Terça-feira, 30 de Junho de 2009

Maior ponte militar montada em Portugal abre hoje ao trânsito em Coruche

 
Sobre o rio Sorraia
Maior ponte militar montada em Portugal abre hoje ao trânsito em Coruche 
 Lusa
A maior ponte militar alguma vez montada em Portugal abre hoje ao trânsito na vila de Coruche e vai permitir que os habitantes daquele concelho continuem a fazer a travessia entre as duas margens do rio Sorraia.

Devido às obras de manutenção nas várias pontes do concelho de Coruche, o Exército Português, a Câmara Municipal daquela vila ribatejana e o Instituto Estradas de Portugal - através da Direcção de Estradas de Santarém - celebraram um protocolo de cooperação para a construção de uma ponte metálica de 51 metros sobre o rio Sorraia, instalada num desvio provisório do trânsito da Estrada Nacional 114.

"As outras estão em manutenção e portanto encerradas ao trânsito e a alternativa foi montar uma ponte militar para permitir que o trânsito normal entre as duas margens", afirmou à agência Lusa o porta-voz do Exército, tenente-coronel Hélder Perdigão, a propósito desta infra-estrutura construída pela Escola Prática de Engenharia (EPE) e que irá ser utilizada nos próximos dois meses.

O militar referiu que os trabalhos em prol das populações são uma actividade habitual no Exército, mas salientou que nesta ponte há uma inovação: "É a ponte com maior vão, tem uma distância de 51 metros entre os seus dois pés, e portanto é a maior ponte metálica" feita em Portugal, disse o tenente-coronel.



Construção em "Lego"

Segundo o Exército, este tipo de pontes são montadas por vários blocos, quase como uma construção em "Lego", sendo que no caso da ponte de Coruche, que decorreu entre 08 e 19 de Junho, foram utilizados "232 painéis metálicos, ligados entre si por 45 vigas metálicas - totalizando um peso de 103 toneladas - e estiveram envolvidos cerca de 40 militares e 10 viaturas".

Desde há cerca de 30 anos que a Engenharia Militar, no âmbito do denominado Plano de Actividade Operacional Civil, desenvolve trabalhos em prol das populações, destacando-se "a abertura e beneficiação de mais de 43 000 quilómetros de estradas e caminhos, obras pioneiras e marcantes como as construções dos aeródromos do Pico, do Corvo e de Mogadouro, e o apoio a mais de 670 entidades".

São principais unidades executantes a Escola Prática de Engenharia (em Tancos), o Regimento de Engenharia Nº1 (em Lisboa) e o Regimento de Espinho Nº3 (em Espinho), cobrindo desta forma todo o território continental.

 

in Publico

publicado por portuga-coruche às 09:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Governo lança primeira fase de Programa piloto para Mobilidade Eléctrica

O Governo lança, esta segunda-feira, a primeira fase do Programa piloto para a Mobilidade Eléctrica, prevendo já para este ano 100 locais de abastecimento de veículos eléctricos em parques de estacionamento públicos, centros comerciais, bombas de gasolina, entre outros locais. À TSF, o ministro da Economia, Manuel Pinho, revelou as 21 cidades que estão envolvidas neste programa

 

Um total de 21 cidades portuguesas vai aderir ao Programa para a Mobilidade Eléctrica, uma rede de abastecimento de veículos eléctricos que o Governo apresenta, esta segunda-feira, e que é desenvolvido pela Efacec, EDP Inovação, Novabase, Critical Software e o CEIIA.

A rede nacional de mobilidade eléctrica, uma das primeiras da Europa, prevê «320 locais de abastecimento de carros eléctricos em 2010 e 1300 daqui a dois anos», referiu à TSF, o ministro da Economia.

Nesta fase piloto, que durará até 2011, a rede para a Mobilidade Eléctrica (Mobi-e) é constituída por um conjunto de 21 municípios: Guarda, Faro, Braga, Viana do Castelo, Guimarães, Sintra, Évora, Castelo Branco, Loures, Porto, Lisboa, Almada, Leiria, Coimbra, Setúbal, Beja, Aveiro, Torres Vedras, Santarém, Cascais e Gaia.

Segundo Manuel Pinho, a rede piloto para a mobilidade eléctrica vai estar acessível em locais como «parques de estacionamento público, centros comerciais, bombas de gasolina, hotéis, aeroportos, garagens particulares e nas vias públicas dos municípios».

Quanto ao abastecimento, haverá «pontos de carregamento lento, com duração de seis a oito horas, que permite o aproveitamento da energia eólica produzida durante a noite e na residência, e pontos de carregamento rápido, entre 20 a 30 minutos, nos locais públicos», explicou o ministro.

Esta rede piloto para o carregamento do automóvel será compatível com todas as marcas de veículos eléctricos e o ministro da Economia acredita que dentro até 2011 poderão estar a circular em Portugal cerca de cinco mil carros eléctricos.

«Com é natural quando se trata de tecnologias novas, os consumidores vão-se habituando e depois à medida que tomam conhecimento que se trata de veículos fiáveis, a utilização vai aumentar muito rapidamente», justificou Manuel Pinho.

No âmbito do mesmo projecto, o Governo e os municípios da rede piloto criaram mecanismos para incentivar a aquisição e utilização de veículos eléctricos (VE), que passam por isenção de ISV (Impostos sobre Veículos) e IUC (Imposto Único de Circulação), deduções fiscais na aquisição de VE (IRS para particulares e IRC para empresas) e incentivos ao abate de veículos em fim de vida quando trocados por VE.

Por outro lado, os veículos eléctricos terão prioridade na circulação em vias de alta ocupação e terão acesso a zonas preferenciais de estacionamento nos centros urbanos.

A cerimónia de lançamento da rede terá lugar no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, em Lisboa, com a presença do ministro da Economia.

A Nissan adiantou à TSF dentro de ano e meio estarão a circular em Portugal os primeiros carros eléctricos produzidos pela marca.

Trata-se de carros de cinco lugares, parecidos com os convencionais e com preços semelhantes, como revelou o vice-presidente executivo da Nissan, Carlos Tavares.

 

 

in TSF

 

publicado por portuga-coruche às 11:04
link do post | comentar | favorito

Bloco de Esquerda – Coruche

O Bloco de Esquerda está empenhado em apresentar-se como alternativa no maior número possível de autarquias.
A responsabilidade e a confiança que o povo depositou em nós nas últimas eleições é para ser assumida.

 


Também no Concelho de Coruche, o Bloco está a constituir listas e irá apresentar-se como alternativa efectiva ao cinzentismo instalado.
Queremos ter uma palavra a dizer na condução dos destinos do nosso Concelho.
 

Queremos ser o futuro…


Aqui fica o contacto para os coruchenses que queiram participar activamente neste
projecto:
blococoruche@gmail.com
http://blococoruche.blogs.sapo.pt/

publicado por portuga-coruche às 09:09
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Arriscou a vida para salvar jovem

Salvador Varela ficou com um braço partido e o corpo todo dorido, mas não se arrepende do que fezSalvador Varela ficou com um braço partido e o corpo todo dorido, mas não se arrepende do que fez26 Junho 2009 - 00h30
 

Praia da Rocha: Turista lançou-se de arriba

Arriscou a vida para salvar jovem

Salvador fez jus ao nome na madrugada de ontem: ao ver uma jovem irlandesa, de 17 anos, que estaria com um ataque de pânico, lançar-se de uma arriba na Praia da Rocha tentou evitar uma tragédia, agarrando-lhe as pernas. Mas acabaria por ser arrastado. Depois de um embate violento na rocha, os dois rebolaram pela falésia abaixo cerca de dez metros. Ficaram feridos, mas sem grande gravidade.
 

"Actuei por instinto", relatou ao CM Salvador Varela, que ficou com um braço partido e escoriações por todo o corpo. Apesar das dores, não está arrependido do que fez, tendo evitado a queda desamparada da jovem turista.

Tudo se passou por volta das 03h00 de ontem, na zona dos bares, na parte virada para a praia. A rapariga, que gozava o último dia de férias, tivera já dois desmaios e dificuldades em respirar. "Ligámos para o INEM que disse que deveríamos sentá-la e dar-lhe espaço, enquanto aguardávamos pela sua chegada ao local", frisou o empresário. Só que, inesperadamente, "a jovem levantou-se, pulou para cima do muro e lançou-se da arriba". Salvador não hesitou: atirou-se para agarrá-la. Conseguiu, mas não evitou a queda. "Não há palavras para descrever o que se sente numa situação destas...", salientou.

A queda só parou a mais de meio da arriba. A jovem não se mexia e limitou-se a pedir desculpas. O socorro envolveu meios do INEM, bombeiros, Polícia Marítima e PSP. A jovem foi resgatada e levada para o Centro Hospitalar do Barlavento, mas, sem lesões graves, já recebeu alta. Salvador, apesar do braço partido, desceu pelo próprio pé até ao areal. Os pais da jovem turista agradeceram-lhe a atitude.

José Carlos Eusébio

 

in Correio da Manhã

 

 Quem serve os outros merece reconhecimento. Deviam existir mais pessoas assim, a Terra seria sem dúvida um planeta melhor.

publicado por portuga-coruche às 12:31
link do post | comentar | favorito

Pontes de Coruche fechadas ao trânsito durante o mês de Julho

O trânsito vai estar cortado na Estrada Nacional (EN) 114 no troço entre Coruche e Monte da Barca durante o mês de Julho. A informação foi transmitida pela Estradas de Portugal, que justifica a medida com os trabalhos nos tabuleiros das pontes metálicas de Coruche que devem demorar quatro semanas.

Como alternativa foi instalada uma ponte militar que permite a circulação entre as duas margens do rio Sorraia a veículos ligeiros e transportes públicos de passageiros. Para viaturas com peso superior a 3,5 toneladas, o trajecto entre as duas margens obriga a um trajecto por Almeirim, Benavente, Porto Alto e Infantado, onde se apanha a EN 119 que liga à rotunda do Monte da Barca. Outra opção é a utilização da A13 através do nó de Santo Estêvão.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 12:02
link do post | comentar | favorito

Tempo: Previsão até 3.ª Feira

tags: ,
publicado por portuga-coruche às 10:21
link do post | comentar | favorito

GNR apreende 21 quilos de plantas de canábis em Coruche

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR (NIC) de Coruche apreendeu ontem à tarde 21 quilos de plantas de canábis (Marijuana) que estavam plantadas num terreno baldio na vila de Coruche. O alegado produtor estava referenciado pelas autoridades, mas não se confirmou uma situação de flagrante delito. Um suspeito foi visto várias vezes no local e decorrem investigações para provar ser o dono da exploração. As autoridades suspeitem que a droga estava a ser produzida para ser comercializada dada a quantidade de plantas existentes.

O consumo e a comercialização de canábis são proibidos em Portugal, embora sejam autorizados em vários países. A planta é utilizada para fins medicinais em medicamentos naturais e até na indústria farmacêutica. Já se realizaram várias manifestações em Portugal a favor da liberalização do consumo da canábis.

 

in O Mirante

publicado por portuga-coruche às 09:16
link do post | comentar | favorito

Casa de alterne absolvida dos crimes de lenocínio e ajuda à imigração ilegal

Casa de alterne absolvida dos crimes de lenocínio e ajuda à imigração ilegal

por Augusto Freitas de Sousa, Publicado em 24 de Junho de 2009
 

 
O La Siesta, no Vale de Santarém, é considerado a maior casa de alterne do paísO Ministério Público acusou mas, em tribunal, concordou com a absolvição. Kikas, a proprietária, foi ilibada de todas as acusações

Com excepção das matinés para adolescentes ou dos chás dançantes para a terceira idade, seis da tarde é, no mínimo, uma hora improvável para um bar do tipo discoteca/pub começar a funcionar. Em Vale de Santarém, nem por isso. Bem no centro da vila ribatejana, cerca de 70 jovens mulheres esperam a oportunidade de entreter os clientes, que começam a aparecer no La Siesta ao fim da tarde - às vezes até mais cedo.

Um portão aberto, câmaras de videovigilância "para sua segurança", um parque de estacionamento e uma pequena esplanada são a antecâmara de um espaço escuro com três bares, um pequeno palco, chão de tijoleira, uma sala de jantar contígua e dezenas de ícones que parecem saídos de um filme do jovem Travolta ou da esquecida Olivia Newton-John: desde bolas espelhadas que reflectem o vermelho nas paredes também cobertas de espelhos, a bebidas e adereços vários.

Ao centro impõe-se ao olhar um gigantesco quadro - uma homenagem à Kikas, "oferecida pela sua filha, Michelle". É a Maria da Conceição António, proprietária do La Siesta, mulher conhecida do Vale do Tejo a Lisboa (e não só), a quem as raparigas chamam mãe e os clientes tratam por Kikas.

As raparigas, muitas delas brasileiras, espalham-se pelo espaço, sentadas de perna traçada em cadeiras ou aventurando-se junto dos homens encostados ao balcão. A roupa é escassa e pouco deixa a adivinhar: vestidos justos, minissaias, muita pele à vista e um toque de maquilhagem, com mais ou menos arte.

A maior casa de alterne do país Lá dentro, 50 quartos e uma piscina interior completam o cenário da casa que os investigadores do Serviço de Estrangeiros de Fronteiras (SEF) sinalizaram como a maior do género em Portugal.

Os mesmos investigadores que manifestaram ao i a sua revolta pela decisão do tribunal, que envolveu uma investigação da GNR e do SEF à casa de Kikas - um processo que resultou de buscas, vigilância, escutas, transferências bancárias e cheques, entre outras diligências.

Absolvição Tudo somado, os indícios e factos revelados na investigação foram mais do que suficientes para o delegado do Ministério Público, Eduardo Sá de Couto, acusar a proprietária do La Siesta de crimes de lenocínio e auxílio à imigração ilegal.

No entanto, mais tarde, já em audiência e com um novo procurador à frente do processo - António Artilheiro -, o Ministério Público optou por seguir a decisão do colectivo de juízes e concordar com a absolvição da dona do La Siesta.

O advogado de defesa congratulou-se com a decisão e a própria Kikas disse ao i que o seu é "o único bar para o qual o Ministério Público pediu a absolvição", remetendo qualquer comentário para o processo judicial encerrado em Janeiro de 2008.

Telefonema anónimo O processo, a que o i teve acesso, começou com um telefonema anónimo sobre recebimentos indevidos, maus-tratos e prostituição, entre outras acusações - que não ficaram provadas em tribunal.

No texto da acusação, o Ministério Público refere que todos os dias da semana, entre as 18h00 e as 4h00, "além de fornecer bebidas aos clientes, Kikas fornece espectáculos de dança exótica e striptease e serviços sexuais remunerados", cumpridos por dançarinas e outras mulheres, geralmente brasileiras, "contratadas por aquela para prestar tais serviços". Ainda segundo o texto, a proprietária do La Siesta recebia um lucro mensal de pelo menos 13,5 mil euros, proveniente de uma percentagem sobre as bebidas, os espectáculos no interior do bar, os alugueres de quartos e as relações sexuais que as brasileiras ilegais têm com os clientes.

Constituída arguida, Kikas foi sujeita a termo de identidade e residência e a apresentação semanal no posto da GNR.

Maria da Conceição António não apresentou contestação, não requereu abertura da instrução nem apresentou testemunhas.

Durante o julgamento ficou provado que havia espectáculos de striptease, que as mulheres ficavam com 50% do preço das bebidas que os clientes consumiam, que pagavam pelo quarto a Kikas e que os clientes desembolsavam 30 euros para para terem relações sexuais com as mulheres naquele espaço.

Não ficou provado que Maria da Conceição António ganhasse os referidos 13,5 mil euros por mês, tão-pouco que ficasse com dinheiro proveniente de sexo ou sequer soubesse que as mulheres eram ilegais.

Mil casas de alterne A decisão de absolver Kikas revoltou alguns investigadores do SEF conhecedores do processo que estavam convencidos de que a prova conseguida era suficiente para uma condenação.

O i apurou que, além deste, a proprietária do bar La Siesta tem outros processos de contra-ordenação, instaurados pelo SEF, cujo valor ultrapassa os 100 mil euros.

Gonçalo Rodrigues, presidente do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF, referiu ao i que "há em Portugal cerca de mil casas de alterne que exploram 30 a 40 mil mulheres ilegais", que não têm quaisquer direitos. Gonçalo Rodrigues defende que estes bares de alterne devem ser regulamentados especificamente, em vez de "estarem sujeitos ao regime da restauração e dos bares em geral". O presidente do sindicato garantiu que nunca teve uma resposta do governo sobre esta matéria, apesar de já ter alertado os governantes.

 

 

in Ionline

publicado por portuga-coruche às 09:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Homem foi esfaqueado por um grupo de quatro indivíduos de etnia cigana

Espinho: Pescador esfaqueado em rixa

 

Homem foi esfaqueado por um grupo de quatro indivíduos de etnia cigana, no Bairro Piscatório de Espinho. O bairro está a “ferro e fogo”

 

Uma rixa entre vizinhos do mesmo bairro, na cidade de Espinho, deixou um pescador de 47 anos, residente em Silvalde, coberto de sangue nas areias da praia. Ao que o Diário de Aveiro apurou, Adão Sousa Cardoso encontrava-se à conversa com uns amigos numa esquina, junto ao Café “Zé Grande”, quando o grupo de quatro indivíduos de etnia cigana passou de carro e insultou-os.
O pescador dirigiu-se aos homens para os questionar e foi de imediato agredido com ferros e esfaqueado com uma navalha. Esvaindo-se em sangue, o pescador não conseguiu reagir, segundo o relato de alguns amigos, que pediram o anonimato.
“Eles passaram e provocaram-nos e aí gerou-se a confusão. Depois de vermos o homem deitado no chão, esfaqueado, não os poupamos: fomo-nos a eles. Houve um amigo que ainda deu com um ferro na cabeça de um dos ciganos e depois partiu-lhes o carro todo”, disse um outro pescador que estava no local à hora da zaragata.
(Ler artigo completo na edição em papel)

Vera Tavares/FM

in Diário de Aveiro

 

 

publicado por portuga-coruche às 15:22
link do post | comentar | favorito

Famílias pagam conta da luz a prestações

A EDP fracciona os pagamentos atrasados nas facturas futuras, desde que o cliente pague a próxima contaA EDP fracciona os pagamentos atrasados nas facturas futuras, desde que o cliente pague a próxima conta

Novos casos de endividamento crescem à média de seis mil por mês

Famílias pagam conta da luz a prestações

A crise económica está a obrigar as famílias a pagar a conta da luz a prestações. Segundo apurou o CM junto da administração da EDP, em média, cerca de seis mil clientes dirigem-se todos os meses aos balcões da eléctrica para pedir ajuda no sentido de pagar as contas da electricidade.


Fique a saber mais na edição desta quinta-feira do jornal 'Correio da Manhã'. 

 

in Correio da Manhã

 

Falta sem dúvida concorrência e nesta situação existe a conivência do estado. A prova disso são os giga-lucros que tem tido a EDP.

O injustíssimo aluguer dos contadores é outro dos modos escondidos de nos irem aos bolsos e que muitas vezes corresponde a 50% ou mais da conta da EDP. Quando vai acabar a mama?! Se calhar no dia em que acabar o "aluguer do contador" iremos pagar "taxa de disponibilidade" como acontece com a conta da água ?.

De Gaule sabia a importância que a energia tinha para o desenvolvimento de uma nação e achava que sem ela a França nunca seria uma potência. Graças a sua visão hoje a França é uma potência e tem energia muito mais barata que a nosso, assim como Espanha.

Já se ouvem alguns comentadores dizerem que a concorrência espanhola irá prejudicar a EDP. Eu continuo a achar que prefiro um negócio justo com um espanhol a ser chulado por um portuga, mas isto sou eu a falar.....

publicado por portuga-coruche às 11:50
link do post | comentar | favorito

.Citações Diárias

.Visitantes On-line

.Total de Visitas


Consultar Estatisticas

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Corte no abastecimento de...

. Novo estudo sobre toxidad...

. De olhos bem abertos

. GNR apanha ladrões de bom...

. 85% da divida foi gerada ...

. Continuamos à Espera

. Orientação Pedestre - Cam...

. Dakar Desert Challenge ap...

. Coruche acolhe caravana d...

. DIA EUROPEU DO ENOTURISMO...

.últ. comentários

Sr José Sá, já confirmou a sua tese? Obrigado
Eu uso os produtos da HerbaLife há anos e são fant...
Tudo é muito aberta e muito clara explicação de qu...
Ė e nāo e pouco....
Subscrevo, já cá temos miséria que nos baste, e ge...
Por ser nutricionista e' que fala assim...
http://www.publico.pt/economia/noticia/herbalife-i...
essa empresa foi vendida a eden , que pelo visto a...
Estou para comprar um carro usado num stand de Sal...
VAI SE FERRAR. .INGERI OS COMPRIMIDOS DE MULTIVITA...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abel matos santos

. acidente

. água

. águas do ribatejo

. almeirim

. apanhados

. aquecimento global

. assalto

. autarquia

. benavente

. biscainho

. blogosfera

. bombeiros

. burla

. câmara municipal de coruche

. carina

. cdu

. china

. ciência

. cigana

. ciganos

. clima

. climategate

. cobre

. comboio

. copenhaga

. cortiça

. coruche

. couço

. cp

. crianças

. crime

. criminalidade

. crise

. dai

. david megre

. desaparecida

. desaparecidos

. desemprego

. desporto

. dionísio mendes

. dívida

. douro

. droga

. economia

. edp

. educação

. emigração

. emprego

. energia

. ensino

. escola

. espanha

. etnia

. fajarda

. faleceu

. fascismo

. festas

. finanças

. fmi

. fome

. gnr

. humor

. imperialismo

. impostos

. insólito

. internet

. ipcc

. justiça

. ladrões

. lamarosa

. meteorologia

. mic

. miccoruche

. morte

. música

. phil jones

. pobreza

. política

. pontes

. procura-se

. racismo

. roubo

. santarém

. saúde

. segurança

. sociedade

. sub

. tempo

. ticmais

. toiros

. tourada

. touros

. trabalho

. tráfico

. tribunais

. video

. videos

. violência

. xenofobia

. todas as tags

.links

.Enviem Notícias e Comentários

CONTACTO

greenbit@sapo.pt

.pesquisar

 

.Outro Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds