Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

PS de Coruche, vota contra moção que exige Serviços de Saúde para os Coruchenses

Comunicado - MIC

 

 

.

 

PS de Coruche, vota contra moção que exige Serviços de Saúde para os Coruchenses

Moção aprovada com os votos do MIC, PSD, CDU e dos presidentes de Junta da Lamarosa, Biscainho e Coruche

 

Os sucessivos governos socialistas governaram o País nos últimos 15 anos. Hoje, estamos a pagar essa pesada factura. Contudo, os militantes socialistas de Coruche, não se limitam apenas e sucessivamente a pedir aos eleitores para votarem em governos liderados pelo Partido Socialista.

O Presidente da Assembleia Municipal de Coruche (AM), José Coelho, exercendo a sua liberdade intelectual e falando da forma honesta que o caracteriza, reconheceu, que o seu Partido (PS) no governo, mentiu e não cumpriu as promessas que fez aos eleitores de Coruche, no âmbito das políticas de saúde. Mas a generalidade dos restantes deputados municipais do partido com maioria na Câmara, estão alinhados com as políticas de precariedade e de esvaziamento das conquistas que foram feitas no último século pelas populações. Revelam solidariedade para com a máquina do partido, mas não revelam solidariedade para com os milhares de pessoas que hoje sofrem no concelho de Coruche, devido às políticas manietadas pelo Largo do Rato.

O futuro é uma incerteza, mas entristece-nos ver que as pessoas que nos representam apenas estão preocupadas com “politiquices”, em defender os Camaradas e não em resolver os problemas da nossa população.
A nossa acção enquanto eleitos na Assembleia Municipal de Coruche, quer-se construtiva, nunca nos batendo pela repetição de chavões, ou pelo simples deitar abaixo do trabalho que é efectuado, apresentamos ideias e congratulamo-nos no silêncio da discrição quando são executadas.
É esta a postura que escolhemos para representar as pessoas que em nós acreditam, quando este executivo faz obra, nós apoiamos, se agir mal também cá estaremos para o denunciar.
Os deputados municipais do MIC na AM, Abel Matos Santos e Gonçalo Ramos Ferreira, denunciaram a forma incompetente, falaciosa, trapalhona e completamente contrária ao interesse das populações, que o governo socialista tem tido em matéria de saúde, com o encerramento das extensões de saúde da Lamarosa e do Biscainho, a falta de material corrente para o correcto funcionamento dos serviços, como a falta de líquido para o Raio X ou a falta de máscaras de aerossóis, juntando a isso o cada vez menor número de médicos no concelho de Coruche e a não abertura do SUB – Serviço de Urgência Básica de Coruche.
A lei criada pelo PS no governo, proíbe a contratação de funcionários públicos, impedindo a contratação directa de médicos, mas permite que se contratem empresas para prestar esses mesmos serviços médicos, criando verdadeiros interesses sorvedores do dinheiro de todos nós, pagando-se 3 a 4 vezes mais às empresas do que ao médico pelo mesmo serviço. Por aqui se vê o desnorte e a incompetência que noutros tempos configuraria um crime de delapidação de dinheiros públicos.
Entendemos também que as direcções do ACES Lezíria II e da Sub-Região de Saúde deveriam demitir-se por manifesta incapacidade de resolverem um problema criado pelo PS.
Ficou também denunciada a falácia de dizer em tempo de eleições que ter uma maioria socialista da cor do governo serviria para mais facilmente trazer para Coruche o que nós precisamos. Foi exactamente o contrário!

Pelas Pessoas, Por Coruche!
MIC

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Gasolina sobe para novo máximo histórico: 1,564€

Combustíveis 

 

 

 

Os portugueses nunca pagaram tanto por um litro de gasolina. Os preços voltaram a subir e a gasolina custa agora 1,564 euros.

Tal como o Económico antecipou na última sexta-feira, as gasolineiras voltaram a subir os preços dos combustíveis.

A Galp aumentou o preço do litro da gasolina em 3 cêntimos, enquanto o gasóleo ficou mais caro em 1 cêntimo, avançou fonte da empresa ao Económico. Nos postos da petrolífera nacional um litro de gasolina custa agora 1,564 euros, enquanto o gasóleo vale 1,404 euros o litro.

Também a Cepsa já mexeu nos preços dos combustíveis, com um aumento de 1,3 cêntimos para o gasóleo e de 2,7 cêntimos para a gasolina. Aqui, um litro de gasolina custa agora 1,559 euros enquanto a gasóleo vale 1,407 euros o litro.

BP e Repsol ainda não mexeram nos preços, mas tal como vem sendo hábito devem proceder a actualizações similares durante esta madrugada.

As gasolineiras de marca branca também subiram os preços. No caso d'Os Mosqueteiros, que controla os supermercados Ecomarché e Intermarché, "em média, os aumentos previstos para esta semana deverão rondar um cêntimo por litro no gasóleo e dois cêntimos por cada litro nas gasolinas, acompanhando a tendência internacional", disse ao Diário Económico fonte oficial da empresa.

Com as subidas desta semana, o preço da gasolina avançou para o valor mais elevado de sempre, enquanto o ‘diesel' está a 2,4 cêntimos do máximo histórico registado em 2008.
Desde o início do ano, o preço do gasóleo já subiu mais de 13 cêntimos, enquanto a gasolina encareceu 8 cêntimos. A influenciar a subida da matéria-prima está o aumento do petróleo nos mercados internacionais, que superou já a barreira dos 100 dólares por barril e a subida dos produtos refinados nos mercados internacionais.

Face aos actuais preços, a ANTROP admite novas subidas nas tarifas dos transportes públicos se o Governo não tomar medidas excepcionais devido ao preço dos combustíveis. "Se isto continua assim é uma medida necessária, porque, neste momento, são as empresas que estão a prestar serviço público, a suportar este acréscimo extraordinário de custos", disse Luís Cabaço Martins, o presidente da ANTROP. Em Janeiro houve um aumento dos transportes públicos de 3,5% nas áreas metropolitanas e de 4,5% no resto do País.

Já as associações representativas das transportadoras rodoviárias decidiram sábado dar 10 dias ao Governo para que sejam atendidas as suas reivindicações, nomeadamente a criação do gasóleo profissional e descontos nas portagens das ex-Scuts. Para já, está afastada a realização de uma paralisação, como sucedeu em 2008.

Partidos reclamam explicações

Os partidos são unânimes na necessidade de explicações sobre a fixação do preço dos combustíveis, mas dividem-se relativamente às soluções possíveis, seja ao nível do regulador ou de eventuais alterações legislativas.

Passos Coelho pede mais acção à Autoridade da Concorrência (AdC) para resolver a "divergência" entre os preços praticados nas bombas e as flutuações do petróleo nos mercados internacionais.

Já o líder do CDS-PP, Paulo Portas, defende a realização de um estudo independente que "ponha a nu o fracasso" da AdC, acusando o regulador de "subserviência" relativamente aos interesses instalados.

O deputado do Bloco de Esquerda, Pedro Filipe Soares, anunciou que o partido vai apresentar esta semana um projecto-lei para a adopção de um "mecanismo de transparência" na fixação do preço dos combustíveis, impedindo a especulação e definindo "preços máximos unitários de venda".

 

Por: Rita Paz  

in Económico

 

 

publicado por portuga-coruche às 06:59
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Pagar água um dia fora do prazo pode custar o triplo

 

O município de Mirandela está a conceder "um período de adaptação" aos consumidores de água do concelho às novas regras de cobrança coerciva de quem não pague a tempo e horas a factura mensal da água, impostas pela Lei do Orçamento de Estado de 2011, para todo o país.

 

O presidente da câmara, José Silvano, lançou o alerta através da emissora local (Rádio Terra Quente) para as consequências gravosas que esta nova directiva pode trazer para quem estava habituado a liquidar a factura na tesouraria dos serviços municipalizados de água, sofrendo apenas um agravamento de 1 por cento ao mês.

"Agora deixa de haver um segundo período de cobrança voluntária, passando o pagamento, após o primeiro prazo, a efectuar-se somente em processo de execução fiscal, o que implica o pagamento de juros de cerca de 6% ao dia, acrescido de um pagamento adicional de encargos legais [custas processuais] ", que, em alguns casos, "pode levar a que o valor total da factura seja o dobro ou até mais", afirma o autarca.

O alerta de José Silvano dirige-se aos cerca de 25 mil consumidores do município, mas a situação não se restringe a Mirandela e é extensível ao país por imposição do Orçamento Geral do Estado (OE) para 2011.

Por ser feita por entidades públicas, a cobrança da água tem as mesmas regras das execuções fiscais das Finanças, ditadas pelo Código de Procedimento e Processo Tributário.

Na prática implica que, tal como acontece a quem se atrasa a pagar imposto, também com a fatura da água, se passar um dia do prazo de pagamento voluntário, segue para execução fiscal com as custas e respectivos juros de mora.

O Município de Mirandela decidiu adiar o prazo de aplicação desta medida até ao final de Março, tendo em conta que uma estimativa dos serviços revela que são mais de 20% os consumidores que não liquidam a factura até ao final do primeiro prazo voluntário de pagamento.

São mais de 2500 famílias que podem vir a ser penalizadas se não mudarem os hábitos de pagamento da factura da água.

 

 

Fernando Pires com Lusa

in Jornal de Notícias

 

Pois, as pessoas estão realmente muito mal habituadas, especialmente se não tem dinheiro para pagar! Logo, por isso, a medida peca por ser "cega". Pode pretender penalizar os "incumpridores" que não pagam porque não querem, mas acaba por penalizar também aqueles que querem pagar mas não podem.

O mote não pode ser "quem quer água paga!" porque a água não é o mesmo que a TVCabo. Estamos a falar de algo essencial para a vida e a higiene, para a alimentação e saúde.... caramba! Água não se nega a ninguém .... Uma coisa é um gajo ter uma piscina cheia e não pagar a água, outra é o pobre coitado que tem a vida toda embrulhada e não tem dinheiro para pagar seja o que for e acaba por TRIPLICAR o que deve, simplesmente porque um "bota de elástico" que nunca passou dificuldade decidiu acabar com os "prevaricadores" que não pagam a conta da água.

Estarei a exagerar e a não perceber o teor da "coisa"? Afinal a água é de quem? Não é também um "bem" essencial para manter a nossa dignidade humana? não é vital para a vida e para a saúde?

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

Jovem escuteiro distinguido por salvar criança de morrer afogada no Tejo

O Corpo Nacional de Escutas atribuiu-lhe um voto de louvor e uma medalha de mérito

 

 

Foi numa tarde do Verão passado que Alexandre Moreira resgatou às águas do rio, na Chamusca, uma criança de três anos levada pela corrente.

 

Alexandre Moreira recebeu domingo um voto de louvor e uma medalha de mérito atribuídos pelo Corpo Nacional de Escutas por ter salvo uma criança de morrer afogada no rio Tejo. Foi no Verão do ano passado, quando Alexandre Moreira, de 19 anos, estudante na Escola Secundária da Chamusca, foi com a família passar um dia de calor no areal do rio Tejo. Mais acima outras famílias aproveitavam a frescura do rio e algumas crianças brincavam na água.

 

A certa altura Alexandre e o tio aperceberam-se de que se passava algo de anormal com as crianças e observando com mais atenção viram que uma das crianças estava a ser arrastada pela corrente. “Não hesitei. Corri para a água, atirei-me ao rio e fui buscar a menina que se estava a afogar”, foi assim com grande simplicidade que Alexandre Moreira contou o que se tinha passado naquele dia de Verão.

 

O jovem faz parte do Agrupamento de Escuteiros 490 da Chamusca e foi com grande surpresa que viu durante as cerimónias das promessas e de entrada de novos escuteiros, realizadas na missa de domingo na Igreja Matriz da Chamusca, ser-lhe entregue um louvor e uma medalha de mérito atribuída pelo Corpo Nacional de Escutas.

Alexandre Moreira diz com simplicidade que não esperava receber esta distinção. “Penso que não fiz nada de mais, na altura só pensei em atirar-me à água e salvar a menina. Recebi os agradecimentos da avó no local e mais tarde o pai da criança veio agradecer-me ter salvo a filha. Não esqueci aqueles momentos. Sempre que me recordo ou passo pela criança ou por alguém da família sinto uma enorme felicidade, por reconhecer que aquela menina pula e salta porque eu estava no local certo e na hora certa”, diz feliz.

O Agrupamento de Escuteiros 490 da Chamusca é que não podia deixar passar este nobre gesto de um dos seus elementos e a chefe do Agrupamento, Sofia Filipe, garantiu que os responsáveis não podiam ter ficado indiferentes à acção do Alexandre. “Ele nunca se colocou em bicos de pés, limitou-se a contar o que se passou com uma calma que arrepia. Por isso propusemos ao Corpo Nacional de Escutas o voto de louvor. Foi aceite e ainda lhe juntaram a medalha de mérito. O gesto do Alexandre encheu-nos de orgulho e comoveu-nos a todos. Passa a ser um exemplo para todos nós”, disse.

Enquanto isso Alexandre Moreira nervoso, como não estava no dia em que salvou a criança, garante que nem se recorda da data em que tudo aconteceu. “Apenas me recordo de me atirar ao rio, nadar até à criança e erguê-la acima da água. Ela nem estrebuchou, pois era muito novinha, tinha apenas três anos. Depois entreguei-a à avó que já tinha entrado na água mesmo sem saber nadar”.

“Nunca pensei receber esta distinção do Corpo Nacional de Escutas, mas aceito que é muito bom e um grande orgulho vermos as nossa acções reconhecidas. Esta distinção reforça ainda mais a minha vontade de integrar este grupo onde impera a amizade”, garantiu Alexandre Moreira. O jovem aprendeu a nadar nas piscinas da Chamusca, é aluno do 10º ano na Escola Secundária, na área de humanidades, mas garante que o que queria seguir efectivamente era uma carreira no desporto.

 

in O Mirante

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 08:05
link do post | comentar | favorito

As desventuras de um utente “inexistente” do Centro de Saúde de Coruche

Paulo Gafaniz é uma das 1800 pessoas que ficou sem médico de família após a aposentação de um clínico

“Nós só servimos para pagar impostos e não temos nada em troca”, lamenta o utente de Coruche. No Centro de Saúde local, não tem direito a assistência médica.

 

Paulo Gafaniz é um utente “inexistente” para o Centro de Saúde de Coruche (CSC). É essa a mensagem que deixa a máquina de senhas à entrada do estabelecimento de saúde quando o habitante de Coruche coloca o cartão de cidadão na ranhura. Como Paulo Gafaniz estão mais 1800 utentes do concelho de Coruche desde que um médico se aposentou no final de 2010. Na mesma situação está ainda a população da freguesia da Lamarosa, que sofre dessa lacuna há mais tempo.

O caso de Paulo Gafaniz é exemplificativo da situação com que se deparam os utentes que não têm médico de família. Pelas 15h30 de dia 9 de Fevereiro o utente dirigiu-se ao CSC a conselho do médico neurocirurgião que o acompanha devido a um problema de coluna lombar. Suspeita-se que tenha líquido entre a bacia e a coluna. As dores são insuportáveis. O utente precisa de uma injecção e de realizar mais exames.

“Quando vejo que o cartão diz que sou inexistente, reclamo e informam-me que sem médico de família não tenho direito a assistência no Centro de Saúde. Pedi o Livro de Reclamações, que estava trancado numa sala a que só tem acesso a chefe administrativa, e a muito custo disponibilizaram-mo”, conta Paulo Gafaniz.

O utente de Coruche declara-se revoltado. Não imaginava que pudesse passar por situação idêntica e pela contingência daqueles que, não podendo recorrer ao serviço privado, podem ficar sem assistência médica.

Perante a falta de mais um médico, a directora do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria II já tinha esclarecido a O MIRANTE (ver edição de 10 de Fevereiro) que a única hipótese era continuar a tentar convencer médicos de empresas de prestação de serviços a irem dar consultas para Coruche. Tarefa que Luísa Portugal confessa estar a ser muito difícil, dada a distância de Coruche dos grandes meios urbanos.

Paulo Gafaniz não se conformou. Na noite de 9 Fevereiro, regressou ao Centro de Saúde de Coruche, pois às 21h30 já se encontra a funcionar o Serviço de Atendimento Permanente (SAP). Mas o nome do serviço não correspondeu às expectativas, já que a resposta que obteve foi a mesma da tarde, mas de forma mais insensível. “Pedi ao médico que me ajudasse e disse-me, com grande insensibilidade, que saísse do consultório e voltasse no dia seguinte para falar com alguém da área administrativa”, conta o utente.

Paulo Gafaniz voltou a pedir o Livro de Reclamações. Mais uma vez esperou que fosse alguém destrancá-lo de uma sala. A consulta ficou paga, mas o utente regressou a casa sem ser consultado. Por esse motivo, garante que vai “continuar a mover montanhas” para denunciar a situação, seja a falta de médico ou a dificuldade em aceder ao Livro de Reclamações.

“Não se deviam conter custos na saúde e é mesmo aí que eles estão a ser retirados, onde as pessoas mais precisam. É uma incapacidade de lidar com o sistema da parte de quem nos gere. Nós só servimos para pagar impostos e não temos nada em troca”, lamenta o utente de Coruche. Desde dia 9 de Fevereiro que Paulo Gafaniz está em período de férias para descansar e realizar os exames passados pelo seu neurocirurgião. Passa grande parte dos dias de cama, devido às fortes dores, onde conta com o apoio da esposa.

 

in O Mirante

 

 

publicado por portuga-coruche às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Ministério do Ambiente combate pesca ilegal

Entrega de uma nova embarcação 
 

A ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território, Dulce Álvaro Pássaro,

 

José Rodrigues, Dulce Pássaro e Sousa Gomes

 

entregou uma embarcação para fiscalização da pesca ilegal, essencialmente do meixão, ao SEPNA – Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da GNR, numa cerimónia que decorreu no dia 23 de Fevereiro de 2011, na Câmara Municipal de Almeirim. Esta embarcação, que irá actuar no rio Tejo, nos concelhos de Almeirim, Cartaxo e Salvaterra de Magos, e no Rio Sorraia, em Coruche, vai reforçar o combate à utilização de todas as artes de pesca ilegais e contribuir para a preservação da biodiversidade permitindo a recuperação dos ecossistemas.  A governadora civil Sónia Sanfona acompanhou a entrega do equipamento, acompanhado do secretário de Estado Adjunto e da Justiça, José Conde Rodrigues.

      O SEPNA é um parceiro do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território nas actividades de fiscalização de recursos hídricos e na informação aos cidadãos, bem como na operação nacional que está a decorrer no âmbito do transporte e deposição ilegal de resíduos. 

 

Barco vai policiar o Rio Tejo e o Rio Sorraia

 

A cedência desta embarcação e viatura todo-o-terreno, representam um investimento superior a cem mil euros, e insere-se na colaboração entre o SEPNA e a Administração de Região Hidrográfica do Tejo, entidade tutelada pelo Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território, responsável pela protecção e valorização das componentes ambientais da água, promoção e gestão sustentável dos recursos hídricos no rio Tejo. 

 Fonte: Ministério do Ambiente/ GCS

 

in Tinta Fresca

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:15
link do post | comentar | favorito

"Dodó" ou "doido"?

O Grant Museum de Londres guardava meio dodó numa caixa

 

Foto: DR
Ilustração de um exemplar de dodo leiloada pela Christie's em 1997

Que aquela que é uma das mais antigas colecções de história natural britânica guarde histórias por contar até nem surpreende. Mas os responsáveis do Grant Museum, no University College de Londres, não pensaram que, misturados numa caixa de madeira com ossos de crocodilo, fossem encontrar ossos de dodó, a misteriosa ave das Maurícias, extinta no século XVII.

Naquela caixa de madeira do Grant Museum havia de tudo, descreve o Guardian. Os investigadores que estão a tratar do levantamento do espólio do velho museu, que vai mudar de instalações dentro do University College, encontraram uma colecção de toupeiras bebé embalsamadas, o crânio de um suposto exemplar gigante de veado, que afinal académicos da instituição trouxeram da parede de um bar irlandês, e muitos ossos de crocodilo. Pelo menos estava assim identificados, como sendo de crocodilo. A surpresa foi quando se aperceberam que nem todos eram de crocodilo e que entre a colecção estavam muitos ossos de um dodó, metade de um exemplar, diz o Guardian.

“Não é assim tão surpreendente que tivessem sido guardados juntos. De facto há mais em comum entre crocodilos e aves do que possamos pensar. Foi um erro compreensível”, disse Jack Ashby, da comunicação do museu.

Recorda o Guardian que a história da conservação dos exemplares de museu desta ave é quase tão trágica como a da sua própria extinção, recordando que o único exemplar embalsamado de dodó, que existia no Museu de História Natural de Oxford, foi deitado para o lixo pelo conservador do museu, no século XIX, que achava que estava num mau estado de conservação. Foi este exemplar embalsamado de dodó, de Oxford, que inspirou Lewis Carrol para criar o dodó que faz parte da história de Alice no País das Maravilhas.

O Grant Museum fundado em 1827, é o último museu de zoologia universitário em Londres. Tem 70 mil peças.

 

in Público

 

Graças a um leitor atento e culto que preferiu ficar como anónimo, ficamos a saber que afinal a designação franciu tem origem portuga:

 

A origem da palavra é portuguesa
Por Anónimo - PT
Qual Dodó, qual carapuça. Até aposto que quem escreveu o artigo não conhece a origem do nome do pássaro.Quem, na Europa, chegou primeiro a estas ilhas foram os portugueses, embora se diga que foram os holandeses. Claro que caçavam os pássaros para se alimentarem, como estes não fugiam por não estarem habituados à presença humana e a predadores (por isso não voavam e eram tão grandes e pesados), os marinheiros portugueses chamaram-lhes «doudos», ou seja, pássaros «doudos» ou doidos porque não fugiam quando perseguidos. A palavra Canadá também é portuguesa, canada é: canada(espanhol cañada, espaço de terra entre duas alturas pouco distantes)s. f.1. Azinhaga, atalho.2. Fila de estacas, através de um rio, para indicar o vau.3. Sulco formado pelas rodas dos veículos.4. Faixa de terreno baixo, mais ou menos em forma de canal.

 

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:10
link do post | comentar | favorito

Programa de Tv censurado em Portugal - Plano Inclinado (Sic Notícias)

 

Este é o mais recente programa de televisão censurado pelo sistema político português. Nesta última emissão do "Plano Inclinado", transmitido na SIC Notícias a 12 de Fevereiro, o fiscalista Henrique Medina Carreira e o ex-dirigente socialista Henrique Neto explicam que os partidos políticos funcionam como máfias e estão a levar Portugal à bancarrota económica pela segunda vez na História de Portugal.

Henrique Neto revelou a forma como a Maçonaria controla os partidos (ver minuto 26:33). Depois deste programa ir para o ar, a SIC cancelou todas as emissões seguintes.

Os convidados também concordam que não existe nenhuma alternativa dentro do parlamento, com partidos como o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista a defenderem ideias retrógradas do séc. XIX.

 

Dica do Blogger Pascoaes

Por wwwESCUDOtv

 

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:07
link do post | comentar | favorito

Exposição dedicada ao Montado de Sobro

Até 27 de Fevereiro, o W-Shopping, em Santarém dá-lhe a conhecer uma exposição dedicada ao Montado de Sobro. Uma iniciativa em parceria com a Câmara Municipal de Coruche “que pretende dar a conhecer ao público a singularidade ambiental da fileira da cortiça e reforçar a imagem de Coruche como capital Mundial da cortiça”.

Segundo Filipa Araújo, representante do W-shopping de Santarém, esta exposição “ é uma pequena ilustração da área da cortiça, algo que nos parece tão familiar mas ao mesmo tempo tão distante”. Assim, surgiu o convite para uma exposição dedicada à cortiça, uma exposição que promove não só a cortiça mas também a Ficor, em toda a sua essência. Célia Ramalho, vereadora da Câmara Municipal de Coruche adiantou que, complementarmente a esta exposição  “estamos muito interessados em promover não só a cortiça mas todo o montado de sobro, a sua biodiversidade, actividades de natureza, áreas como o artesanato, a criação e novas aplicações.” Uma exposição dedicada ao mundo da cortiça nas suas mais variadas aplicações, como mobiliário, vestuário, acessórios e bijutaria. Para ver até 27 de Fevereiro, no W-Shopping, em Santarém.

 

Por Vánia Clemente

in O Ribatejo

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:02
link do post | comentar | favorito

Búzios em Reguengos em torneio de mini-polo

Festival de Natação e Torneio de Mini-Pólo Aquático


promovem actividade desportiva em Reguengos de Monsaraz

 

O Município de Reguengos de Monsaraz vai organizar no sábado, dia 26 de Fevereiro, nas Piscinas Municipais Victor Martelo, o 6º Festival de Natação Cidade de Reguengos a Nadar e o 2º Torneio de Mini-Pólo Aquático Coral/Lusoswim. Mais de duas centenas de praticantes da natação e do pólo aquático vão mostrar as competências adquiridas na piscina coberta, num dia de convívio para toda a família.

O torneio de mini-pólo aquático inicia-se às 10h e tem a participação de cerca de 50 desportistas das equipas Aminata (Évora), Búzios (Coruche) e Coral-ANS (Reguengos de Monsaraz). As equipas pertencem ao escalão até aos 11 anos de idade.
O festival de natação decorre a partir das 15h com actividades aquáticas para bebés e crianças, hidroginástica, hidrokids, jogos entre pais e filhos em mini-pólo aquático e estafetas de competição, natação de manutenção (1 hora a nadar) e jogos de socorrismo. Neste festival são esperados cerca de 150 utentes das piscinas municipais que terão como objectivo a demonstração das aptidões atingidas ao longo da sua aprendizagem, de acordo com as idades de cada um.
Este encontro de praticantes de natação e de pólo aquático visa também o saudável convívio entre os desportistas, tendo a autarquia convidado os pais para se associarem a esta festa do desporto. Todos os participantes vão receber uma recordação alusiva ao evento.

 

in Rostos

 

 

publicado por portuga-coruche às 07:00
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds