHO DE CORUCHE

por Partido Ecologista "Os Verdes" a Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011 às 12:15

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar “Os Verdes”, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério da Economia e do Emprego, sobre o encerramento da estação dos CTT na Freguesia de Couço, Concelho de Coruche.

 

PERGUNTA:

 

A Freguesia do Couço, Concelho de Coruche, viu no dia 16 de Agosto de 2011 ser encerrada a sua estação dos CTT.

 

A Freguesia do Couço tem 351 Km2, uma população de cerca de 3 mil habitantes, com localidades dispersas e distantes da sede da Freguesia, uma população envelhecida e com dificuldades de mobilidade. Esta localidade tem, nos últimos tempos, sido fustigada com encerramentos e ou desmantelamentos de Serviços como o balcão da Segurança Social ou o posto da GNR. Estas medida,s para além das consequências que acarretam para a qualidade de vida das populações, contribuem para a desertificação do interior do nosso país e para o aumento do desemprego.

 

No dia 16 de Agosto a população foi apanhada de surpresa com o encerramento da Estação dos CTT e com um cartaz afixado, no qual se informava que os serviços tinham passado para um Vídeo Clube.

 

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Ex.ª a Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte Pergunta, para que o Ministério da Economia e do Emprego possa prestar os seguintes esclarecimentos:

 

1 – Qual foi o destino dos quatro funcionários da Estação dos CTT do Couço?

2 – Este encerramento foi comunicado ao órgão fiscalizador?

3 – Está a ser assegurada a qualidade do serviço e o serviço público através da solução imposta

pelos CTT às populações do Couço?

4 - Quais são as Estações e os Postos de Correio que os CTT prevêem encerrar?

 

Gabinete de Imprensa de “Os Verdes”

Lisboa, 17 de Setembro de 2011

 

In Facebook do Partido Ecologista "Os Vedes"

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds